“Bolinhas pegajosas” enviadas para matar cancro na corrente sanguínea

Lindsay France / University Photography

Michael Mitchell, Elizabeth Wayne e Michael King, professor de Engenharia Biomédica, a equipa da Universidade de Cornell que desenvolveu "bolinhas pegajosas" que podem matar o cancro na corrente sanguínea

Michael Mitchell, Elizabeth Wayne e Michael King, professor de Engenharia Biomédica, a equipa da Universidade de Cornell que desenvolveu “bolinhas pegajosas” que podem matar o cancro na corrente sanguínea

Estudos preliminares de uma equipa de investigadores da Universidade de Cornell sugerem que “bolinhas pegajosas” desenvolvidas pela equipa podem ser enviadas pela corrente sanguínea para destruir as células cancerígenas que viajem no sangue, impedindo que a doença se espalhe.

O estágio mais perigoso – e frequentemente fatal – de um tumor é a metástase, altura em que se espalha pelo corpo.

Cientistas da Universidade de Cornell, nos Estados Unidos, desenvolveram nanopartículas que permanecem na corrente sanguínea e matam as células do cancro ao entrar em contacto com elas.

Os resultados da pesquisa foram divulgados na Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS).

Os cientistas afirmam que o impacto do tratamento é “dramático”, mas que “há muito trabalho a ser feito”.

Um dos principais factores da esperança de vida após o diagnóstico de cancro é se o tumor se espalhou ou não.

“Cerca de 90% das mortes por cancro estão relacionadas com metástases”, explica à BBC o professor Michael King, responsável pelo estudo.

No caminho

A equipa da U.Cornell criou nanopartículas que transportam a proteína Trail (“caminho”), que tem a capacidade de matar o cancro e já era utilizada em tratamentos experimentais, além de outras proteínas “pegajosas”.

Quando estas pequenas esferas adesivas eram injectadas no sangue, agarravam-se aos leucócitos, ou glóbulos brancos.

Testes mostraram que na corrente sanguínea, os leucócitos “esbarravam” com as células cancerígenas que se desprendiam do tumor principal e viajavam pelo organismo.

Mas em contacto com a proteína Trail, agarrada aos glóbulos brancos, as células de cancro simplesmente explodem e morrem.

“Os dados mostram um efeito dramático: não é só uma pequena mudança no número de células de cancro”, diz King.

“Os resultados na verdade são extraordinários, em sangue humano e em cobaias. Após duas horas de fluxo sanguíneo, as células do tumor desintegraram-se literalmente.”

King acredita que as nanopartículas poderão ser usadas antes da cirurgia ou da radioterapia, tratamentos que podem resultar em desprendimento de células do tumor principal.

Lindsay France / University Photography

Elizabeth Wayne (e), Michael Mitchell (c) e Michael King (d)

Elizabeth Wayne (e), Michael Mitchell (c) e Michael King (d)

O tratamento também poderia ser usado em pacientes com tumores muito agressivos, para prevenir que se espalhem.

No entanto, ainda é necessário realizar diversos testes de segurança em cobaias e animais maiores para que se possa fazer um teste clínico em humanos.

“Há muito trabalho a fazer antes de que isto possa beneficiar os pacientes”, afirmou King.

Até agora, os dados indicam que o sistema não tem um “efeito dominó” no sistema imunológico e não danifica outras células sanguíneas ou o revestimento dos vasos sanguíneos.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Qual é a cor do seu nome? Esta plataforma mostra-lhe

A sinestesia é o nome que se dá à relação entre planos sensoriais diferentes - ou seja, ouvir um determinado som e pensar numa cor ou se associar números a uma cor. Uma mulher norte-americana chamada …

Criança de dois anos ficou esquecida oito horas em carrinha escolar

Uma menina, de dois anos, ficou esquecida, esta segunda-feira, durante oito horas numa carrinha escolar em Porto de Mós, no distrito de Leiria. De acordo com a SIC Notícias, a criança, de dois anos, costumava viajar na …

Donald Trump felicita "louco Bernie" pela vitória no Nevada

O senador norte-americano agradeceu aos apoiantes a vitória nas eleições primárias democratas, no sábado, no estado do Nevada. "Deixem-me agradecer o apoio das pessoas do Nevada. A coligação multigeracional e multirracial não só ganhou no Nevada, …

Investimento de 2,9 milhões no bloco operatório do Hospital da Figueira da Foz

O Ministério da Saúde anunciou, este domingo, que a remodelação do bloco operatório central do Hospital Distrital da Figueira da Foz, um investimento de 2,9 milhões de euros, vai avançar. "A necessária autorização ao Hospital Distrital …

Cabrita diz que relatório da IGAI não encontrou falhas no caso da Venezuela

O ministro da Administração Interna assegurou, este sábado, que não houve nenhuma violação das regras de segurança no voo da TAP ou no aeroporto de Lisboa. "Os resultados preliminares que acabei de receber desse relatório são …

Já são conhecidos os primeiros quatro finalistas do Festival da Canção

Bárbara Tinoco, Filipe Sambado, Elisa e Throes + The Shine foram os escolhidos, este sábado, para a final do Festival da Canção, que acontece em Elvas, a 7 de março. Estão decididos os primeiros quatro finalistas …

Ultra-conservadores e conservadores vencem Legislativas no Irão

O ex-presidente da câmara municipal, e candidato derrotado em três eleições Presidenciais, foi o mais votado em Teerão nas Legislativas desta sexta-feira. De acordo com os dados parciais avançados por media locais, este sábado à noite, …

Autoridades japonesas confirmam infeção de tripulante português

As autoridades japonesas confirmaram, este domingo, que o tripulante português do navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, deu teste positivo ao Covid-19. "Foi confirmado pelas autoridades de saúde japonesas que a pessoa em causa …

Flamengo de Jorge Jesus conquista Taça Guanabara

O Flamengo conquistou, este sábado, a Taça Guanabara, ao derrotar na final o Boavista por 2-1, após reviravolta no marcador. Depois de a meio da semana ter empatado 2-2 em casa dos equatorianos do Independiente del …

Covid-19 em Itália. Cidades sob quarentena, mais de 100 infetados e Carnaval de Veneza suspenso

O Governo italiano anunciou, este sábado, o isolamento de uma dezena de cidades, em particular na Lombardia, após serem detetados mais de 100 casos do novo coronavírus e confirmadas duas mortes. "Nas zonas consideradas como de …