Astrónomos descobrem o planeta mais quente do Universo

JPL-Caltech / UCLA / NASA

Uma equipa internacional de astrónomos detetou um planeta fora do Sistema Solar mais quente do que a maioria das estrelas – embora mais frio do que o nosso Sol. Segundo um estudo publicado na revista Nature, é o planeta mais quente conhecido no Universo.

O exoplaneta gigante gasoso KELT-9b é quase três vezes maior do que Júpiter, mas menos denso do que o maior planeta do Sistema Solar, e orbita a estrela maciça KELT-9, localizada a 650 anos-luz da Terra, na constelação do Cisne.

KELT-9b tem uma temperatura diurna que pode chegar aos 4.323,85ºC, sendo por isso mais quente do que a maioria das estrelas. Em relação ao Sol, é mais frio em 926,8ºC, destaca em comunicado a Universidade de Vanderbilt, nos Estados Unidos.

Segundo o estudo publicado esta segunda-feira na revista “Nature”, e em cuja lista de contributos se inclui a do astrónomo amador português João Gregório, a radiação ultravioleta emitida pela KELT-9 é tanta, que o planeta pode estar a evaporar-se, a tal ponto que o planeta tem uma cauda de gás brilhante, como a de um cometa.

É um planeta, segundo as definições típicas baseadas em massa, mas a sua atmosfera é diferente da de qualquer outro planeta que já vimos até agora, devido à sua temperatura durante o dia”, explicou Scott Gaudi, professor de astronomia da The Ohio State University e co-autor do estudo.

JPL-Caltech/R. Hurt (IPAC) / NASA

Conceito de artista do sistema KELT-9, com a sua estrela oblíqua super-quente (esq.) e Kelt-9b, o planeta mais quente conhecido no Universo (dir.)

Conceito de artista do sistema KELT-9, com a sua estrela oblíqua super-quente (esq.) e KELT-9b, o planeta mais quente conhecido no Universo (dir.)

O facto de o KELT-9b ser extremamente quente, no lado que está iluminado, e de estar a ser continuamente bombardeado pela radiação estelar, não permite a formação de moléculas de água, dióxido de carbono e metano, elementos associados à vida.

A razão de o planeta ter uma temperatura tão elevada é o facto de a sua estrela, KELT-9, ter mais do dobro do tamanho do Sol e ser quase tão quente como o Sol. Dada a proximidade entre a órbita do planeta e a estrela, o KELT-9b poderá vir a ser ‘engolido’ pela estrela se esta se expandir.

O KELT-9b foi descoberto pelo método de trânsito, que deteta uma variação da luz causada por um planeta quando transita diante da sua estrela hospedeira, com o auxílio do telescópio KELT-Norte, do Observatório Winer, no Arizona, nos Estados Unidos.

Devido ao seu período extremamente curto, à sua órbita quase polar e ao facto de a sua estrela ser oblíqua em vez de esférica, os especialistas calculam que o planeta ficará fora de visão em cerca de 150 anos – e não voltará a estar visível até daqui a 3500 anos.

ZAP // Lusa / EFE

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. «Astrónomos descobrem o planeta mais quente do Universo»
    Já o compararam com todos os outros que existem para poder fazer semelhante afirmação? Que falta de sentido crítico…

    • Caro Rui,
      Obrigado pelo seu reparo. No entanto, talvez o excesso de sentido crítico seja tão danoso como a sua falta.
      Sem prejuízo de que clarificamos no texto que foi descoberto “o planeta mais quente conhecido no Universo”, a simplificação informal usada no título é perfeitamente aceitável, compreensível e pacífica.
      “O Homem mais alto do Mundo” é “O Homem mais alto do Mundo”, até se descobrir outro mais alto, e ganha esse título sem que tenha que se comparar a sua altura com a de todos os outros homens do mundo.

  2. Apesar de tudo, não é bem a mesma coisa. No mundo actual, onde já praticamente não existem comunidades completamente isoladas, é perfeitamente plausível que se saiba quem é o homem mais alto do mundo. Já o universo é imenso, com partes que nos são (e serão sempre) inacessíveis.
    É louvável que publiquem artigos de divulgação científica, que necessariamente têm de ter uma linguagem simplificada, mas convém manter algum rigor científico para ajudar as pessoas a perceber a diferença entre a ciência e a fantasia. Quando essa distinção se esbate, aparecem leitores com “pérolas” a misturar mecânica quântica com “consciência cósmica”.

    • Caro Rui,
      Compreendemos perfeitamente o seu ponto de vista. Mas o mais rigoroso dos nossos artigos sobre mecânica quântica não está a salvo da consciência cósmica.
      Orgulhamo-nos de fazer divulgação científica, tentamos fazê-lo da forma mais rigorosa possível, sem deixar de a dirigir também aos mais leigos que nela estejam interessados.
      E se os nossos títulos por vezes são simplistas, para mais facilmente fazer chegar esse esforço aos leitores nele interessados, não deixam por isso os textos em si de ser rigorosos – tanto quanto sabemos fazê-los.

