Bolsonaro reafirma apoio a Trump. “Espero que seja reeleito”

Joédson Alves / EPA

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, demonstrou o seu desejo pessoal de que o Presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump, seja reeleito, frisando que isso não implica “interferência” no processo eleitoral norte-americano.

“Minha preferência é clara e isso não é uma interferência. Tenho um bom relacionamento político com Trump e espero que ele seja reeleito“, disse Jair Bolsonaro, numa breve conversa com alguns apoiantes fora da sua residência oficial, o Palácio da Alvorada.

Bolsonaro evitou comentar essa situação e apenas declarou que “o Brasil continuará sendo o Brasil” e manterá a sua tradição de “não ingerência” nos processos internos de outros países.

Nesse contexto, reiterou as suas críticas a Joe Biden, que tem questionado as políticas agressivas de Bolsonaro para o meio ambiente e em particular para a região amazónica. “O candidato democrata, duas vezes, falou sobre a Amazónia. É isso que eles querem para o Brasil? Porque aí sim é interferência de fora para dentro”, destacou Bolsonaro.

O Presidente brasileiro insistiu que “nenhum dos governos anteriores” no Brasil teve uma relação da “qualidade” como tem com Trump e garantiu que “há pessoas que se incomodam com isso”.

O resultado das eleições presidenciais norte-americanas ainda não está fechado, sendo que serão necessárias mais horas, e até de dias, para contar os votos por correspondência que chegaram em números históricos devido à pandemia de covid-19.

O vencedor das presidenciais norte-americanas (que é escolhido por voto indireto) tem de assegurar, no mínimo, 270 dos 538 “grandes eleitores” (uma maioria simples) que compõem o Colégio Eleitoral.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Todos temos de fazer sacrifícios, diz António Costa. Mas que sacrifícios está ele fazendo? para ele, com ou sem pandemia, recebe o seu ordenado em casa todos os meses, sem qualquer corte. É pois de grande hipocrisia, dizer que todos temos que fazer sacrifícios. Todos menos os políticos, que em nada são afectados. Todos os ditos apoios, são de enorme má fé, pois, a burocracia pedida e suas condições de acesso, vão no sentido, de que poucos tenham possibilidades de lhes aceder, e quando o for, já muitos estarão fechados. Mais; preparem-se, porque muitos vão ter de devolver o que receberam, porque não conseguiram manter os postos de trabalho. Para estes, só lhes resta a insolvência. Justificam então, toda a casta de jornalistas, que trabalham para o governo, que tudo o que está a ser feito, é baseado em provas cientificas. todos gostaríamos de saber, onde estão essas provas, se a OMS, cada dia que passa diz coisa diferente. É esse o método cientifico, de que a maioria dos países se orientam? Razão tem Bolsonaro, e, é comparar o nº de mortes com o º de habitantes, e constatarão, que na Europa, com os ditos cuidados, tem morrido muito mais. De todo o modo, a maioria da população, só tem o que merece. Deve ainda dizer-se, que tudo o que está acontecendo, é um prémio do Universo para a humanidade, pela forma com que tem tratado o nosso lindo Planeta. Que assim continue sendo.

RESPONDER

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …

Quatro portugueses detidos em Espanha por alegada violação de duas mulheres

A polícia espanhola anunciou, este sábado, ter detido quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país. Segundo a …

Stonehenge pode perder estatuto de património mundial da UNESCO

Depois de Liverpool, também Stonehenge pode perder o estatuto de património mundial da UNESCO. O aviso surge após o secretário dos transportes, Grant Shapps, ter dado luz verde aos planos de construção de um túnel …

Mais 20 mortes e 3396 casos de covid-19. Não havia tantos óbitos desde março

Portugal registou, este sábado, mais 20 mortes e 3396 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3396 novos …

"Integral confiança". Chega segura militantes acusados de agredir homossexual

O Chega anunciou, esta sexta-feira, que mantém "integral confiança" nos candidatos e estruturas local e distrital de Viseu, referindo que só se pronunciará sobre alegadas agressões de motivação homofóbica naquela cidade depois de apurados os …

Há dezenas de autarcas envolvidos em processos sem fim à vista

Dezenas de autarcas foram neste mandato acusados por corrupção, negócios imobiliários duvidosos e abuso de poder, entre outros, em processos judiciais que se arrastam, na maioria, sem desfecho à vista a dois meses de novas …