Fortaleza de Berenike revela que uma erupção vulcânica pode ter forçado antigos egípcios a abandonar a cidade

Manter o acesso a água doce não poluída era muito valioso para qualquer cultura antiga. Uma equipa de arqueólogos, que explorou um poço de água no antigo Egito, descobriu evidências de que uma cidade costeira foi abandonada há mais de 2.000 anos, quando a nascente de água doce secou.

Há mais de 2.000 anos, os antigos egípcios abandonaram uma cidade costeira depois de terem deixado de ter acesso a água potável. De acordo com a equipa, uma grande erupção vulcânica, possivelmente do outro lado do mundo, pode ter desencadeado uma forte seca na região.

Segundo o New Scientist, arqueólogos têm escavado Berenike, na costa do Mar Vermelho do Egito, desde 1994. A cidade foi fundada entre 275 e 260 a.C., mas foi temporariamente abandonada entre 220 e 200 a.C., antes de ter sido repovoada.

Depois de o Egito ter sido anexado pelo Império Romano em 30 a.C., Berenike tornou-se o porto mais meridional do império. Era “uma espécie de combinação de cidade e base militar”, explicou Marek Woźniak, do Instituto de Culturas Mediterrâneas e Orientais de Varsóvia, na Polónia.

Juntamente com James Harrell, da Universidade de Toledo, Woźniak encontrou um poço embutido no chão que acumula água até hoje.

Os arqueólogos acreditam que o poço terá secado entre 220 e 200 a.C. e que a areia o terá acabado por tapar. Lá dentro, continha duas moedas de bronze que datam das décadas anteriores a 199 a.C. e numa outra parte da fortaleza a equipa encontrou ainda alguns artefactos da época, o que sugere que Berenike terá sido abandonada.

Woźniak acredita que um período de seca atingiu a região durante vários anos e fez com que o poço secasse. Segundo o artigo científico, publicado no dia 19 de março na Antiquity, a causa mais provável é uma erupção vulcânica.

Um estudo de 2017, liderado por Jennifer Marlon da Universidade de Yale, descobriu que, em 209 a.C., uma erupção vulcânica libertou muitos aerossóis de sulfato na atmosfera da Terra, fazendo com que as chuvas de verão do Nilo diminuíssem. A falta de chuva pode explicar a seca do poço, que pode ter incentivado os moradores a abandonarem a cidade.

Não está claro que vulcão terá sido o responsável, mas Woźniak e Harrell colocam quatro hipóteses em cima da mesa: Popocatéptl no México, Pelée na ilha de Martinica nas Pequenas Antilhas, Tsurumi ou Hakusan, ambas no Japão.

Liliana Malainho Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Marinha dos EUA está a desenvolver drones para matar ovos em ninhos de pássaros selvagens

A Marinha norte-americana e a empresa Hitron Technologies uniram esforços para desenvolver um drone autónomo projetado especificamente para procurar e destruir o maior inimigo da Marinha: os pássaros. Os drones, que estão já a ser testados …

Cientistas criam hologramas que se movem pelo ar

Uma equipa de cientistas da Universidade Brigham Young, nos Estados Unidos, conseguiu desenvolver um holograma que projeta imagens em movimento. Se é fã de Star Treck, ficará impressionado com a mais recente inovação. Um grupo de …

Gangue detido por falsificar a especiaria mais cara do mundo

As autoridades espanholas detiveram um gangue que fazia milhões de euros por ano a falsificar a especiaria mais cara do mundo: o açafrão. Os 17 membros da quadrilha foram detidos na região de Castela-Mancha. Os criminosos …

Santuário medieval recebe escultura em pedra que usa máscara contra a covid-19

Uma catedral histórica do Reino Unido renovou um santuário do século XIV, acrescentando um detalhe que coloca em evidência o momento pandémico que o mundo vive. Agora, a nova escultura está a usar uma máscara …

Aos 10 anos, Adewumi chegou à elite mundial do xadrez (e fugiu ao Boko Haram)

Tanitoluwa Adewumi foi perseguido pelo Boko Haram, fugiu da Nigéria e foi sem-abrigo nos Estados Unidos. Agora, com apenas 10 anos, chegou à elite mundial do xadrez. Grande Mestre é um dos títulos vitalícios concedidos pela …

Hegemonia económica da China cada vez mais longe. Queda demográfica coloca Pequim sob pressão

O objetivo do país é tornar-se na maior potência económica do mundo nos próximos anos, mas a corrida pela hegemonia - disputada com os EUA - pode não ser uma meta fácil de alcançar. O …

Miss Universo 2021. Concorrente da Singapura usa roupa com o slogan "Stop Asian Hate"

Bernadette Belle Ong, uma concorrente do Miss Universo 2021, vestiu uma roupa com as cores de Singapura que continha as palavras Stop Asian Hate ("parem com o ódio contra os asiáticos"). Bernadette Belle Ong aproveitou o …

A Índia está a tornar quase impossível a vacinação dos sem-abrigo

A Índia está a dificultar o processo de vacinação dos sem-abrigo, uma vez que o programa requer um número de telemóvel e uma morada residencial. Muitas pessoas não têm nem um, nem outro.  Na Índia, quase …

Violência contra as mulheres é "uma pandemia", alerta ONU

Uma década após a criação da Convenção de Istambul, o marco dos tratados de direitos humanos para acabar com a violência de género, as mulheres enfrentam um ataque global aos seus direitos e segurança, alertaram …

Já se sabe qual a ocasião mais perdida do ano devido à pandemia (e há uma campanha para compensar)

Tomar um café com um amigo ou um familiar é o momento mais perdido do último ano devido à pandemia de covid-19. Nos últimos 12 meses, e em todas as cidades europeias, estima-se ter havido …