Astrónomos captam rajadas de raios gama com maior grau de detalhes já visto

ESO/A. Roquette

Imagem de uma explosão de raios gama captada pelo Observatório Europeu do Sul em 2009

Uma equipa internacional de cientistas conseguiu captar, com um grau de detalhe sem precedentes, rajadas de raios gama, a luz mais energética conhecida, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira pela revista “Nature”.

A pesquisa, liderada pela Universidade de Maryland (MUD), nos EUA, detectou essa emissão através do uso de telescópios espaciais e terrestres, e esses dados permitiram descrever com grande precisão um dos fenómenos astrofísicos mais enigmáticos.

As rajadas de raios gama podem durar entre poucos milésimos de segundos até aproximadamente um minuto, o que torna muito difícil o seu estudo.

A equipa de especialistas que batizou esta emissão de raios gama de “GRB160625B”, obteve detalhes chave sobre a sua fase inicial “rápida” de rajadas, bem como da evolução dos grandes jatos de matéria e energia gerados pelas primeiras explosões.

“As rajadas de raios gama são eventos catastróficos, vinculados às explosões de estrelas enormes, 50 vezes maiores que o nosso sol”, explica em comunicado Eleonora Troja, do departamento de astronomia da UMD.

Se fosse elaborada uma lista das explosões mais poderosas ocorridas no Universo, indica a especialista, as de raios gama estariam logo a seguir ao “Big Bang”.

“Numa questão de segundos, este processo pode emitir tanta energia como aquela que foi emanada por uma estrela do tamanho do nosso sol durante toda a sua existência. Estamos muito interessados em aprender como é que isto é possível”, apontou Eleonora.

Enquanto tentam desvendar todos os seus mistérios, os cientistas conseguiram as primeiras pistas sobre como é que as rajadas de raios gama evoluem e deixam de ser uma estrela moribunda e se transformam num buraco negro.

Os dados obtidos constatam que o buraco negro gera um forte campo magnético que, inicialmente, controla as citadas emissões de jatos de energia. Quando esse campo magnético desaparece, a matéria controla o processo e começa a dirigir a actividade dos jatos de energia.

Até agora, a maioria da comunidade científica acreditava que essas emissões de energia eram controladas pela matéria ou pelo campo magnético, mas nunca por ambos.

“Obtivemos provas sobre ambos os modelos, o que sugere que os jatos das rajadas de raios gama têm uma natureza dual, híbrida“, afirma Eleonora.

O estudo também aponta que a “radiação sincrotrónica” – produzida por eletrões acelerados no campo magnético da Via Láctea a velocidades próximas à da luz – é o motor da “rápida” fase inicial da explosão da “GRB160625B”, que se caracteriza pela sua extrema luminosidade.

“A radiação sincrotrónica é o único mecanismo de emissão que pode gerar o mesmo grau de polarização e o mesmo espectro que observamos no começo da rajada de raios gama”, acrescentou a cientista, que descartou assim os outros dois candidatos considerados até agora pelos astrónomos – a “radiação de corpos negros” e a “radiação inversa Compton”.

A primeira é resultado da emissão de calor por parte de um objeto, enquanto a segunda aparece quando uma partícula acelerada transfere energia a um fotão.

“O nosso estudo apresenta provas convincentes de que a fase inicial rápida das rajadas de raios gama é provocada pela radiação sincrotrónica. Esta é uma descoberta importante porque, apesar de décadas de investigações, o mecanismo físico que o gera não tinha sido identificado de maneira inequívoca”, destacou Eleonora.

ZAP // EFE

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas reverteram principal sintoma da esquizofrenia em camundongos

Um medicamento que está atualmente a ser desenvolvido para tratar a leucemia reverteu (em camundongos) um sintoma de esquizofrenia anteriormente intratável: o enfraquecimento da memória de trabalho. A memória de trabalho é um processo cerebral fundamental usado …

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …

Para os jovens refugiados, um telemóvel pode ser tão importante quanto comida ou água

Entre 2015 e 2018, mais de 200.000 jovens não acompanhados reivindicaram asilo na Europa. Muitos deles, agora na União Europeia, têm uma coisa em comum: os seus smartphones. Não são apenas ferramentas para entretenimento nem uma …

Cientistas observaram pela primeira vez porcos a usar ferramentas

Uma equipa de cientistas registou pela primeira vez uma família de javalis das Visayas, num jardim zoológico em Paris, a usar paus para cavar e construir ninhos. Os porcos não gostam só de chafurdar na lama …

Transição verde: o mundo tem muito a aprender com uma pequena cidade na Islândia

Uma pequena cidade no norte da Islândia tornou-se quase neutra em dióxido de carbono (CO2). Uma equipa de cientistas viajou até ao país insular nórdico para descobrir como podemos aprender com esta cidade. Atualmente, as cidades …

Adolfo Mesquita Nunes não será candidato à liderança do CDS

Adolfo Mesquita Nunes anunciou este domingo que não será candidato à liderança do CDS. A garantia foi deixada pelo próprio, na sua página pessoal de Facebook, depois de ter sido desafiado por António Pires de …

Afastado desde a noite eleitoral, Rui Rio volta para lançar suspeitas sobre a RTP

Afastado dos holofotes desde a noite eleitoral e sem dizer se se vai recandidatar à liderança do PSD, Rui Rio recorreu ao Twitter para comentar as suas suspeitas sobre a RTP. O líder social-democrata recorreu às …