Aumentar Função Pública custa 300 milhões por ano, mas Centeno não diz “nunca”

Miguel A. Lopes / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Aumentar os salários da função pública aumentaria a fatura da despesa com pessoal em cerca de 300 milhões de euros. Mas Centeno afirma que nunca disse nunca “e também não vai ser agora”.

Aumentar os salários em linha com a inflação esperada para 2019, de 1,4%, faria aumentar a fatura da despesa com pessoal em cerca de 300 milhões de euros.

Este montante resultaria das novas previsões do Programa de Estabilidade, entregue na semana passada no Parlamento, explica o Eco, documento no qual o Governo assume que as despesas com pessoal este ano ascendem a 21.716,4 milhões. Se aplicado um aumento de 1,4% a este valor, a fatura com pessoal engorda em cerca de 300 milhões de euros.

No mesmo documento, o Governo admite um aumento de 389,8 milhões de euros, mas para pagar o descongelamento das carreiras que já está em curso.

Mas o ministro das Finanças não põe de lado a possibilidade de aumentar os funcionários públicos no Orçamento de Estado para 2019. À TSF, Mário Centeno não diz “nunca” a este aumento de salários. “Nunca me ouviu dizer a palavra nunca e também não vai ser agora.”

Além disso, Centeno lembra que o programa de recrutamento na Administração Pública vai abrir vagas para uma “área que tem estado muito fechada” em termos de admissões, e que o descongelamento de carreiras vai prosseguir para, pelo menos, 80% dos funcionários públicos.

“No OE para 2019 posso-lhes garantir que o descongelamento das carreiras vai prosseguir. Isso é visível no quadro que foi incluído no Programa de Estabilidade e significa quase 400 milhões de euros de aumento das despesas com o pessoal. Portanto, os funcionários públicos vão ter um aumento no ano que vem, isso é garantido”, afirmou o ministro.

Centeno vai ao encontro das palavras do primeiro-ministro António Costa, que também não exclui em absoluto aumentos salariais na função pública, escreve o Público.

“Desde o início da legislatura, todos os anos os funcionários públicos têm visto a aumentar os seus rendimentos, e assim será para o ano, quanto mais não seja com a prossecução do processo do descongelamento das carreiras”, disse o primeiro-ministro esta segunda-feira, no final da sessão de abertura do seminário dos cônsules honorários na Fundação do Oriente, em Lisboa.

O ano de 2009 foi o último em que houve aumentos, mas até esse ano os aumentos salariais na função pública eram uma constante. A partir de 2010, os funcionários públicos foram confrontados com cortes nas remunerações e congelamento das progressões.

Em 2015, iniciou-se a reversão dos cortes e em 2018 retomaram-se as progressões. Fica agora em aberto de o ano de 2019 trará a possibilidade de se voltarem a aumentar os salários dos funcionários públicos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os próximos 4 anos vão ser "anormalmente quentes"

O período de tempo até 2022 poderá registar temperaturas ainda mais elevadas do que o esperado, com anos "anormalmente quentes", segundo um estudo baseado num novo método de previsão, divulgado nesta terça-feira. O trabalho realizado por …

2,3 milhões de venezuelanos abandonam o país por falta de alimentos e medicamentos

A falta de alimentos e de medicamentos forçou 2,3 milhões de venezuelanos a abandonarem o país, segundo a ONU, que alertou hoje para a situação de risco de dezenas de milhares de cidadãos da Venezuela. "As …

Web Summit volta atrás (outra vez) e retira convite a Marine Le Pen

O presidente executivo da Web Summit, Paddy Cosgrave, anunciou que decidiu retirar o convite à líder da extrema-direita francesa, Marine Le Pen, depois das críticas de vários setores. “É agora claro para mim que a decisão …

Descoberta primeira cena de nudez de Marilyn Monroe. Estava trancada numa gaveta

Novas imagens da atriz Marylin Monroe nua foram descobertas, mais de cinquenta anos depois de terem sido filmadas, durante as gravações do filme de 1961 'The Misfits', protagonizado pela ícone cinematográfica norte-americana juntamente com Clark …

Há demasiadas estrelas na vizinha Omega Centauri para alojar mundos habitáveis

A procura pela vida no vasto Universo é uma tarefa avassaladora, mas os cientistas podem agora riscar um local da sua lista - a vizinha Omega Centauri. De acordo com um estudo liderado por cientistas da …

Suspeito do ataque ao Parlamento no Reino Unido é um britânico de origem sudanesa

Os meios de comunicação britânicos divulgaram hoje que o suspeito do incidente de terça-feira no Parlamento, que está a ser tratado como terrorismo, é um britânico de 29 anos, de origem sudanesa, chamado Salih Khater. Esta …

Amazónia: pesca ilegal e desflorestação associados a paraísos fiscais

Esta segunda-feira, cientistas pediram uma maior transparência no uso de paraísos fiscais por empresas envolvidas em atividades que prejudicaram os oceanos e a floresta tropical da Amazónia. Num estudo publicado na Nature Ecology and Evolution, os …

Descoberta uma secção desconhecida do Muro de Berlim

Um grupo de moradores e um vereador da Câmara descobriram uma secção desconhecida do Muro de Berlim, escondida atrás de densa vegetação, durante uma caminhada por terrenos baldios. A descoberta foi divulgada nesta segunda-feira, 13 de …

NASA deteta vasto e brilhante “muro de hidrogénio” no fim do Sistema Solar

Cientistas da NASA acreditam que há um vasto "muro de hidrogénio" no fim do nosso Sistema Solar, e a sonda New Horizons consegue vê-lo. Segundo um estudo publicado no início deste mês na revista Geophysical Research …

Hospital de Gaia realiza cirurgia inovadora de remoção de tumores nos brônquios

O Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho realizou, pela primeira vez em Portugal, uma nova cirurgia de extração de tumores nos brônquios, que “surge como alternativa à remoção total do pulmão”, revelou …