Berlim celebra 30 anos da queda do muro que a dividiu durante três décadas

thegforcers / Flickr

O muro de Berlim caiu há 30 anos

Berlim celebra este sábado os 30 anos da queda do muro que dividiu a Alemanha durante quase três décadas e o ponto alto das comemorações será um megaespetáculo multimédia nas Portas de Brandemburgo, segundo a organização.

O Presidente da Alemanha, Frank-Walter Steinmeier, recebe em Berlim os seus homólogos da Polónia, República Checa, Eslováquia e Hungria, para comemorar a queda do muro e “a contribuição dos Estados da Europa central para a revolução pacífica” na ex-República Democrática Alemã, segundo anunciou recentemente a Presidência alemã.

Os cinco chefes de Estado entregam coroas de flores em memória das cerca de 140 pessoas que morreram ao tentar atravessar o muro, que entre 1961 e 1989 cercou a parte ocidental de Berlim numa distância de cerca de 165 quilómetros, e reúnem-se de seguida junto de uma escultura erigida em 2017 em memória da ajuda concedida pelos Estados vizinhos aos alemães do leste.

As Portas de Brandemburgo — símbolo da divisão histórica da Alemanha, que se tornou símbolo de liberdade — serão o palco do epicentro das comemorações populares, com um espetáculo multimédia que recordará os eventos do dia 09 de novembro de 1989.

O muro de Berlim, que dividiu, durante 28 anos, a Alemanha em duas partes, a República Democrática Alemã (RDA) e a República Federal Alemã (RFA), começou a ser derrubado na noite de 9 de novembro de 1989.

A atriz e cantora Anna Loos, que tem uma história pessoal de fuga da antiga Alemanha de Leste, foi a artista convidada para abrir a celebração, ao lado da Banda Internacional, que reúne um coletivo de músicos refugiados e não-refugiados, ajudados pela difusão de vozes de pessoas que testemunharam a queda do muro.

Ao longo desta semana, a cidade alemã assistiu à divulgação de imagens históricas e filmes sobre a Revolução Pacífica, acompanhados por instalações sonoras que ocuparam associações de artistas, museus e escolas.

“Durante a Revolução Pacífica, centenas de milhares de pessoas levantaram as suas vozes e contribuíram para a queda do Muro“, escreve a organização na página oficial do evento, que convidou as pessoas a escreverem a sua mensagem, sob o lema “A sua visão no céu de Berlim”.

Muitas dessas mensagens aparecerão este sábado, suspensas no ar, junto às Portas de Brandeburgo, relevando o processo de reunificação e remetendo os espetadores para um lugar e um tempo que agora são celebrados.

No total contam-se mais de uma centena de eventos, entre eles painéis de discussão, concertos, visitas guiadas, exibições de filmes, leituras e produções cénicas.

Através de uma aplicação gratuita para telemóveis, criada para o efeito, a “MauAR”, é possível visitar a cidade virtualmente antes da queda do muro.

Em Kurfürstendamm são contadas histórias de berlinenses que foram separados por causa do muro, na Schlossplatz a atenção fica centrada nas primeiras eleições livres e nas paredes dos edifícios da antiga sede da Stasi, os visitantes podem ver as exigências para a abolição da polícia secreta da então República Democrática Alemã.

Uma empresa de realidade virtual criou também uma experiência interativa para quem visita Berlim por estes dias, permitindo sentir a ansiedade e o nervosismo de quem se aproximava dos pontos de controlo de fronteira entre a Alemanha Ocidental e a Alemanha Oriental, numa espécie de museu ambulante instalado dentro de um veículo automóvel.

Quem preferir, pode antes passear a pé pela cidade, com vários pontos a assinalar a presença do muro que foi derrubado há 30 anos e que permitiu a reunificação anunciada pelo ex-chanceler Helmut Kohl, em 1989.

Em alternativa, salas de cinema passam filmes de espionagem que remetem para o ambiente de tensão política e militar que dominava o período de guerra fria que se desmoronou com o muro de Berlim.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …

Vanessa Guillen foi espancada até à morte. Jovem soldado tinha dito à mãe que era vítima de assédio

Vanessa Guillen foi vista pela última vez a 22 de abril, pouco tempo depois de confessar à mãe que estava a ser assediada por um sargento. O principal suspeito da morte da jovem suicidou-se e …

Presidente da Câmara do Funchal envia carta a Boris Johnson a defender a Madeira

O presidente da Câmara do Funchal escreveu uma carta a Boris Johnson, na qual realça "alguns argumentos fortes" a favor da Madeira como destino de férias para os cidadãos do Reino Unido. O presidente da Câmara …

Livros pró-democracia desapareceram das bibliotecas de Hong Kong

Livros escritos por importantes ativistas da democracia de Hong Kong começaram a desaparecer das bibliotecas da cidade, avança a agência noticiosa francesa AFP, citando registos online destes espaços. Os livros pró-democracia desapareceram das prateleiras da …

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal

Lito Vidigal é o novo treinador do Vitória de Setúbal. O ex-treinador do Boavista, que já tinha passado pelo Bonfim em 2018/2019, vai suceder a Júlio Velázquez no comando técnico dos sadinos. Esta segunda-feira, Lito Vidigal, …

Estados Unidos confirmam rara infeção provocada por parasita que destrói o cérebro

Foi detetada, no cérebro de uma pessoa no condado de Hillsborough, uma ameba rara que destrói o cérebro. O parasita chama-se Naegleria Fowleri. Uma ameba rara que destrói o cérebro, conhecida como Naegleria Fowleri, foi detetada numa …

IKEA devolve a Portugal 500 mil euros em apoios do lay-off

A IKEA já reuniu com o Governo e diz estar a estudar a melhor forma de proceder à devolução do montante recebido pelo Estado.  Segundo o Dinheiro Vivo, a IKEA Portugal vai devolver cerca de 500 …

Isabel dos Santos diz-se "contactável e disponível" para colaborar com a justiça

Isabel dos Santos negou, esta segunda-feira, que a justiça desconheça o seu paradeiro e que não a consiga contactar, depois de o procurador-geral de Angola ter vindo a público denunciar a ausência de respostas da …

"Não estamos a dar a resposta suficientemente eficaz nesta fase", diz bastonário dos médicos

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães, defendeu esta segunda-feira que enquanto faltar uma "resposta suficientemente eficaz" à covid-19 na fase de desconfinamento, a recuperação económica também será mais lenta. O responsável falava aos …