  3. É incrível uma notícia destas destinada a leitores portuguses ignorar que um dos descobridores é português, o astrónomo amador João Gregório que é co-autor do artigo!! Será que em Portugal só valem os 3 “F”, Futebol, Fátima e fado?

    • Caro Januário Bettencourt,
      Obrigado pelo se reparo. Efectivamente, da lista de autores indicada no artigo não consta o João Gregório, cujo contributo é listado no entanto na lista de contribuições – informação que acrescentámos à nossa notícia.

  4. “(…) os especialistas calculam que o planeta ficará fora de visão em cerca de 150 anos – não voltará a estar visível até daqui a 3500 anos” – Alguém consegue explicar estes cálculos? Eu não consegui!

    • Acho que o problema é a nível do Português. Quando dizem “o planeta ficará fora de visão em cerca de 150 anos” eu inicialmente percebi que o planeta iria ficar invisível durante 150 anos. Por isso o prazo seguinte (3500 anos) entrava em contradição grosseira com o primeiro valor. No entanto, o que pretendiam dizer seria – “daqui a 150 anos o planeta ficará invisível durante 3500 anos”.

  5. “KELT-9b tem uma temperatura diurna que pode chegar aos 4.323,85ºC”, gostei dos 0,85ºC, esses astrónomos têm de virar os telescópios espaciais para a Terra para ver se passam a acertar melhor nas previsões meteorológicas para o nosso planeta.

  6. Ainda gostava de saber quem foi o «cientista» que foi lá medir a temperatura….. para ter um valor «tão» exato…. com aqueles 0,85ºC……. quem for a ver foi com um termómetro digital feito pelos chineses… LOL

RESPONDER

Matosinhos fecha mais uma escola. Já encerraram quase duas dezenas desde 2005

A Escola Básica da Portela, em Matosinhos, vai encerrar no final deste ano letivo pelo facto de a sua população escolar estar a diminuir “significativamente”, adiantou o vereador da Educação. Desde 2005, já fecharam quase …

Zona da Torre Eiffel sofrerá obras e será devolvida aos peões em 2024

A zona da Torre Eiffel será devolvida aos peões e transformada numa zona verde até 2024, anunciou a autarca de Paris durante a apresentação do projeto de reabilitação, projetado por uma arquiteta paisagista norte-americana. "Temos realmente …

Campeã olímpica e mundial de natação termina carreira aos 22 anos

O anúncio acontece depois de a Federação Lituana de Natação ter indicado que Meilutyte enfrentava uma sanção de um a dois anos de suspensão, por ter falhado três controlos antidoping. A nadadora lituana Ruta Meilutyte, que …

Sérgio Conceição é multado em 287 euros e escapa a suspensão

O treinador do FC Porto não foi alvo de suspensão (e poderá estar no sábado no banco da final da Taça de Portugal), mas foi multado em 287 euros e ser-lhe-á instaurado um processo disciplinar. O …

Áustria pode ficar sem Governo. Chanceler enfrenta moção de censura

O chanceler austríaco, Sebastian Kurz, vai enfrentar na segunda-feira uma moção de censura no Parlamento na sequência do escândalo do vídeo que envolveu o seu antigo parceiro de coligação, o partido de extrema-direita FPÖ. Kurz arrisca …

Deco alerta: Há slime à venda que é perigoso para as crianças

A Deco alertou esta quarta-feira que há à venda ‘slime’, uma massa de modelar viscosa, que é perigosa para as crianças, tendo já denunciado a situação à Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE). O alerta …

Portugal está "a viver de água que não tem"

A Associação Natureza Portugal, representante do Fundo Mundial para a Natureza (ANP/WWF), alertou que o país “está a viver além da água que tem” e apresenta recomendações aos políticos, empresas e cidadãos para inverter a …

"O euro nunca esteve tão ameaçado"

"O euro nunca esteve tão ameaçado." A frase é do ministro das Finanças francês e surge depois de o vice-primeiro-ministro italiano, Matteo Salvini, ter dado como certa a morte do euro. O ministro da Economia francês, …

Ronaldo e outras 22 apostas de Fernando Santos para a Ligas da Nações

Fernando Santos já garantiu que Ronaldo vai fazer parte da lista dos 23 selecionados para a fase final da Liga das Nações de futebol. Além de Ronaldo, a presença de João Félix também parece garantida. O …

Faltas dos alunos que adiram à greve pelo clima serão injustificadas

As faltas dos alunos que participem na greve estudantil internacional em defesa do clima serão injustificadas, segundo os diretores escolares, que garantem que as escolas vão funcionar normalmente com a realização de aulas e testes. Na …