Astrónomos resolvem mistério de estrela que explodiu e desapareceu há mais de 500 anos

Michael Sara, autor principal do estudo, assegura: “Esta é a primeira nova que recuperamos com toda a certeza, tendo por base os registo chineses, coreanos e japoneses de há quase 2500 anos”.

A 11 de março de 1437, os astrónomos coreanos observaram aquilo que pensavam ser uma nova e brilhante estrela na cauda da constelação Escorpião, que 14 dias depois desapareceu.

No entanto, mais de 500 anos depois, cientistas conseguiram seguir-lhe o rasto e descobriram que se tratava apenas de uma explosão clássica de uma nova – uma nova anã de maior luminosidade – e conseguiram identificar o sistema de estrelas binárias que o causou.

“Esta é a primeira nova que recuperamos com toda a certeza, tendo por base os registo chineses, coreanos e japoneses de há quase 2500 anos”, assegura Michael Sara, astrofísico do Museu Americano de História Natural, em Nova Iorque, nos EUA, e principal autor do estudo publicado esta quarta-feira na revista Nature.

A investigação suporta a teoria de que a explosão de novas num sistema de duas estrelas pode-se produzir em ciclos de muitos milhares de anos, com possíveis períodos de hibernação.

Nesses sistemas, compostos por uma anã branca – resto estelar com pouco combustível nuclear – e outra estrela evoluída, a primeira vai buscar hidrogénio à companheira e provoca uma explosão termonuclear, que pode fazer a estrela brilhar até 300 mil vezes mais do que o Sol.

De acordo com Michael e a sua equipa, entre cada explosão há pequenas erupções mais pequenas de estrelas anãs novas e de sistemas binários intermédios. Não se tratam de entidades separadas, mas de um mesmo sistema que se repete várias vezes até 100 mil vezes durante milhares de milhões de anos.

Para o demonstrar, os peritos reviram os registos astronómicos históricos da universidade de Harvard, nos EUA, desde 1885 até 1993 e uma série de fotografias de diferentes décadas. As imagens corroboraram que em cada período, a mesma estrela se encontrava num estado distinto.

“Da mesma forma que um ovo, uma lagarta, uma larva e uma borboleta são todas as fases da vida do mesmo organismo, agora temos um forte apoio à ideia de que os sistemas binários são todos a mesma coisa vista em diferentes fases da sua vida”, sublinha Sara.

Ainda que fique por compreender a evolução destes sistemas, a descoberta permitiu desenvolver uma espécie de relógio astronómico para medir a idade de certas estrelas, através da data dos seus movimentos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Preço do petróleo atinge máximos de quatro anos. PIB pode derrapar

O preço do petróleo superou ontem a fasquia dos 80 dólares, o valor mais alto dos últimos quatro anos. A subida pode não ficar por aqui. Só nos últimos 12 meses, o petróleo valorizou cerca de …

Director da PJ Militar e comandante da GNR detidos no caso do roubo de Tancos

A Polícia Judiciária deteve, nesta terça-feira, o director da Polícia Judiciária Militar, coronel Luís Augusto Vieira, e o comandante da GNR de Loulé, sargento Lima Santos, numa investigação relacionada com o furto de armas de …

Taxistas no sétimo dia de protesto. Reunião com assessor de Costa foi "manobra de diversão"

Taxistas de Lisboa, Porto e Faro cumprem o sétimo dia de protesto, mantendo-se os motoristas parados contra a entrada em vigor, a 1 de novembro, da lei que regula as quatro plataformas eletrónicas de transporte …

Professora condenada a 5 anos de prisão por maus tratos a alunos

O Tribunal Judicial de Barcelos condenou, nesta segunda-feira, uma professora de duas escolas do 1.º ciclo do concelho a cinco anos de prisão, com pena suspensa, por dez crimes de maus tratos a alunos menores. A …

Fundadores do Instagram deixam a empresa em rutura com Zuckerberg

Os fundadores do Instagram, Kevin Systrom e Mike Krieger, vão deixar a empresa adquirida pelo Facebook em 2012 para "construir coisas novas". Em causa estarão também algumas tensões com o CEO Mark Zuckerberg.   “Vamos …

Universitários dormem na rua em protesto. "É urgente criar mais residências"

Esta segunda-feira, vários estudantes universitários do Porto dormiram na rua, uma iniciativa que pretende alertar para a situação que se vive devido à falta de alojamento. Estudantes da Universidade do Porto montaram, esta segunda-feira, um acampamento …

Infarmed vai continuar "forever and ever" em Lisboa

O presidente da câmara do Porto, o independente Rui Moreira, disse esta segunda-feira que "o Infarmed vai continuar forever and ever [para todo o sempre] em Lisboa", acusando o Governo, liderado pelo PS, de "sucumbir …

Europa cada vez mais quente. Portugal é o país que menos aqueceu

As temperaturas médias registadas nas cidades europeias estão cada vez mais altas. No topo da lista dos aumentos encontram-se os países nórdicos e no fim da lista as cidades portuguesas. Um estudo do Centro Europeu de …

Rui Rio faz levantamento do património do PSD

Rui Rio, líder do PSD, quer fazer o levantamento do património do partido de forma a equilibrar as finanças do mesmo. O levantamento a nível nacional e nas regiões autónomas já está a decorrer. Rui Rio …

Submarino ARA San Juan está a ser procurado em zona de profundos desfiladeiros

A embarcação da empresa americana Ocean Infinity contratada pelo governo da Argentina para procurar o submarino ARA San Juan, que desapareceu há dez meses no Oceano Atlântico, começou a rastrear neste fim-de-semana uma zona de …