Descoberto asteróide rico em carbono nos confins do Sistema Solar

(dr) ESO / M. Kornmesser

Ilustração artística do asteróide 2004 EW95

Uma equipa internacional de astrónomos descobriu pela primeira vez um asteróide rico em carbono, um dos elementos essenciais da vida, na Cintura de Kuiper, para lá da órbita de Neptuno.

Segundo o Observatório Europeu do Sul (OES), organização astronómica da qual Portugal faz parte, o asteróide 2004 EW95 “formou-se muito provavelmente” na cintura situada entre Marte e Júpiter e “depois foi lançado a milhares de milhões de quilómetros de distância”, fixando-se na Cintura de Kuiper.

A descoberta sustenta a tese de que a Cintura de Kuiper, uma região fria, “deverá conter uma pequena fração de corpos rochosos originários do Sistema Solar interno [zona mais perto do Sol], tais como asteróides ricos em carbono“.

A teoria sobre os primórdios do Sistema Solar refere que, depois de se terem formado, os gigantes gasosos – Júpiter, Saturno, Urano e Neptuno – ejetaram pequenos corpos rochosos das regiões internas para órbitas mais externas, mais afastadas do Sol.

A equipa de astrónomos, liderada por Tom Seccull, da Queen’s University Belfast, no Reino Unido, determinou a composição do asteróide medindo “o padrão de luz” refletido no corpo rochoso através de espectrógrafos do Telescópio Muito Grande (Very Large Telescope, VLT) do OES.

O trabalho, publicado na revista The Astrophysical Journal Letters, revelou-se um grande desafio para os cientistas, uma vez que o 2004 EW95 dista da Terra quatro mil milhões de quilómetros.

“Para além de se movimentar, o 2004 EW95 é também muito ténue“, explica Secull. “Tivemos de usar técnicas muito avançadas de processamento de dados para retirar a maior informação possível”.

Duas estruturas nos espectros do objeto eram particularmente notórias e correspondiam à presença de óxidos de ferro e filossilicatos. A presença destes materiais nunca tinha sido confirmada anteriormente num objeto da Cintura de Kuiper e sugere fortemente que 2004 EW95 se formou no Sistema Solar interior.

Outro dos autores do estudo, Thomas Puzia, da Universidade Pontifícia Católica do Chile, revela que a descoberta deste asteróide “foi um pouco como observar uma montanha de carvão gigante sobre o fundo negro do céu nocturno”.

“Dada a localização atual do 2004 EW95, nos confins gelados do Sistema Solar, podemos dizer que o objeto foi lançado para a sua órbita atual por um planeta migratório durante os primórdios do Sistema Solar”, conclui Secull.

“Apesar de já ter havido referências anteriores a outros espectros de objetos da Cintura de Kuiper ‘atípicos’, nenhuma foi confirmada com este nível de certeza,” comenta ainda Olivier Hainaut, astrónomo do ESO que não fez parte da equipa. “A descoberta de um asteróide do tipo C na Cintura de Kuiper é uma das verificações chave de uma das previsões fundamentais dos modelos dinâmicos do Sistema Solar primordial”.

ZAP // Lusa / CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Bebé nos EUA nasceu sem pele (e ainda não se sabe porquê)

Um bebé no Texas, nos EUA, nasceu sem pele na maior parte do seu corpo. Ja'bari Gray nasceu a 1 de janeiro e pesava apenas 1,4 quilogramas. O menino não tem pele na maior parte do …

Os donos de cães são mais felizes que os donos de gatos

O mundo está dividido em dois: amantes de cães e amantes de gatos. Um estudo acaba de revelar que os donos de cães são mais felizes do que os donos de felinos. Será que os donos …

Estávamos quase a perder um osso do joelho (mas afinal está de volta)

Algumas pessoas têm um osso extra no joelho, conhecido como fabela. Ninguém identificou um propósito para o osso, que até aumenta o risco de artrite. Não era uma surpresa que o osso estivesse a tornar-se cada …

Explosões em hotéis e igrejas no Sri Lanka fazem 200 mortos. Há um português entre as vítimas

Uma série de oito explosões simultâneas em quatro hotéis, um complexo de casas e três igrejas no Sri Lanka deixou pelo menos 207 mortos, entre os quais nove estrangeiros, e 469 pessoas feridas. Um dos …

Os ratos (também) têm sentimentos

Cientistas detetaram “neurónios-espelho” nos ratos. Quando um rato sofre, as células que o seu cérebro ativa são as mesmas do que quando vê um outro rato sofrer. A dor é partilhada e transversal, exatamente como …

Milhares de peregrinos vão a Shingo em busca de Jesus (que, diz a lenda, ali está enterrado)

Jesus não morreu aos 33 anos, mas aos 109. Casou e teve três filhas. Quem foi crucificado em Jerusalém foi o seu irmão. Estas são as crenças de um pequeno grupo de cristãos que vivem …

Os Simpsons fazem 30 anos a celebrar o seu dia internacional

A série sobre uma das famílias mais queridas da televisão mundial "Os Simpsons" vai fazer em dezembro 30 anos desde a sua estreia neste formato, mas as comemorações começam já esta sexta-feira com direito a …

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …