Astrónomos detectam buraco negro supermassivo a grande distância do centro de galáxia

Astrónomos detetaram, pela primeira vez, um buraco negro supermassivo a uma grande distância do centro da galáxia hospedeira, com base em imagens do telescópio Hubble, anunciou esta quinta-feira a agência espacial europeia (ESA).

O buraco negro foi empurrado para fora do centro da galáxia 3C186, localizada a oito mil milhões de anos-luz da Terra, provavelmente devido à energia exercida pela radiação gravitacional.

As imagens da galáxia captadas pelo telescópio espacial Hubble (na foto), operado pela ESA, revelam um quasar brilhante, a assinatura da energia de um buraco negro ativo, situado longe do núcleo da galáxia.

“Os buracos negros estão nos centros das galáxias, logo é raro ver um quasar que não está no centro [da galáxia]”, assinalou o líder da equipa, Marco Chiaberge, astrónomo no Space Telescope Science Institute, nos Estados Unidos.

Um quasar é um corpo extragalático compacto que se assemelha a um ponto de luz e que emite mais energia do que centenas de galáxias supergigantes.

Um buraco negro é uma região da qual nada, nem mesmo a luz, pode escapar, em resultado da deformação da curvatura espaço-tempo provocada após o colapso gravitacional de uma estrela com uma matéria maciça e infinitamente compacta.

Os astrónomos estimam que o buraco negro em causa tem uma massa mil milhões de vezes superior à do Sol e que terá sido necessária uma energia equivalente a 100 milhões de supernovas para ser afastado do centro da galáxia 3C186.

Segundo os cálculos da equipa internacional de astrónomos, o buraco negro já viajou cerca de 35 mil anos-luz desde o centro da galáxia, mais do que a distância que separa o Sol do núcleo da Via Láctea, e continua a sua viagem a uma velocidade de 7,5 milhões de quilómetros por hora – a esta velocidade, o buraco negro poderia viajar da Terra para a Lua em três minutos.

Uma vez que um buraco negro não pode ser observado diretamente, a massa e a velocidade deste buraco negro supermassivo foi estimada a partir da análise espetroscópica do gás em volta.

Os astrónomos admitem como hipótese que o buraco negro supermassivo foi empurrado para fora do centro da galáxia 3C186 por ondas gravitacionais (deformações no espaço-tempo que se propagam como ondas) desencadeadas pela fusão de dois buracos negros com grande massa no centro da sua galáxia hospedeira.

“Se a nossa teoria estiver correta, as observações fornecem fortes indícios de que os buracos negros supermassivos podem, na verdade, fundir-se”, sustentou o astrónomo Stefano Bianchi, da Universidade Roma Tre, em Itália.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os gorilas têm amigos para toda a vida (e fazem grandes festas anuais)

Cientistas concluíram que os gorilas têm amizades que duram para toda a vida, inclusive entre animais que não são parentes, e celebram grandes reuniões anuais. De acordo com o ABC, uma equipa de cientistas concluiu que …

Bengala que guiou bote salva-vidas após o naufrágio do Titanic leiloada por 44 mil euros

Quando o Titanic afundou em águas geladas perto de Newfoundland em 1912, um bote salva-vidas de sobreviventes usou a luz operada por bateria na bengala de uma mulher para iluminar o caminho para a segurança. Essa …

Amostras de sangue de animais de zoológicos ajudam a prever doenças em humanos

Os cientistas querem usar padrões genéticos similares, que estão presentes no sangue de humanos e animais há milhares de anos, para melhorar o prognóstico da doença assistida por computador. Os jardins zoológicos de Saarbrücken e Neunkirchen, …

Encontrado no topo dos Alpes um lago que não devia existir

Um montanhista capturou a formação de um lago "alarmante" no alto dos Alpes franceses depois de a neve glacial ter derretido durante a intensa onda de calor que atingiu a Europa central no final de …

Fogo na Sertã reacendeu e há aldeias cercadas pelas chamas

O incêndio no concelho da Sertã reacendeu à tarde depois de sido dado como dominado durante a madrugada, continuando os fogos no distritos de Castelo Branco a mobilizar mais de mil bombeiros e 15 meios …

Há uma cidade onde o dinheiro cresce das árvores

Morador da remota cidade de Skagway, no Alaska, há cerca de um ano, John Sasfai entra na cervejaria Skagway Brewing Co. e pede uma cerveja artesanal local à base de broto de abeto (árvore conífera …

Os gatos são um problema na Austrália. Matam mais de dois mil milhões de animais selvagens por ano

Quando os gatos vagueiam livremente, pequenos animais selvagens morrem. Na Austrália, a contagem de corpos já excede os dois mil milhões de animais nativos por ano. Na Austrália, investigadores ambientais analisaram centenas de estudos sobre os …

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar

Morreu a antiga apresentadora da RTP Isabel Wolmar. A cara histórica da estação pública tinha 86 anos. A notícia foi avançada pelo amigo Júlio Isidro na sua página oficial de Facebook. No Facebook, o apresentador da …

Cidade americana usa músicas infantis para afastar os sem-abrigo

https://vimeo.com/349252020 A cidade de West Palm Beach, no estado americano da Flórida, está a usar músicas infantis em loop para evitar que os sem-abrigo durmam no parque da cidade durante a noite. Numa tentativa desesperada e bizarra …

Nicolás Maduro acusa EUA de usarem sanções para se apoderarem do petróleo da Venezuela

O Presidente Nicolás Maduro acusou sábado os EUA de usarem as sanções contra a Venezuela como uma maneira de dominar o país para se apoderarem dos recursos petrolíferos venezuelanos. "Os EUA querem dominar-nos para controlar o …