Assembleia de credores vota por unanimidade liquidação da Moviflor

moviflor.pt

A assembleia de credores da Moviflor votou esta quarta-feira “por unanimidade” a liquidação da cadeia de lojas de mobiliário portuguesa, disse à Lusa fonte do CESP – Sindicato dos Trabalhadores do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal.

A 18 de novembro, o tribunal tinha proferido a sentença de declaração de insolvência do devedor Albará, anteriormente denominada de Moviflor – Comércio de Mobiliário, empresa criada por Catarina Remígio em 1971, e agendou para ontem uma assembleia de credores.

De acordo com a sindicalista Célia Lopes, a assembleia de credores “votou por unanimidade” a liquidação da empresa proposta pelo administrador judicial Pedro Ortins de Bettencourt.

Na reunião, “foi também aprovada a comissão de credores que irá acompanhar a venda do património” da Moviflor, acrescentou a sindicalista.

“As Finanças, o Banif, o BCP e os representantes dos fornecedores e dos trabalhadores integram a comissão de credores”, afirmou Célia Lopes.

Questionada sobre qual o valor em dívida pela Moviflor, Célia Lopes disse que “a lista provisória de créditos é de 128 milhões de euros“.

Durante a assembleia de credores foram apresentados dados que apontam para indícios de gestão danosa, o que a ser provado poderá levar a que os acionistas da empresa sejam obrigados a pagar os créditos, avançou a mesma fonte.

Perante estes indícios, o juiz deu um prazo de 15 dias para que aqueles que tenham provas de gestão danosa as apresentem ao tribunal.

Célia Lopes adiantou que também o administrador judicial encontrou situações na Moviflor para as quais não tinha justificação, tendo conseguido, desde que foi nomeado, “travar alguns processos”.

A sindicalista sublinhou que estes indícios vão ao encontro das suspeitas do CESP, que já tinha apresentado queixa à Procuradora Geral da República (PGR) e à Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT).

Face ao encerramento das lojas da cadeia de mobiliário, “sem cumprir os imperativos legais”, o sindicato apresentou uma “denúncia à PGR e solicitou a intervenção da ACT “para averiguar as ilegalidades praticadas pela administração da Albará – ex-Moviflor”, segundo um comunicado do sindicato de dezembro.

Face a isto, a ACT confirmou “as violações da lei e direitos dos trabalhadores“, tendo feito um “levantamento de auto de notícia por falta de pagamento pontual de retribuições e elaboração do respetivo mapa de apuramentos”.

Também foi efetuada uma participação crime por existirem indícios de responsabilidade penal na PGR.

No final de setembro, a Moviflor tinha enviado uma mensagem de correio eletrónico aos seus trabalhadores a informar de que iria encerrar temporariamente as lojas a partir de 1 de outubro, depois de os trabalhadores terem reivindicado o pagamento dos salários em atraso, bem como subsídios e indemnizações, segundo o sindicato.

A 18 de novembro, segundo o anúncio do tribunal, “foi proferida sentença de declaração de insolvência do devedor Albará, anteriormente denominada Moviflor.

A Moviflor recorreu ao Processo Especial de Revitalização (PER) em maio de 2013 para tentar recuperar financeiramente, mas acabou por não cumprir este plano, ficando os trabalhadores sem receber os salários em dívida.

O PER homologado pelo Tribunal do Comércio de Lisboa a 17 de dezembro de 2013 previa a recuperação da Moviflor e o pagamento regular de salários, o que não aconteceu.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Rogério "Pipi", histórico jogador do Benfica

O ex-futebolista internacional português, que se evidenciou ao serviço do Benfica nas décadas de 40 e 50 do século passado, morreu este domingo, um dia depois de completar 97 anos. "Foi com profunda tristeza e pesar …

Milhares de manifestantes voltam às ruas de Hong Kong

A polícia de Hong Kong deteve, este domingo, onze pessoas e apreendeu várias armas, incluindo uma pistola, pouco antes do início de uma manifestação convocada para a cidade, para a qual se espera uma forte …

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …