Astrónomos detectam buraco negro supermassivo a grande distância do centro de galáxia

Astrónomos detetaram, pela primeira vez, um buraco negro supermassivo a uma grande distância do centro da galáxia hospedeira, com base em imagens do telescópio Hubble, anunciou esta quinta-feira a agência espacial europeia (ESA).

O buraco negro foi empurrado para fora do centro da galáxia 3C186, localizada a oito mil milhões de anos-luz da Terra, provavelmente devido à energia exercida pela radiação gravitacional.

As imagens da galáxia captadas pelo telescópio espacial Hubble (na foto), operado pela ESA, revelam um quasar brilhante, a assinatura da energia de um buraco negro ativo, situado longe do núcleo da galáxia.

“Os buracos negros estão nos centros das galáxias, logo é raro ver um quasar que não está no centro [da galáxia]”, assinalou o líder da equipa, Marco Chiaberge, astrónomo no Space Telescope Science Institute, nos Estados Unidos.

Um quasar é um corpo extragalático compacto que se assemelha a um ponto de luz e que emite mais energia do que centenas de galáxias supergigantes.

Um buraco negro é uma região da qual nada, nem mesmo a luz, pode escapar, em resultado da deformação da curvatura espaço-tempo provocada após o colapso gravitacional de uma estrela com uma matéria maciça e infinitamente compacta.

Os astrónomos estimam que o buraco negro em causa tem uma massa mil milhões de vezes superior à do Sol e que terá sido necessária uma energia equivalente a 100 milhões de supernovas para ser afastado do centro da galáxia 3C186.

Segundo os cálculos da equipa internacional de astrónomos, o buraco negro já viajou cerca de 35 mil anos-luz desde o centro da galáxia, mais do que a distância que separa o Sol do núcleo da Via Láctea, e continua a sua viagem a uma velocidade de 7,5 milhões de quilómetros por hora – a esta velocidade, o buraco negro poderia viajar da Terra para a Lua em três minutos.

Uma vez que um buraco negro não pode ser observado diretamente, a massa e a velocidade deste buraco negro supermassivo foi estimada a partir da análise espetroscópica do gás em volta.

Os astrónomos admitem como hipótese que o buraco negro supermassivo foi empurrado para fora do centro da galáxia 3C186 por ondas gravitacionais (deformações no espaço-tempo que se propagam como ondas) desencadeadas pela fusão de dois buracos negros com grande massa no centro da sua galáxia hospedeira.

“Se a nossa teoria estiver correta, as observações fornecem fortes indícios de que os buracos negros supermassivos podem, na verdade, fundir-se”, sustentou o astrónomo Stefano Bianchi, da Universidade Roma Tre, em Itália.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …