Aumento de cesarianas está a afectar a evolução do corpo das mulheres

-

O uso cada vez mais recorrente das cesarianas nos partos está a afectar a evolução do corpo das mulheres. A conclusão é de um estudo austríaco que constata que estas cirurgias não permitem às mulheres adaptar-se ao crescente aumento do tamanho dos bebés.

A investigação, levada a cabo na Universidade de Viena, na Áustria, apurou que as mulheres não desenvolvem pélvis mais largas, de modo a adaptarem-se ao crescente aumento do tamanho dos recém-nascidos, por causa do uso recorrente de cesarianas nos partos.

Está em causa uma “evolução” que decorre do facto de os avanços da medicina não permitirem aquela que seria a selecção natural, conforme explica o líder da investigação, Philipp Mitteroecker, do Departamento de Biologia Teorética da Universidade de Viena, em declarações à BBC.

“As mulheres com uma pélvis muito estreita não sobreviveriam ao parto há cem anos. Agora sobrevivem e passam o seu código genético para uma pélvis estreita às suas filhas”, realça o cientista.

“Sem a intervenção médica moderna, tais problemas eram, muito frequentemente, letais e isto, de uma perspectiva evolucionária, é selecção”, acrescenta.

No estudo, publicado na revista científica Proceedings of the National Academy of Sciences, atesta-se que “o uso regular de partos de cesariana, ao longo da última década, levou a um aumento evolucionário dos níveis da desproporção feto-pélvica de 10% a 20%“.

É o mesmo que dizer que, por causa das cesarianas, o corpo de algumas mulheres não consegue adaptar-se ao aumento de tamanho dos recém-nascidos, o que é também uma tendência moderna.

Os investigadores calculam que os casos em que o bebé não cabe no canal de nascimento aumentaram de 30 em mil em 1960 para 36 em mil hoje em dia. E a previsão é de que esta tendência continue a aumentar.

“Prova absoluta demorará centenas de anos”

Para o obstetra Diogo Ayres de Campos, professor na Faculdade de Medicina da Universidade do Porto, as conclusões deste estudo austríaco não são, contudo, definitivas, afirma ao Diário de Notícias.

“É uma teoria que já tem algum tempo. Várias pessoas o defenderam no passado, mas a prova absoluta demorará centenas de anos”, refere Ayres de Campos, considerando que é “natural que estejamos a seleccionar uma população com bacias mais estreitas” quando, “a nível global, há um aumento do peso médio dos bebés e dos outros diâmetros”.

O obstetra britânico Daghni Rajasingam, consultado pela BBC, refere, por seu lado, que é preciso também considerar outros dados da sociedade actual, como os casos de diabetes e de obesidade durante a gravidez, que influenciam a necessidade de as mulheres recorrerem a cesarianas durante o parto.

A OMS tem alertado para o número elevado de cesarianas praticadas em todo o mundo.

Segundo o DN, dados de 2015, relativos a Portugal, mostram que no Serviço Nacional de Saúde há uma taxa de 28% de partos com cesariana, enquanto nos privados a média chega aos 66%, contra os 27,6% na média dos países da OCDE.

Em 2014, um estudo feito pela Universidade de Aveiro explicava o elevado número de cesarianas no privado com o factor económico, por serem mais caras do que os partos naturais, e no público com a intenção de “despachar” o processo perante a falta de profissionais.

SV, ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, no comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. A notícia …