Astrónomos descobrem buraco negro vermelho de fúria

ATG medialab / ESA

Impressão de artista mostrando um buraco negro a engolir matéria da sua estrela, num sistema binário

Impressão de artista mostrando um buraco negro a engolir matéria da sua estrela, num sistema binário

Violentas luzes vermelhas, com duração de apenas frações de segundo, foram observadas durante uma das mais brilhantes explosões de buracos negros nos últimos anos.

Em junho de 2015, um buraco negro chamado V404 Cygni lançou um dramático brilho durante cerca de duas semanas, ao devorar a matéria que estava a devorar de uma estrela companheira em órbita.

O V404 Cygni, que está cerca de 7.800 anos-luz da Terra, foi o primeiro buraco negro definitivo a ser identificado na nossa galáxia e pode tornar-se extremamente brilhante quando está a devorar matéria ativamente.

Num novo estudo, publicado na Monthly Notices da Royal Astronomical Society, uma equipa internacional de astrónomos liderada pela Universidade de Southampton, em Inglaterra, relatou que o buraco negro emitiu deslumbrantes flashes em vermelho com duração de apenas frações de segundo, à medida que despejava matéria que não conseguia engolir.

Os astrónomos associaram a cor vermelha a jatos velozes de matéria que foram ejetados perto do buraco negro. Estas observações fornecem novas ideias sobre a formação de tais jatos e fenómenos em buracos negros extremos.

Fúria vermelha

Poshak Gandhi, da Universidade de Astronomia de Southampton, comenta que “a velocidade muito alta nos diz que a região onde essa luz vermelha está a ser emitida deve ser muito compacta”.

“Reunindo pistas sobre a cor, a velocidade e o poder desses flashes, podemos concluir que esta luz está a ser emitida a partir da base do buraco negro. A origem destes jatos ainda é desconhecida, apesar dos fortes campos magnéticos serem suspeitos de desempenhar um papel nisso”, explica o autor principal do estudo.

“Além disso, esses flashes vermelhos são mais fortes no auge da agitação de alimentação do buraco negro. Especula-se que quando o buraco negro estava a ser forçado a alimentar-se rapidamente da sua estrela companheira de órbita, reagiu violentamente expelindo parte do material como um jato que se movia rapidamente. A duração desses episódios intermitentes pode estar ligada ao ligar e desligar do jato, visto pela primeira vez em detalhe”.

Trabalho de grupo

Devido à natureza imprevisível e à raridade dessas “explosões” brilhantes de buracos negros, os astrónomos têm muito pouco tempo para reagir. Por exemplo, a última erupção do V404 Cygni tinha sido em 1989.

Quando esteve excepcionalmente brilhante em junho de 2015, isto constituiu uma excelente oportunidade para o trabalho, tratando-se mesmo de uma das mais brilhantes explosões de buracos negros nos últimos anos. No entanto, a maioria das explosões são muito opacas, tornando-as difíceis de estudar.

L. Calçada / ESO

Impressão de artista de um buraco negro semelhante ao V404 Cyg a devorar matéria de uma estrela próxima

Impressão de artista de um buraco negro semelhante ao V404 Cyg a devorar matéria de uma estrela próxima

Cada flash era cegamente intenso, equivalente à potência de cerca de mil sóis, e alguns dos flashes eram mais curtos do que 1/40º de segundo – cerca de dez vezes mais rápido do que a duração do piscar de um olho. Tais observações exigem novas tecnologias, de modo que os astrónomos usaram a câmera de imagem rápida UltraCam, montada no telescópio Herschel William, em La Palma, nas Ilhas Canárias.

Vik Dhillon, investigador da Universidade de Sheffield, na Inglaterra, e cocriador da UltraCam, explica que “a UltraCam é a única que pode operar a uma velocidade muito alta, capturando filmes com alta taxa de frames por segundo de alvos astronómicos, em três cores simultaneamente. Isto é que nos permitiu determinar a cor vermelha desses flashes de luz do V404 Cygni”.

O evento de 2015 fez os astrónomos coordenarem esforços mundiais para observar explosões futuras. “As curtas durações e emissões fortes em todo o espectro eletromagnético requerem uma estreita comunicação, partilha de dados e esforços de colaboração entre cientistas. Estas observações podem ser um verdadeiro desafio, especialmente quando se tenta observações simultâneas de telescópios terrestres e satélites espaciais”, conclui Poshak Gandhi.

HypeScience

PARTILHAR

RESPONDER

Linha SNS 24 está a atender mais de 18 mil chamadas por dia

O secretário de Estado da Saúde saudou a capacidade de adaptação dos profissionais de saúde e do Governo à pandemia covid-19, dando como exemplo a Linha SNS 24 que está a atender mais de 18 …

Bolsonaro mais moderado. "A minha preocupação sempre foi salvar vidas”

O Presidente brasileiro adotou um tom mais moderado naquele que foi o seu quarto discurso ao país sobre o novo coronavírus, mas voltou a insistir na importância de a população manter os empregos durante a …

Diabéticos representam 9% das mortes por covid-19

Os doentes da diabetes são um grupo de risco, representando “mais de 9% das pessoas falecidas com covid-19”, mas não têm mais probabilidades de ser infetados pelo novo coronavírus. A informação foi avançada esta quarta.feira pelo …

Covid-19: Infarmed diz que nenhum medicamento provou eficácia no tratamento

O Infarmed assegurou, na terça-feira, estar a acompanhar todos os esforços nacionais e internacionais para o desenvolvimento de potenciais tratamentos e vacinas para a covid-19, mas insistiu que nenhum fármaco provou ainda a sua eficácia …

Adolescente de 13 anos morre no Reino Unido devido a Covid-19

Um adolescente britânico de 13 anos morreu na segunda-feira depois de testar positivo para o novo coronavírus, informou na terça-feira o hospital. Segundo a família, o jovem não sofria de nenhuma outra doença. Segundo noticiou a …

"Por favor, não venham". Autarca de Vila Real apela a emigrantes que não regressem a Portugal

O presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos, apela aos emigrantes para que, "por favor", não regressem agora ao país e nesta Páscoa "fiquem nas terras" que os "acolheram em segurança". "Este vírus infernal que …

84 pessoas detidas por desobediência ao estado de emergência

A PSP e a GNR detiveram, até esta terça-feira, 84 pessoas pelo crime de desobediência e encerraram 1600 estabelecimentos, no âmbito do estado de emergência. Em comunicado, o Ministério da Administração Interna (MAI) refere que, entre as …

Há creches, ATL e colégios privados a cobrar valores indevidos na quarentena

Há creches, ATL e colégios privados a cobrarem valores indevidos referentes a alimentação, transporte e atividades extracurriculares. O alerta foi dado pela Associação de Defesa do Consumidor (Deco). De acordo com a jurista da Deco, Carolina …

Pedro Proença acredita que "vai ser possível jogar na presente temporada"

O Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) admitiu, esta terça-feira, a possibilidade de realizar jogos à porta fechada e ainda esta temporada. Em entrevista à rádio TSF, Pedro Proença disse acreditar que ainda "vai …

Centeno deixa aviso à Zona Euro. Futuro da UE depende da resposta que der à pandemia

Mário Centeno escreveu aos ministros das Finanças da Zona Euro para os alertar que o futuro da União Europeia depende da forma como conseguir lidar com a crise económica devida à pandemia de Covid-19. Uma …