/

Bernie Ecclestone exclui México e New Jersey da F1 de 2014

Ryan Bayona / wikimedia

Bernie Ecclestone (foto: Ryan Bayona / wikimedia)

Bernie Ecclestone (foto: Ryan Bayona / wikimedia)

Depois de terem sido incluídas como palcos de provas no calendário provisório da Fórmula 1 de 2014, divulgado no fim de setembro, México e New Jersey foram este sábado descartadas por Bernie Ecclestone, o presidente e CEO da Formula One Management.

O anúncio foi feito em Austin, onde a F1 terá a penúltima prova de 2013, o GP dos Estados Unidos, este domingo.

Ecclestone avisou que, embora tenha o desejo de organizar corridas em solo mexicano e na cidade norte-americana, a realização de provas nestes locais não acontecerá antes de 2015.

O calendário definitivo para 2014 será aprovado no próximo dia 6 de dezembro e Ecclestone afirmou que a F1 está perto de chegar a um acordo para realizar o GP do México, mas enfatizou que o país ainda precisa de construir um pista que seja adequada às exigências da categoria.

Um plano preliminar previa a remodelação do Circuito Hemanos Rodrígues, na Cidade do México, mas o chefe da F1 avisou: “No momento, temos mais ou menos um acordo com o México. Eles tem de fornecer o circuito, e isso está a causar alguns problema. O circuito precisa de ser reconstruido”.

Já em relação ao GP de New Jersey, que seria uma segunda prova do calendário nos Estados Unidos, Ecclestone indicou que o mesmo está ainda mais longe de ser concretizado. Entretanto, disse estar “100% comprometido” para trabalhar para que os norte-americanos possam acolher duas provas do calendário da F1.

ZAP/MA-AE

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE