Benfica goleia Marítimo e mantém FC Porto a seis pontos

SportLisboaBenfica / Facebook

-

Um ‘bis’ do argentino Salvio e golos do holandês Ola John e do brasileiro Lima permitiram ao Benfica golear fora o Marítimo por 4-0, em encontro da 17.ª jornada, última da primeira volta da Primeira Liga de futebol.

Com o triunfo, o oitavo fora de casa em nove deslocações, o ‘campeão de inverno’ consolidou a liderança do campeonato, agora com 46 pontos, mais seis que o FC Porto que é o segundo classificado.

A equipa orientada por Jorge Jesus, que até agora sofreu uma única derrota, frente ao Sporting de Braga, na oitava jornada, somou na Madeira a nona vitória consecutiva e o sétimo jogo sem sofrer golos.

O Marítimo, por sua vez, quebrou um pequeno ciclo de dois jogos sem perder (vitória por 2-1 sobre o Braga e empate 0-0 com o Rio Ave), ocupando a 11.ª posição, com 20 pontos.

Os insulares sofreram a segunda derrota em casa – a outra foi com o Moreirense (2-1) -, ficando cada vez mais longe do objetivo europeu, meta traçada no início da época.

A grande novidade no ‘onze’ do Benfica foi Luisão, após ausência prolongada (seis jogos na I Liga), devido a lesão contraída no ‘clássico’, frente ao FC Porto (vitória por 2-0). Igualou os 440 jogos de Eusébio pelos ‘encarnados’.

A viagem à Madeira acabou por ser um ‘passeio’, já que o Marítimo foi um adversário pouco incomodativo e frágil no plano defensivo, muito diferente daquele que venceu (2-1) o Benfica na primeira jornada da época passada.

O Benfica sofreu uma grande contrariedade, aos 15 minutos, quando Gaitan se lesionou, sendo rendido por Ola John, que acabou por fazer uma grande exibição, marcando o segundo golo e assistindo Salvio no primeiro.

O líder da I Liga marcou cedo, aos 18 minutos: Ola John apercebeu-se do posicionamento de Salvio e o argentino livrou-se de Patrick Bauer e bateu José Sá.

Na primeira parte, o Marítimo chegou poucas vezes à área adversária e, quando o fez, nunca conseguiu incomodar Júlio César, um espetador no primeiro período do jogo.

O Benfica foi para o intervalo a vencer por 1-0, apesar de ter tido mais duas boas oportunidades para ampliar a vantagem.

Na segunda parte, o conjunto da Luz intensificou o domínio e fez mais três golos.

O segundo aconteceu logo aos 53 minutos, por Ola John que, assistido por Talisca, esperou pela saída de José Sá, batendo o guarda-redes do Marítimo com à vontade.

Aos 58 minutos, tudo fácil para o Benfica chegar ao terceiro golo, quando Jonas abriu na direita e Salvio, junto ao primeiro poste, bateu o desamparado José Sá.

Logo de seguida, Julio César teve de fazer uma intervenção ‘enorme’ para parar, com a ajuda da barra, um ‘tiro’ de Danilo, mas, no seu melhor período, foi o Benfica a fazer o quarto, aos 64 minutos: Jonas combinou bem com Salvio e assistiu Lima, que não perdoou.

Aos 66 minutos, Rúben Ferreira fez a bola rasar o travessão, mas Júlio César tinha a bola controlada e, aos 79 minutos, o Benfica reclamou uma grande penalidade, por alegada mão no braço de Alex Soares, mas o árbitro não sancionou.

Já no último minuto, Talisca forçou o segundo amarelo, para cumprir a suspensão na Taça da Liga, e o Benfica os últimos instantes com 10 jogadores, suficientes para gerir o confortável resultado.

Futebol 365

PARTILHAR

RESPONDER

Número de professores de informática é insuficiente para responder à procura

Aquela que poderia ser uma notícia positiva tem, na realidade, um contexto negativo, já que evidencia uma falha estrutural do sistema de ensino português. De acordo com as informações veiculadas pela Direção-Geral da Administração Escolar (DGAE), …

De olhos postos em Almada e com a aposta em Joana Mortágua, o Bloco volta a prometer passes a 20 euros

Em campanha em Almada com Joana Mortágua, a habitação e os passes sociais foram os temas em cima da mesa do Bloco de Esquerda. Depois de andar em campanha no Norte, o Bloco de Esquerda foi …

Brasil, EUA e Canadá. TAP prevê aumento de voos entre outubro e março

A TAP já está de olhos postos em novos voos para recuperar a sua operação no segundo semestre do ano e no inverno IATA – entre outubro e março. A empresa “espera progressos em termos de …

Vulcão, La Palma

Uma tragédia anunciada em Janeiro. Cinzas do vulcão de La Palma a caminho de Portugal

A lava do vulcão Cumbre Vieja continua a cobrir La Palma, nas Canárias, e já destruiu mais de 300 casas. Enquanto as cinzas vulcânicas se estão a deslocar para a Península Ibérica, surge a notícia …

Líder parlamentar do BE diz que Costa "transformou eleições numa caricatura"

O líder parlamentar do BE, Pedro Filipe Soares, afirmou na quarta-feira que António Costa transformou as eleições autárquicas de 26 de setembro numa “caricatura”, considerando que o primeiro-ministro “vai a todo o lado prometer tudo”. O …

Estalou o verniz entre a UEFA e a FIFA. Órgão Europeu critica Mundial a cada dois anos e admite boicote

A UEFA aponta vários riscos associados ao aumento da frequência do Mundial, como a perda de importância dos torneios femininos e juvenis, o impacto no calendário das outras competições e os efeitos na saúde dos …

Centro de Cancro do Pâncreas Botton-Champalimaud

Novo Centro de Cancro do Pâncreas em Lisboa é único no mundo (e tem a bênção dos Reis de Espanha)

Inaugura, na próxima segunda-feira, o novo Centro de Cancro do Pâncreas Botton-Champalimaud que resulta de uma parceria entre a Fundação Champalimaud e o casal espanhol Maurizio e Charlotte Botton. Os Reis de Espanha vão marcar …

Fiat, Jeep e Alfa Romeu julgadas em Lisboa por suspeita de falsearem emissões

Três fabricantes de carros são acusadas de instalar mecanismo que esconde a emissão de gases acima do limite legal. O Tribunal Central Cível de Lisboa aceitou julgar uma ação popular intentada por uma associação europeia de …

Entre sorrisos e avisos sobre a Irlanda do Norte, Biden chuta para canto acordo comercial com o Reino Unido pós-Brexit

Um possível acordo comercial, a fronteira entre as duas Irlandas, a retirada do Afeganistão e as alterações climáticas foram alguns dos temas em cima da mesa na recepção de Boris Johnson na Casa Branca. Foi um …

UEFA duplica prémios do Europeu feminino

De oito para 16 milhões de euros. Prémio monetário bem diferente do Europeu anterior. A UEFA informou nesta quinta-feira que vai ser duplicado o total do prémio monetário para as selecções participantes no próximo Europeu feminino. O …