Babuínos mumificados revelam provável localização do reino perdido de Punte

Dartmouth College

Arqueólogos analisaram babuínos mumificados que foram comercializados entre o Egito e Punte. A equipa de especialistas conseguiu limitar a provável localização deste reino perdido.

O reino de Punte era o nome que os antigos egípcios davam a uma região da África Oriental, cuja localização ainda não foi identificada. Desta terra, os egípcios obtinham vários produtos, como marfim, ouro, mirra, ébano, perfumes e até animais exóticos.

Um novo estudo que rastreia as origens geográficas dos babuínos egípcios mumificados descobriu que vieram de uma área que inclui os países modernos da Etiópia, Eritreia, Dijbouti, Somália e Iémen, revelando uma nova perspetiva sobre a verdadeira localização de Punte.

O estudo foi publicado recentemente na revista científica eLife e mostra também o tremendo alcance náutico dos primeiros marinheiros egípcios.

“A navegação de longa distância entre o Egito e Punte, duas entidades soberanas, foi um marco importante na história da humanidade porque impulsionou a evolução da tecnologia marítima. O comércio de produtos de luxo exóticos, incluindo babuínos, foi o motor por trás das primeiras inovações náuticas”, explica o autor principal do estudo, Nathaniel J. Dominy, citado pelo site HeritageDaily.

“Muitos investigadores veem o comércio entre o Egito e Punte como o primeiro longo passo marítimo numa rede de comércio conhecida como a rota das especiarias, que viria a moldar fortunas geopolíticas por milénios.

Outros investigadores descreveram a relação Egito-Punte como o início da globalização económica”, acrescentou.

Dominy realça que os babuínos “eram fundamentais para este comércio”, razão pela qual “determinar a localização de Punte é importante”. O autor acredita que os babuínos mumificados podem ajudar a oferecer uma resposta para este enigma com mais de 150 anos.

Os antigos egípcios veneravam os babuínos e foram até deificados, entrando no panteão como manifestações de Tote, o deus egípcio do conhecimento, da sabedoria, da escrita, da música e da magia. No entanto, os babuínos nunca existiram naturalmente na paisagem egípcia e chegaram à região através do comércio externo.

Os resultados da análise dos investigadores aos tecidos de dois babuínos mumificados demonstram que nasceram fora do Egito e provavelmente vieram de um local na Eritreia, Etiópia ou Somália, o que restringe a localização de Punte.

Os investigadores explicam ainda que a localização estimada de Punte ainda é provisória, mas o papel que os babuínos desempenharam na rede de comércio do Mar Vermelho e a sua distribuição geográfica é fundamental para a compreensão das origens históricas do comércio marítimo internacional, escreve ainda o HeritaDaily.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …