Bolhas de areia. Cientistas encontram explicação física para deslizamentos de terra e vulcões

Uma equipa de cientistas descobriu como dois tipos de areia se comportam como líquidos, o que permite uma melhor compreensão sobre processos geológicos, como deslizamentos de terra e vulcões.

Pela primeira vez, engenheiros demonstraram como “bolhas” de grãos mais leves se podem formar na areia, assim como noutros fluidos, apesar de os materiais granulares terem tendência a misturar-se.

Apesar de os grãos de areia individuais serem sólidos, quando os juntamos têm tendência a comportarem-se como um fluido. É fácil entendermos esta informação se pensarmos em dunas de areia a desmoronarem-se ou areia a fluir dentro de uma ampulheta. Estes são os chamados materiais granulares.

De que forma estes materiais granulares fluem era, até agora, um mistério. Na dinâmica de fluidos, existe um mecanismo de instabilidade chamado Rayleigh-Taylor (RT), que acontece quando um fluido de baixa densidade empurra outro de alta densidade. Mas nada semelhante tinha sido observado num material granular.

“Achamos que a nossa descoberta é transformadora”, afirmou o engenheiro químico Chris Boyce, da Universidade de Columbia, nos Estados Unidos.

“Encontramos um análogo granular de uma das últimas grandes instabilidades mecânicas dos fluidos. Enquanto os análogos de outras grandes instabilidades foram descobertos em fluxos granulares nas últimas décadas, a instabilidade RT escapou à comparação direta”, acrescentou, citado pelo Science Alert.

A equipa descobriu que tanto a vibração quanto o fluxo ascendente de gás através de um material granular podem produzir um processo muito semelhante à instabilidade RT. Este estudo é o primeiro a demonstrar que as “bolhas” de areia mais leve se formam e sobem através da areia mais pesada, quando os dois tipos de areia estão sujeitos à tal vibração vertical ou ao fluxo de gás.

Na prática, da mesma forma que as bolhas de ar e de óleo se elevam na água porque são mais leves e não se misturam com a água, as bolhas de areia leve elevam-se através da areia mais pesada.

Através de modelos experimentais computacionais, os cientistas chegaram à conclusão que os aglomerados de grãos maiores e mais leves permitem que o gás (que, neste caso, é o ar) flua mais facilmente do que os grãos menores e mais pesados. Este processo aumenta a tensão entre a força de arrasto ascendente criada pelo fluxo de gás e as forças de contacto que “empurram” para baixo, criando uma instabilidade semelhante à RT.

De acordo com os cientistas, esta recente descoberta, cujo artigo científico foi publicado na PNAS, pode explicar as formações geológicas e os processos subjacentes aos depósitos minerais e pode ser usada em tecnologias de processamento de poeira nas indústrias de energia, construções e produtos farmacêuticos.

A equipa está especialmente empolgada com o impacto potencial das descobertas nas ciências geológicas, já que as tais instabilidades podem ajudar os cientistas a entender como se formaram as estruturas ao longo da História e prever como se poderão formar no futuro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sondas da missão a Mercúrio vão passar pela Terra (e vão ser visíveis a olho nu)

A missão conjunta europeia e japonesa BepiColombo está a caminho de Mercúrio. Porém, para chegar lá, terá de passar novamente pela Terra. Este evento acontecerá em 10 de abril e as pessoas nas latitudes do sul …

Xiaomi lança máscara elétrica que carrega via USB

A pandemia de Covid-19 tem impulsionado o surgimento de alguns recursos melhorados para fazer face ao combate do novo coronavírus. É o caso da nova máscara de esterilização elétrica da Xiaomi, que carrega via USB. A …

Em paradeiro incerto, ministra da Guiné-Bissau diz correr perigo de vida

Ruth Monteiro, ministra da Justiça e dos Negócios Estrangeiros no Governo da Guiné-Bissau deposto no golpe do dia 27 de fevereiro, está em parte incerta e diz correr perigo de vida. De acordo com o semanário …

Ovelhas e bactérias estão a ajudar a combater o coronavírus

Anticorpos que podem ajudar a combater o SARS-CoV-2, o vírus que causa a covid-19, estão a ser testados em ovelhas. Estes podem ser usados para desenvolver testes de diagnóstico. O SARS-CoV-2, o vírus que causa a …

Marcelo sai uma vez por semana, usa máscara e luvas nas compras (e passa a Páscoa em Belém)

O Presidente da República afirmou este sábado que, para se proteger do surto de covid-19, só sai em trabalho uma vez semana, usa máscara nas compras e vai passar a Páscoa confinado no Palácio de …

A procura por sumo de laranja está a disparar (e a culpa é do coronavírus)

A procura por sumo de laranja tem disparado nos últimos tempos, muito devido à pandemia de covid-19. As pessoas querem reforçar o seu sistema imunitário. Já quase ninguém está indiferente à ameaça da pandemia de covid-19, …

Nove pessoas com covid-19 curadas após receberem plasma de doentes recuperados

Pelo menos nove pessoas internadas nos cuidados intensivos em Itália com covid-19 já foram curadas, depois de receberem plasma de pacientes recuperados. De acordo com o jornal italiano Corriere della Sera, os doentes receberam o plasma …

Grace tem seis anos e pode ser a autora mais nova de sempre de um artigo científico

Uma menina de seis anos, que vive na Austrália, pode ser a autora mais nova de sempre a ter um artigo científico publicado numa revista da especialidade. Grace Fulton tem uma enorme paixão por animais e, …

Geco encheu Lisboa com autocolantes (e a polícia de Roma está a pedir ajuda para o encontrar)

A polícia de Roma está a pedir ajuda à Associação Vizinhos de Lisboa para encontrar o graffiter Geco, cujas pinturas e autocolantes se podem ver por toda a capital portuguesa, e que está em investigação …

TikTok "esconde" publicações de pessoas feias e pobres para atrair novos utilizadores

O TikTok deu indicações aos seus moderadores para 'esconder' as publicações de utilizadores feios, pobres ou com deficiências. As suas audiências eram manipuladas para que os seus vídeos fossem vistos por menos pessoas. Antes conhecido como …