Arqueólogos encontram 35 múmias de antigos egípcios em Aswan

Uma equipa de arqueólogos encontrou 35 múmias de antigos Egípcios num túmulo em Aswan, cidade no sul do Egito. O túmulo, escavado em pedra, continha corpos de homens, mulheres e crianças e ainda vários objetos.

O túmulo data do período Greco-romano (332 aC – 395 dC) e estava escondido atrás de uma parede de pedra, coberto em areia. Os arqueólogos, liderados por uma professora italiana da Universidade de Milão, encontraram as 35 múmias divididas em várias câmaras funerárias. O túmulo continha ainda estatuetas, máscaras, vasos com comida e ainda uma maca intacta feita de madeira e linho que terá sido utilizada para transportar os corpos.

“É uma descoberta muito importante porque acrescentámos algo à História de Aswan que estava em falta”, disse Patrizia Piacentini, a professora de egiptologia que liderou a investigação, citado pelo The Guardian.

Localizado na área do Mausoléu de Aga Khan, o túmulo pertencia a alguém chamado Tjt, segundo hieróglifos encontrados em caixões. A entrada estava selada por uma parede de pedra e uma escadaria conduzia às câmaras funerárias, revelou Ayman Ashmawy, chefe do Ministério de Antiguidades.

A câmara principal continha 30 múmias, incluindo corpos de crianças. Foram ainda detetados dois corpos que a equipa crê tratar-se de uma mãe e o seu filho. “Sabíamos da existência de túmulos e necrópoles que datavam do segundo e terceiro milénio, mas não sabíamos onde estava o povo que viveu a fase final da era dos faraós”, acrescentou a professora italiana. Aswan, na fronteira sul do Egito, “era uma cidade mercantil muito importante”, explicou ainda a líder da investigação.

A equipa encontrou também vasos com betume, material utilizado para a mumificação de corpos, máscaras decoradas e pintadas a ouro e papiro. Uma estatueta do pássaro Ba, parte ave, parte humano e que simboliza a alma dos mortos, consta também da lista de artefactos encontrados.

A escavação foi uma missão conjunta entre o Ministério de Antiguidades do Egito e a Universidade de Milão. As múmias serão estudadas, antes de voltarem a ser colocadas no túmulo, que foi protegido com portas de ferro e está a ser vigiado por três guardas. A missão italo-egípcia já detetou cerca de 300 túmulos na área do Mausoléu Aga Khan e escavou 25 destes locais nos últimos quatro anos.

Escavações noutros locais do Egito têm protagonizado descobertas semelhantes. Em fevereiro, foi descoberto um túmulo de faraós que continha 50 múmias, em Minya, no sul do Cairo. Em abril, dezenas de ratos mumificados foram descobertos entre outros animais numa sepultura em Sohag, também no sul do Cairo.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pedro Nuno quer tirar carros das estradas (e que viagens de avião com menos de 600 quilómetros desapareçam)

Esta segunda-feira, foi lançado o Plano Ferroviário Nacional (PFN) numa sessão pública organizada no LNEC-Laboratório Nacional de Engenharia Civil, que deverá estar concluído em março de 2022. Na apresentação, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, …

Estas formigas encolhem o cérebro para se tornarem rainhas

Cientistas descobriram que as formigas saltadoras indianas reduzem o tamanho do seu cérebro para terem a oportunidade de se tornarem rainhas (e que são capazes de reverter esta mudança quando é preciso). Há muito que …

O "fantasma" de Sócrates pairou no aniversário do PS, mas ninguém o mencionou

O secretário-geral do PS, António Costa, homenageou esta segunda-feira, dia do 48.º aniversário do partido, os primeiros 115 autarcas socialistas eleitos em 1976 e afirmou que os militantes do partido são mais importantes do que …

"Sem paralelo em qualquer outra experiência externa". Marcelo elogia reuniões no Infarmed

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considera que as reuniões do Infarmed, que juntam especialistas, líderes políticos e parceiros sociais, são realizadas “num quadro político e institucional sem paralelo em qualquer outra experiência …

Fotografia da NASA demonstra Teoria da Relatividade Geral de Einstein

O aglomerado Abell 2813 tem tanta massa que atua como uma lente gravitacional, fazendo com que a luz de galáxias distantes se curve à sua volta. A lente gravitacional acontece quando a massa de um objeto …

Astrónomos descobrem uma super-Terra perto de uma estrela gelada

Uma equipa de investigadores descobriu uma super-Terra a orbitar GJ 740, uma estrela anã fria localizada a cerca de 36 anos-luz do nosso planeta. Nos últimos anos, os cientistas têm levado a cabo uma busca exaustiva …

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …