Astrónomos resolvem mistério de estrela que explodiu e desapareceu há mais de 500 anos

Michael Sara, autor principal do estudo, assegura: “Esta é a primeira nova que recuperamos com toda a certeza, tendo por base os registo chineses, coreanos e japoneses de há quase 2500 anos”.

A 11 de março de 1437, os astrónomos coreanos observaram aquilo que pensavam ser uma nova e brilhante estrela na cauda da constelação Escorpião, que 14 dias depois desapareceu.

No entanto, mais de 500 anos depois, cientistas conseguiram seguir-lhe o rasto e descobriram que se tratava apenas de uma explosão clássica de uma nova – uma nova anã de maior luminosidade – e conseguiram identificar o sistema de estrelas binárias que o causou.

“Esta é a primeira nova que recuperamos com toda a certeza, tendo por base os registo chineses, coreanos e japoneses de há quase 2500 anos”, assegura Michael Sara, astrofísico do Museu Americano de História Natural, em Nova Iorque, nos EUA, e principal autor do estudo publicado esta quarta-feira na revista Nature.

A investigação suporta a teoria de que a explosão de novas num sistema de duas estrelas pode-se produzir em ciclos de muitos milhares de anos, com possíveis períodos de hibernação.

Nesses sistemas, compostos por uma anã branca – resto estelar com pouco combustível nuclear – e outra estrela evoluída, a primeira vai buscar hidrogénio à companheira e provoca uma explosão termonuclear, que pode fazer a estrela brilhar até 300 mil vezes mais do que o Sol.

De acordo com Michael e a sua equipa, entre cada explosão há pequenas erupções mais pequenas de estrelas anãs novas e de sistemas binários intermédios. Não se tratam de entidades separadas, mas de um mesmo sistema que se repete várias vezes até 100 mil vezes durante milhares de milhões de anos.

Para o demonstrar, os peritos reviram os registos astronómicos históricos da universidade de Harvard, nos EUA, desde 1885 até 1993 e uma série de fotografias de diferentes décadas. As imagens corroboraram que em cada período, a mesma estrela se encontrava num estado distinto.

“Da mesma forma que um ovo, uma lagarta, uma larva e uma borboleta são todas as fases da vida do mesmo organismo, agora temos um forte apoio à ideia de que os sistemas binários são todos a mesma coisa vista em diferentes fases da sua vida”, sublinha Sara.

Ainda que fique por compreender a evolução destes sistemas, a descoberta permitiu desenvolver uma espécie de relógio astronómico para medir a idade de certas estrelas, através da data dos seus movimentos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …

Governo das Ilhas Salomão quer banir o Facebook para preservar a União Nacional

O Governo das lhas Salomão quer banir temporariamente a rede social Facebook numa tentativa de combater o cyberbullying e a difamação, alegando que a plataforma está a "minar" a União Nacional. A decisão, que já …