Para não pagar 10 milhões de euros, Barcelona colocou um jogador nos juniores

FC Barcelona

Yusuf Demir

Os contornos invulgares que rodeiam Yusuf Demir, o «Messi austríaco» que afinal nem é Messi e estará de volta à Áustria.

Yusuf Demir chegou ao Barcelona há meio ano. Em Julho de 2021 o clube catalão anunciou a chegada do jovem avançado, que rumou a Barcelona por empréstimo. Demir, que tinha completado 18 anos pouco antes, era uma promessa do Rapid Viena e chamavam-lhe o «Messi austríaco».

O acordo era o Rapid ceder o jogador durante uma época, em princípio para a equipa B espanhola. O Barcelona pagaria de imediato (em Julho) 500 mil euros e, caso o atleta participasse em 10 jogos da equipa principal, aí pagaria 10 milhões de euros aos austríacos.

O que aconteceu? Yusuf Demir convenceu Ronald Koeman, que era o treinador nessa altura, e rapidamente o jogador passou para a equipa principal. Aliás, foi convocado logo na primeira jornada do campeonato e jogou na segunda ronda, ainda em Agosto. Em Setembro participou em quatro jogos consecutivos, dois deles como titular.

Depois dessa fase, o jogador foi “encostado”. Nos 15 compromissos seguintes em que foi convocado, só foi titular uma vez (contra o Benfica, em Camp Nou) e entrou três vezes durante um jogo.

Somando tudo, o austríaco jogou…nove vezes pela equipa principal do Barcelona. Ou seja, falta uma para a opção de compra ser accionada.

Falta e vai sempre faltar. Porque Demir já deixou de fazer parte da equipa de Xavi, o novo treinador que não conta com o jovem (e com um “empurrão” da direcção, aparentemente).

Demir não é convocado desde o dia 12 de Dezembro, há precisamente um mês, e agora até deixou de estar inscrito na Liga espanhola. Foi colocado oficialmente na equipa de juniores e, assim, não voltará à formação principal.

A informação foi dada por um programa da rádio COPE, que acrescenta que esta decisão – poupança de 10 milhões de euros – foi fundamental para a inscrição de Ferran Torres, ex-Manchester City. Tal como o acordo com Samuel Umtiti, que baixou o seu salário.

Yusuf Demir, que chegou a ser visto como uma certeza para a equipa principal já nesta época, não conseguiu marcar qualquer golo. Após nove jogos, deve voltar para Viena, onde o Rapid tentará vender o seu passe durante este mercado de Inverno.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.