Benfica vence Boavista no Bessa e segue no grupo da liderança

d.r. Isabel Cutileiro, SportLisboaBenfica / Facebook

-

Eliseu garantiu hoje, com um “grande” golo, a vitória do Benfica frente ao Boavista (1-0), numa partida da segunda jornada da I Liga portuguesa de futebol disputada no relvado sintético do Estádio do Bessa, no Porto.

Na sua última visita ao Bessa, a 06 de abril de 2008, o Benfica não tinha ido além de um 0-0. Petit, que hoje treina o Boavista, jogou pelos “encarnados”. Fary é o único sobrevivente desse Boavista, mas hoje nem sequer foi ao banco.

O Benfica apresentou então um “onze” do qual faziam parte, nomeadamente Maxi Pereira e Rui Costa, hoje dirigente “encarnado”. Luisão sentou-se no banco e não saiu de lá.

Hoje, o Benfica começou sem Enzo Perez e Jara foi o escolhido para o substituir. Ficaram claras as diferenças entre os dois argentinos: o primeiro oferece soluções que o seu substituto não tem disponíveis e disso ressentiu-se, com nitidez, o futebol “encarnado”.

Esperava-se um Benfica “mandão”, mas não foi isso que se viu, em boa medida por culpa própria. Faltaram ideias e intensidade ao meio campo do campeão nacional para romper a aguerrida equipa boavisteira.

Talisca teve alguma culpa nesse futebol mortiço que o Benfica apresentou. Tem bons pés, mas executa devagar e aparenta também alguma debilidade física, que ficou visível nos duelos diretos que manteve com os “axadrezados”.

No primeiro quarto de hora, os guarda-redes foram meros espetadores. Foi só aos 23 minutos que se viu o primeiro remate, por Talisca, que rematou por alto e para fora.

O Boavista procurou, e conseguiu muitas vezes, ter a superioridade numérica a meio campo, jogando com as linhas muito juntas e dificultando assim a progressão atacante do conjunto “encarnado”.

Aos 25 minutos, por fim, surgiu o primeiro grande momento deste jogo entre velhos conhecidos. Eliseu aproveitou um alívio da defesa “axadrezada” e, de longe, rematou forte, obrigando Monllor a sacudir para canto.

Quatro minutos depois, Ruben Amorim caiu, queixou-se de um joelho, foi assistido junto à linha lateral e acabou por ser substituído por André Almeida.

A vida não estava fácil para o Benfica, que apareceu no Bessa com um futebol murcho e lento, que o Boavista foi anulando, diga-se, sem grandes dificuldades.

Numa primeira parte desinteressante, Eliseu tirou um “coelho da cartola” a um minuto do fim e acabou com a resistência boavisteira. Novamente de longe, o lateral esquerdo que o Benfica que foi buscar ao Málaga rematou forte e colocado e obteve um grande golo, dando à sua equipa uma vantagem preciosa e algo injustificada.

O Benfica voltou para segunda parte sem Jorge Jesus, expulso, e deparou com um Boavista disposto a fazer-lhe a vida negra através de um futebol direto e de muito contacto físico.

Certo é que o Benfica não se deu bem com esse estilo frontal e de “olhos nos olhos”, como havia prometido Petit. A equipa de Jorge Jesus teve de se aplicar para não ser surpreendida e garantir três pontos que lhe permitem manter-se a par do FC Porto, nomeadamente, com os mesmos seis pontos.

Talisca apresentou ligeiras melhoras no segundo tempo e o Benfica acabou por triunfar, num encontro que lhe exigiu trabalho aplicado. Foi bem melhor o resultado do que a exibição, diante de um adversário brioso, mas com muito menos qualidade e que somou a sua segunda derrota, depois de na ronda inaugural ter perdido com o Braga por 3-0.

Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

"Invisibilidade" do LGBTI nos Censos é alvo de críticas

A Associação ILGA Portugal - Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo e o Bloco de Esquerda estão a criticar os Censos 2021 devido à ausência de perguntas relacionadas com identidade de género, o que …

Rússia vai dar início à retirada de tropas perto da fronteira com a Ucrânia

A Rússia anunciou que vai iniciar, esta sexta-feira, a retirada das suas tropas concentradas perto da fronteira com a Ucrânia e na Crimeia anexada, referindo que os exercícios foram concluídos. "As tropas demonstraram a sua capacidade …

KPMG desconhecia problemas no BESA que justificassem reserva às contas

A KPMG Portugal afirmou, numa carta enviada à comissão de inquérito do Novo Banco, que desconhecia factos no BES Angola que pudessem levar a uma opinião com reservas às contas do BES. A KPMG Portugal desconhecia …

Ferro Rodrigues está "perfeitamente de acordo" com Marcelo sobre enriquecimento ilícito

O presidente da Assembleia da República (AR) concorda com o Presidente quanto à urgência de melhorar a lei contra o enriquecimento ilícito e diz que isso pode ser feito sem pôr em causa princípios constitucionais. Numa …

Índia regista subida drástica de infeções e mortes. EUA com 200 milhões de vacinas tomadas

O número de novas infeções pelo coronavírus dispararam na Índia, com a falta de preparação do Governo e a forma como a pandemia tem sido gerida apontadas como causas para a subida dos casos e …

Técnicos de diagnóstico. Depois de mais uma coligação da oposição, Executivo avalia o que fazer

Depois de mais uma coligação da oposição, o Governo "está a avaliar" o que irá fazer em relação à aprovação das mudanças na carreira de Técnico Superior de Diagnóstico e Terapêutica.  De acordo com o semanário …

Diretor de Finanças de Lisboa está em substituição desde 2015. Já ultrapassa tempo de comissão de serviço

Fernando Lopes, a maior estrutura regional da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), é diretor da Direção de Finanças de Lisboa em regime de substituição desde março de 2015. Quando a então diretora regional, Helena Borges, foi …

Portugal regista mais quatro mortes e 636 novos casos de covid-19

Portugal registou, esta quinta-feira, mais quatro mortes e 636 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 636 …

Luís Correia lança-se a Castelo Branco, num movimento que ainda não tem nome

O movimento ainda não tem nome e a apresentação da candidatura não tem data marcada, mas Luís Correia já assumiu que vai liderar uma candidatura independente à Câmara Municipal de Castelo Branco. Luís Correia vai testar …

Pavilhão de escola de Matosinhos fechado devido a estirpe de legionella

O pavilhão desportivo da Escola Secundária Abel Salazar, em Matosinhos, está fechado devido à presença de uma estirpe de legionella detetada nas canalizações, mas que "não constitui qualquer perigo para a saúde", confirmou a câmara …