A Grande Sinagoga da Lituânia foi derrubada pelos nazis e renasceu pelas mãos dos arqueólogos

Vilna Great Synagogue and Shulhoyf Research Project

A bimah, o centro de oração da Grande Sinagoga da Lituânia

Uma equipa internacional de arqueólogos descobriu a bimah – uma plataforma central de oração -, da Grande Sinagoga de Vilna, na Lituânia. A sinagoga judaica foi destruída pelos nazis, mas ainda restaram vestígios no interior da congregação. O espaço renasce agora pelas mãos dos arqueólogos.  

A descoberta é fruto do culminar de um projeto de 3 anos que tinha como objetivo escavar o antigo local, conhecido como a “Grande Sinagoga de Vilna”, apelido atribuído com base no nome antigo da cidade de Vilnius, a capital da Lituânia.

Os nazis destruíram muitas sinagogas judaicas durante a Segunda Guerra Mundial no entanto, a destruição da Grande Sinagoga de Vilna representou uma enorme perda. Durante centenas de anos – entre 1600 a 1940 –  esta sinagoga funcionou como centro espiritual da comunidade judaica em Vilnius, explicou Jon Seligman, o arqueólogo que lidera as escavações.

A sinagoga foi queimada durante a ocupação nazi, que decorreu entre 1941 e 1944, quando a maioria das dezenas de milhares de judeus que viviam em Vilnius foram assassinados, conta o arqueólogo.

Vilna Great Synagogue and Shulhoyf Research Project

A Grande Sinagoga da Lituânia após a destruição nazi

Depois da Segunda Guerra Mundial, quando a Lituânia fazia parte da União Soviética, a sinagoga em ruínas foi nivelada e depois reconstruida, funcionando primeiro como uma creche e depois como uma escola primária. Nos últimos anos, os arqueólogos estudaram o local com um georadar, na esperança de descobrir e estudar os remanescentes da famosa sinagoga.

E o projeto acabou por se mostrar um sucesso: durante as escavações, os investigadores encontraram a bimah da Grande Sinagoga, juntamente com alguns dos ladrilhos que cercam a plataforma, numa parte da estrutura que estava enterrada sob o escritório do diretor da escola, apontou Seligman.

A bimah era uma plataforma elevada no centro do edifício sagrado em forma de quadrado, onde eram lidas em voz alta passagens da Torá, o livro sagrado judaico.

Segundo Seligman, os congregantes teriam ficado maravilhados com esta estrutura. A bimah foi construída com tijolos verdes e castanhos, ao estilo do “barroco da Toscana”, muito popular na época em que foi construída a Grande Sinagoga, na década de 1630.

“Jerusalém do Norte”

O povo judeu começou a deslocar-se para Vilnius no século XIV, quando o rei da Lituânia lhes deu permissão para viver lá. Os arqueólogos estão agora a escavar o local que a comunidade judaica da cidade usou como sinagoga desde 1440.

Inicialmente, todos os edifícios da cidade eram construídos em madeira, incluindo a sinagoga. No entanto, em 1600, arquitetos oriunda de Itália e da Alemanha foram levados para a cidade de Vilnius para reconstruir toda a cidade em tijolo. Foi também nessa altura que a Grande Sinagoga foi construída.

Durante o século XVII, Vilnius atraiu muitos escritores e eruditos falantes de iídiche – língua germânica das comunidades judaicas da Europa Central e Ocidental -, o que deu à cidade o apelido de “Jerusalém do Norte”, disse Seligman.

As primeiras autoridades cristãs da Lituânia podem ter ajudado, mesmo sem saber, a proteger as partes inferiores da sinagoga da destruição completa no século XX.

“As autoridades exigiram que a sinagoga não fosse mais alta do que que as igrejas da cidade”, disse Seligman. Desta forma, o piso da Grande Sinagoga foi construído abaixo do nível do solo, permitindo assim que os arquitetos maximizassem a altura da câmara central para o interior sem quebrar a restrição imposta.

Esta característica na construção ajudou, por sua vez, a proteger os níveis inferiores da sinagoga, quando o espaço foi incendiado pelos nazis em 1941 e também na reconstrução da escola levada a cabo pelas autoridades soviéticas em meados dos anos 50.

O piso e a bimah da sinagoga foram encontrados a cerca de 3 metros abaixo do nível do solo, disse o líder da escavação.

