Aves que não voam eram mais comuns antes das extinções causadas pelo homem

Se tivermos em consideração as espécies extintas pelos humanos, haveria um total de 226 aves que não voam. Atualmente existem apenas 60 espécies.

Quando os primeiros humanos começaram a colonizar todas as regiões do mundo, muitas espécies foram extintas. Algumas foram caçadas diretamente até a extinção, outras viram os seus habitats destruídos, e ainda mais foram dizimadas pela introdução de predadores não nativos como ratos.

A evolução às vezes pode seguir caminhos estranhos. Por exemplo, embora os pássaros sejam reconhecidos mestres do voo, alguns, no entanto, abandonaram essa habilidade para viver no solo. As espécies de pássaros frequentemente evoluem sem voar em ambientes sem predadores, porque o voo é um luxo que não é necessário quando não há inimigos dos quais escapar.

O pequeno pássaro conhecido como “Rallidae da Ilha Inacessível”, Atlantisia rogersi, é um exemplo. Como o nome sugere, a sua ilha é de difícil acesso e, sem predadores a viverem lá, o pássaro pode circular em segurança.

Hoje, existem 60 espécies de pássaros que não voam, em 12 famílias distintas, e muitas estão ameaçadas de extinção. No entanto, um estudo publicado esta semana na revista Science Advances, descobriu que a evolução para a ausência de voo tem sido muito mais comum do que estas 60 espécies poderiam sugerir, uma vez que os cientistas tiveram em consideração as espécies de pássaros que foram extintas após a chegada do homem a uma área.

Os investigadores compilaram uma lista de 581 extinções de pássaros provavelmente causadas por humanos. Destas espécies, 166 podem ser consideradas não voadoras (ou, na melhor das hipóteses, apenas voadoras fracas), representando 29% das espécies de aves extintas.

Assim, a lista de aves conhecidas que não voam aumenta de 60 para 226, quando ambas as espécies vivas e extintas são consideradas.

A grande transição evolucionária ocorreu a uma taxa quatro vezes maior do que parece baseada unicamente em espécies vivas, sugerindo que o caminho evolutivo do céu para o chão em aves não era tão raro quanto se pensava anteriormente. Costumava haver íbis, corujas, pica-paus, poupas e tentilhões que não voavam – infelizmente, todos eles agora desapareceram.

Os resultados da investigação também mostram o quão seletivas as extinções antropogénicas podem ser. Muitas espécies de pássaros evoluíram em resposta à ausência de mamíferos, portanto, eram particularmente vulneráveis a humanos que chegavam às suas ilhas e traziam mamíferos, como ratos, com eles. Além do voo, esses pássaros também perderam o medo de tais predadores.

PARTILHAR

RESPONDER

Telescópio FAST detetou três misteriosos sinais rádio do ainda jovem Universo

O gigante telescópio chinês FAST (Five Hundred Metre Aperture Spherical Telescope) detetou três misteriosas rajadas rápidas de rádio (FRB) que ocorreram quando o Universo era ainda jovem. As rajadas rápidas de rádio são um dos …

Áustria reitera rejeição de acordo comercial UE-Mercosul

O Governo austríaco, numa carta enviada ao primeiro-ministro, António Costa, reiterou a sua rejeição do acordo comercial UE-Mercosul e apelou a que Portugal, enquanto presidência da União Europeia (UE), “assegure” que a sua votação seja …

Em Málaga, pode comer-se o pão mais caro do mundo. É feito com ouro e prata

É na padaria espanhola Pan Piña que se confeciona aquele que é, de momento, o pão mais caro de todo o mundo. Este é vendido por uma quantia que pode chegar até aos 3.700 euros …

Novas evidências apontam eventual localização dos destroços do MH370. Jornalista sugere que foi abatido

O chefe da busca fracassada pelo voo MH370 da Malaysia Airlines está a pedir um novo inquérito com base em novas evidências que podem finalmente resolver o mistério do desaparecimento da aeronave há sete anos. De …

Cidade nos EUA testou o rendimento básico universal. "Os números foram incríveis"

Além de a percentagem de pessoas que tinham um emprego a tempo inteiro ter subido, os participantes da iniciativa também relataram sentir-se menos ansiosos. De acordo com o estudo publicado esta quarta-feira, citado pela agência …

Belenenses 0-3 Benfica | Vendaval suíço após o descanso

O Benfica venceu o dérbi com a Belenenses SAD, em jogo a contar para 22ª jornada da Liga NOS, por 3-0. Uma partida que teve uma primeira parte mal jogada e com muitas dificuldades para as …

Investigador apresenta nova geração de drones minúsculos e ágeis. São inspirados em mosquitos

Os mosquitos são insetos incrivelmente acrobáticos e resistentes durante o voo, o que os ajuda a navegar entre rajadas de vento, obstáculos e incertezas. Agora, uma equipa de investigadores construiu um sistema que se aproxima …

OMS considera que a pandemia podia ter sido evitada se alguns países não tivessem sido lentos a reagir

O diretor-geral da OMS afirmou esta segunda-feira que alguns países reagiram lentamente à declaração de emergência sanitária global em janeiro de 2020, desperdiçando-se uma "janela de oportunidade" para evitar a pandemia de covid-19. "A 30 de …

Louvre recupera armadura do século XVI roubada há quase 40 anos

O peitoral e o capacete elaboradamente decorados, que estavam desaparecidos desde 1983, datam do século XVI e voltaram finalmente ao museu do Louvre, em França. Quase quatro décadas depois, um peitoral e um capacete do século …

Queixas por cibercrime disparam. Fraude com MB Way foi o crime mais denunciado

O Ministério Público (MP) da Comarca de Lisboa registou 6676 denúncias por crimes informáticos em 2020, um aumento de 15% (mais 998) face a 2019. MB Way é um dos sistemas onde estão associadas mais …