Bangladesh inaugura primeira escola islâmica para transexuais muçulmanos

O Bangladesh abriu a sua primeira escola islâmica para transexuais muçulmanos na sexta-feira, medida classificada pelos clérigos como um primeiro passo para integrar esta minoria na sociedade.

Esta é uma das recentes mudanças no Bangladesh que visam facilitar a vida de cerca de 1,5 milhões de transexuais muçulmanos, noticiou esta sexta-feira a agência AFP. A comunidade LGBT enfrenta discriminação no país, com uma lei da era colonial que pune relações homossexuais com penas de prisão, embora a aplicação seja rara.

Na abertura da Dawatul Islam Tritio Linger Madrasa – Escola Islâmica do Terceiro Género -, cerca de 50 estudantes transexuais leram versos do Alcorão.

“Estou em êxtase”, disse à AFP Shakila Akhter, uma estudante de 33 anos. “Somos gratos aos clérigos por esta bela mudança”, acrescentou. “Somos muçulmanos, mas não podemos ir a uma mesquita. Não podemos nem mesmo nos misturar com outros membros da sociedade”, sublinhou ainda.

Para a criação da Dawatul Islam Tritio Linger Madrasa, um grupo de clérigos liderados por Abdur Rahman Azad adquiriu o último andar de um prédio, com financiamento de uma instituição de caridade local. A equipa já oferece aulas de Alcorão a sete grupos transexuais em Dhaka.

Até 150 alunos – quase todos adultos – terão aulas semelhantes às de uma madrassa tradicional, onde o Alcorão é ensinado junto com a filosofia islâmica, bengali, inglês, matemática e ciências sociais.

Segundo Azad, os transexuais, conhecidos como ‘hijras’ no Bangladesh, sofreram muito. “Durante muito tempo viveram uma vida miserável. Não podem ir à escola, à madrasas ou mesquitas. Foram vítimas de discriminação. Nós, a sociedade e o Estado, somos os culpados por isso”, afirmou.

“Queremos acabar com essa discriminação. Alá não discrimina as pessoas. O Islão trata a todos como seres humanos. Os ‘hijras’ devem desfrutar de todos os direitos como qualquer outro ser humano”, frisou o responsável.

Em 2015, extremistas islâmicos espancaram até à morte um ativista homossexual e editor de uma revista LGBT, enquanto outros tiveram que fugir do país, apesar de o Governo da primeira-ministra Sheikh Hasina permitir, desde 2013, que os transexuais sejam identificado como um género separado. Em 2019, puderam votar como um terceiro género.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

No Japão, o suicídio entre crianças atingiu um número recorde

Segundo um relatório divulgado pelas autoridades japonesas, o receio de uma infeção pelo novo coronavírus foi a justificação mais invocada por crianças e jovens para faltarem às aulas durante um longo período de tempo. Durante o …

Com uma nova subida de preços na segunda-feira, portugueses correm às bombas

Com o anúncio do Governo da redução do ISP, e um possível aumento do preço dos combustíveis já na próxima semana, os portugueses estão a aproveitar o fim-de-semana para abastecer. Na sexta-feira, o Governo anunciou a …

O candidato às eleições presidenciais das Filipinas Ferdinand Marcos Jr.

Ferdinand-Duterte: Eleições filipinas podem pôr duas dinastias frente-a-frente (ou lado a lado)

Ferdinand Marcos Jr. é filho de um antigo ditador filipino. Agora é candidato às eleições presidenciais e poderá enfrentar a filha de Rodrigo Duterte, Sara, ou até aliar-se a ela. Ainda faltam mais de seis meses …

Recuperados da covid-19 vão poder tomar segunda dose se for preciso para viajar

A diretora-geral da Saúde revelou, este sábado, que os recuperados da covid-19 vão agora poder tomar uma segunda dose da vacina, caso seja preciso para poderem viajar. Esta semana, o Jornal de Notícias tinha avançado que …

Líder do PCP diz que problemas do país "não se resolvem com dramatizações"

O secretário-geral do PCP defendeu, este sábado, que os problemas do país "não se resolvem com dramatizações ou com o agigantar de dificuldades sobre o futuro", numa crítica ao Governo. Num discurso de quase 30 minutos …

Marcelo fez o que podia para prevenir crise política. Agora, fica à espera do diálogo

O Presidente da República transmitiu, este sábado, que fez em público e privado o que podia para prevenir junto dos partidos uma crise política e afirmou que espera diálogo sobre o Orçamento do Estado nos …

Candidato do Chega detido por tentativa de homicídio de família sueca

O suspeito da tentativa de homicídio de uma família sueca em Moura, Beja, foi candidato do Chega à freguesia de Póvoa de São Miguel nas últimas eleições autárquicas. O líder do partido já condenou este …

A judoca Bárbara Timo

Judoca Bárbara Timo conquista ouro nos -63kg no Grand Slam de Paris

A judoca portuguesa Bárbara Timo conquistou, este sábado, a medalha de ouro no primeiro dia do Grand Slam de Paris, na sua estreia na categoria -63 kg em provas do circuito mundial. Bárbara Timo, de 30 …

Afinal, o início do Universo pode nunca ter realmente existido

Investigador português da Universidade de Liverpool partiu da teoria dos conjuntos causais para pôr em causa alguns dos conceitos mais importantes na complexa evolução do Universo. A ideia de que o nosso universo foi criado através …

Exoplaneta gigante conseguiu sobreviver à morte da sua estrela

Cientistas encontraram um exoplaneta gigante que parece ter conseguido sobreviver à morte da sua estrela, orbitando neste momento uma anã branca. As anãs brancas são o processo final de estrelas e chegam a ser tão densas …