Vilna Great Synagogue and Shulhoyf Research Project

Escavações na cidade de Vilnius, na Lituânia

Os 3 anos de escavações realizados no local da Grande Sinagoga em Vilnius contaram com a participação de arqueólogos lituanos, israelitas e norte-americanos. Os trabalhos arqueológicos foram pagos, na sua grande maioria, pelo Fundo Boa Vontade da Lituânia.

Segundo noticia a AFP, a bimah e os outros artefactos da Grande Sinagoga vão fazer parte de um memorial judaico a construir no local da antiga escola, fechada no ano passado.

“A escola será demolida dentro de dois anos e aí criaremos um local de respeito, onde vamos mostrar a rica herança judaica em 2023, quando Vilnius celebrar o seu 700º aniversário”, disse o presidente da cidade, Remigijus Simasius, em declarações à agência.

Seligman revelou ainda que outras partes da Grande Sinagoga encontradas nas recentes escavações incluíam dois banhos rituais, os mikvahs. E ainda há mais: os arqueólogos esperam localizar as paredes externas da sinagoga e escavar ao nível do solo, acrescentou.

PARTILHAR

RESPONDER

Resort da Tailândia processa norte-americano por causa de avaliação negativa no Tripadvisor. Arrisca dois anos de prisão

Um resort de uma ilha da Tailândia processou um norte-americano por causa de uma análise negativa no Tripadvisor. Se for considerado culpado, o homem pode ser condenado a até dois anos de prisão. Wesley Barnes …

Em 2020, o Ártico teve a segunda menor extensão de gelo já registada

A 15 de setembro de 2020, o gelo do mar Ártico atingiu a sua extensão mínima anual, a segunda menor já registada. A região do Ártico em geral está a aquecer três vezes mais depressa …

Assassinato em série por resolver. Vacas podem estar a pisar coalas até à morte

Afinal, as vacas podem não ser herbívoros inofensivos. Um novo estudo revela que estes animais podem estar a pisar - e a matar - coalas em toda a Austrália. Os coalas enfrentam muitas ameaças, mas raramente …

Em apenas dois dias, duas mulheres "dalit" morreram vítimas de violação na Índia

De acordo com a polícia local, uma segunda mulher dalit morreu na Índia após ter sido violada por dois homens. Outro caso semelhante aconteceu esta semana, depois de uma jovem de 19 anos, do mesmo …

A Casa Branca contratou para a NOAA cientistas que defendem que as mudanças climáticas "são uma mentira"

Funcionários do governo norte-americano terão abordado cientistas com historial de críticas regulares sobre as mudanças climáticas causadas pelo homem, aos quais foram propostos cargos de gestão na NOAA. Segundo especialistas citados pela E&E News, esta …

United quase pede para Dalot sair

Adeptos pensavam que o português nunca mais ia jogar pela equipa principal do Manchester United. Jogou na Taça da Liga e não convenceu. O Manchester United seguiu para os quartos-de-final para a Taça da Liga inglesa, …

Testemunhas revelam que agentes de inteligência dos EUA consideraram sequestrar (e envenenar) Assange

Testemunhas anónimas revelaram em tribunal que planos para envenenar ou sequestrar Julian Assange da embaixada do Equador foram discutidos entre fontes da inteligência dos Estados Unidos e uma empresa de segurança privada que espiou o …

"Assassino do Twitter" assume ter matado 8 mulheres que partilharam pensamentos suicidas

O caso está a chocar o Japão. Perante o Tribunal de Tóquio, Takahiro Shiraishi declarou-se culpado, após ter assassinado e esquartejado oito mulheres e um homem em 2017. O assassino conheceu as vítimas através da rede …

"Como me mudar para o Canadá?" É o que os norte-americanos querem saber depois do debate presidencial

Depois do debate presidencial ficar marcado por diversas interrupções e insultos entre os candidatos à Casa Branca, são muitos os americanos a sentirem-se tentados a abandonar o país, e já escolherem o destino: o Canadá. Ao …

"Não toleramos insultos": Equipa abandona jogo decisivo ao intervalo

Comentário sobre a homossexualidade de um futebolista antecipou o final de um jogo de futebol. A mesma equipa tinha protestado outro encontro devido a insulto racista. O jogo de futebol entre San Diego Loyal e Phoenix …