As primeiras galáxias do Universo giravam com a Via Láctea

(dr) STScI / NASA / ESA

Os astrónomos olharam para trás no tempo, para uma época pouco depois do Big Bang, e descobriram gás turbulento em algumas das primeiras galáxias que se formaram no Universo. Estes “recém-nascidos” giravam como um redemoinho.

Uma equipa internacional liderada por Renske Smit do Instituto Kavli de Cosmologia da Universidade de Cambridge usou o ALMA (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array) para abrir uma nova janela no Universo distante e identificou galáxias normais de formação estelar num estágio muito inicial da história cósmica. Os resultados foram divulgados na revista Nature e foram apresentados na 231ª reunião da Sociedade Astronómica Americana.

A luz de objetos distantes leva tempo até chegar à Terra, de modo que a observação de objetos a milhares de milhões de anos-luz permite-nos olhar para trás no tempo e observar diretamente a formação das galáxias mais antigas.

No entanto, naquela época o Universo estava repleto de uma “neblina” obscura de hidrogénio neutro, o que torna difícil ver a formação das primeiras galáxias com telescópios óticos.

Smit e os colegas usaram o ALMA para observar duas pequenas galáxias recém-nascidas, como existiam apenas 800 milhões de anos após o Big Bang. Ao analisarem a “impressão digital” espectral da radiação infravermelha distante recolhida pelo ALMA, foram capazes de estabelecer a distância às galáxias e, pela primeira vez, ver o movimento interno do gás que alimentou o seu crescimento.

“Até à construção do ALMA, nunca tínhamos conseguido ver a formação de galáxias em tão grande detalhe e nunca tínhamos sido capazes de medir o movimento do gás em galáxias tão cedo na história do Universo”, afirma o coautor Stefano Carniani, do Laboratório Cavendish e do Instituto Kavli de Cosmologia, ambos de Cambridge.

Os cientistas descobriram que o gás nestas galáxias recém-nascidas rodava e girava num movimento parecido com o de um redemoinho, um movimento semelhante ao da nossa própria Galáxia e de outras galáxias mais maduras muito mais tarde na história do Universo.

Apesar do seu tamanho relativamente pequeno – cerca de cinco vezes mais pequenas que a Via Láctea – estas galáxias formavam estrelas a um ritmo maior do que outras galáxias jovens, mas os investigadores ficaram surpresos ao descobrir que as galáxias não eram tão caóticas quanto o esperado.

“No início do Universo, a gravidade fez com que o gás fluísse rapidamente para as galáxias, agitando-as e formando muitas estrelas novas – as violentas explosões de supernova dessas estrelas também tornaram o gás turbulento“, comenta Smit.

“Nós esperávamos que as galáxias jovens fossem uma ‘bagunça’ dinâmica, devido aos estragos provocados pela explosão de estrelas jovens, mas estas mini-galáxias mostram a capacidade de manter a ordem e parecem bem reguladas. Apesar do seu pequeno tamanho, já estão a crescer rapidamente para se tornarem em galáxias ‘adultas’ como a galáxia onde vivemos.

Os dados deste projeto sobre galáxias pequenas preparam o caminho para estudos maiores de galáxias durante os primeiros milhares de milhões de anos do tempo cósmico.

// CCVAlg

PARTILHAR

RESPONDER

Descoberta uma nova forma de poluição com plástico na Madeira

Investigadores do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE) descobriram na ilha da Madeira rochas com crostas de plástico que acreditam poder ser uma nova forma de poluição. Denominado "Plasticrusts" ou "plasticrosta" pela equipa …

Bilionários norte-americanos querem pagar mais impostos (e Soros é um deles)

Dezanove bilionários norte-americanos, incluindo George Soros, divulgaram uma carta onde pedem aos candidatos às presidenciais dos Estados Unidos de 2020 que seja aplicado um imposto sobre as famílias do país com as maiores fortunas. “Escrevemos para …

Em Lisboa ganha-se mais 450 euros do que no resto do país

Os salários na região da grande Lisboa no setor público são superiores à média nacional, segundo apontam dados da Segurança Nacional relativos a 2017. Os números, que são esta terça-feira avançados pelo Jornal de Notícias na …

Pais já não precisam de entregar prova escolar para receberem abono. Processo vai ser automático

Os pais dos alunos do ensino básico, secundário e superior vão deixar de ter de entregar a prova escolar necessária para atribuição do abono de família. O processo vai ser automático. A prova escolar exigida para …

Vários enjoos “anormais” a bordo dos novos aviões da TAP

Vários episódios "anormais" de má disposição, enjoos e vómitos foram registados bordo dos novos aviões da TAP Airbus A330neo nos últimos meses, escreve a TSF. De acordo com a rádio, que avança com a notícia …

GNR detém suspeitos que se fariam passar por enfermeiros para roubar idosos

Numa megaoperação levada a cabo pela GNR, foram detidos 13 suspeitos que se fariam passar por enfermeiros para roubar idosos. As rusgas estão a ser feitas em Lisboa e na Margem Sul. A Guarda Nacional Republicana …

Atrasos no Cartão de Cidadão. Governo culpa quem vai para a porta antes de abrir

A secretária de Estado da Justiça fala no "fenómeno" dos cidadãos que vão aos "mesmos serviços, à mesma hora" para pedir ou renovar o Cartão de Cidadão. Os problemas de atendimento nos registos para tratar do …

Irão acusa aliados de Trump de estarem "sedentos por uma guerra"

O Presidente dos EUA assinou esta segunda-feira um decreto que, referiu, impõe sanções "duras" dirigidas ao Guia Supremo do Irão, ayatollah Ali Khamenei, e círculo próximo, além de um reforço generalizado das medidas punitivas à …

Maternidade Alfredo da Costa só tem anestesistas para cinco dias de urgências em agosto

A Maternidade Alfredo da Costa (MAC) só tem anestesistas para cinco dias de urgências no mês de agosto, escreve o Público esta terça-feira.   De acordo com o matutino, que ouviu várias fontes, a Administração Regional …

Funcionários judiciais querem paralisar tribunais. Inspetores da PJ fazem ultimato

A paralisação de cinco dias alternados começa esta terça-feira e vai até 12 de julho. Os inspetoras da PJ dizem que também fazem greve se não obterem resposta da ministra até ao fim de semana. Esta …