A Grande Sinagoga da Lituânia foi derrubada pelos nazis e renasceu pelas mãos dos arqueólogos

Vilna Great Synagogue and Shulhoyf Research Project

A bimah, o centro de oração da Grande Sinagoga da Lituânia

Uma equipa internacional de arqueólogos descobriu a bimah – uma plataforma central de oração -, da Grande Sinagoga de Vilna, na Lituânia. A sinagoga judaica foi destruída pelos nazis, mas ainda restaram vestígios no interior da congregação. O espaço renasce agora pelas mãos dos arqueólogos.  

A descoberta é fruto do culminar de um projeto de 3 anos que tinha como objetivo escavar o antigo local, conhecido como a “Grande Sinagoga de Vilna”, apelido atribuído com base no nome antigo da cidade de Vilnius, a capital da Lituânia.

Os nazis destruíram muitas sinagogas judaicas durante a Segunda Guerra Mundial no entanto, a destruição da Grande Sinagoga de Vilna representou uma enorme perda. Durante centenas de anos – entre 1600 a 1940 –  esta sinagoga funcionou como centro espiritual da comunidade judaica em Vilnius, explicou Jon Seligman, o arqueólogo que lidera as escavações.

A sinagoga foi queimada durante a ocupação nazi, que decorreu entre 1941 e 1944, quando a maioria das dezenas de milhares de judeus que viviam em Vilnius foram assassinados, conta o arqueólogo.

Vilna Great Synagogue and Shulhoyf Research Project

A Grande Sinagoga da Lituânia após a destruição nazi

Depois da Segunda Guerra Mundial, quando a Lituânia fazia parte da União Soviética, a sinagoga em ruínas foi nivelada e depois reconstruida, funcionando primeiro como uma creche e depois como uma escola primária. Nos últimos anos, os arqueólogos estudaram o local com um georadar, na esperança de descobrir e estudar os remanescentes da famosa sinagoga.

E o projeto acabou por se mostrar um sucesso: durante as escavações, os investigadores encontraram a bimah da Grande Sinagoga, juntamente com alguns dos ladrilhos que cercam a plataforma, numa parte da estrutura que estava enterrada sob o escritório do diretor da escola, apontou Seligman.

A bimah era uma plataforma elevada no centro do edifício sagrado em forma de quadrado, onde eram lidas em voz alta passagens da Torá, o livro sagrado judaico.

Segundo Seligman, os congregantes teriam ficado maravilhados com esta estrutura. A bimah foi construída com tijolos verdes e castanhos, ao estilo do “barroco da Toscana”, muito popular na época em que foi construída a Grande Sinagoga, na década de 1630.

“Jerusalém do Norte”

O povo judeu começou a deslocar-se para Vilnius no século XIV, quando o rei da Lituânia lhes deu permissão para viver lá. Os arqueólogos estão agora a escavar o local que a comunidade judaica da cidade usou como sinagoga desde 1440.

Inicialmente, todos os edifícios da cidade eram construídos em madeira, incluindo a sinagoga. No entanto, em 1600, arquitetos oriunda de Itália e da Alemanha foram levados para a cidade de Vilnius para reconstruir toda a cidade em tijolo. Foi também nessa altura que a Grande Sinagoga foi construída.

Durante o século XVII, Vilnius atraiu muitos escritores e eruditos falantes de iídiche – língua germânica das comunidades judaicas da Europa Central e Ocidental -, o que deu à cidade o apelido de “Jerusalém do Norte”, disse Seligman.

As primeiras autoridades cristãs da Lituânia podem ter ajudado, mesmo sem saber, a proteger as partes inferiores da sinagoga da destruição completa no século XX.

“As autoridades exigiram que a sinagoga não fosse mais alta do que que as igrejas da cidade”, disse Seligman. Desta forma, o piso da Grande Sinagoga foi construído abaixo do nível do solo, permitindo assim que os arquitetos maximizassem a altura da câmara central para o interior sem quebrar a restrição imposta.

Esta característica na construção ajudou, por sua vez, a proteger os níveis inferiores da sinagoga, quando o espaço foi incendiado pelos nazis em 1941 e também na reconstrução da escola levada a cabo pelas autoridades soviéticas em meados dos anos 50.

O piso e a bimah da sinagoga foram encontrados a cerca de 3 metros abaixo do nível do solo, disse o líder da escavação.

Vilna Great Synagogue and Shulhoyf Research Project

Escavações na cidade de Vilnius, na Lituânia

Os 3 anos de escavações realizados no local da Grande Sinagoga em Vilnius contaram com a participação de arqueólogos lituanos, israelitas e norte-americanos. Os trabalhos arqueológicos foram pagos, na sua grande maioria, pelo Fundo Boa Vontade da Lituânia.

Segundo noticia a AFP, a bimah e os outros artefactos da Grande Sinagoga vão fazer parte de um memorial judaico a construir no local da antiga escola, fechada no ano passado.

“A escola será demolida dentro de dois anos e aí criaremos um local de respeito, onde vamos mostrar a rica herança judaica em 2023, quando Vilnius celebrar o seu 700º aniversário”, disse o presidente da cidade, Remigijus Simasius, em declarações à agência.

Seligman revelou ainda que outras partes da Grande Sinagoga encontradas nas recentes escavações incluíam dois banhos rituais, os mikvahs. E ainda há mais: os arqueólogos esperam localizar as paredes externas da sinagoga e escavar ao nível do solo, acrescentou.

ZAP ZAP // Live Science

PARTILHAR

RESPONDER

A Cidade do México proibiu tampões menstruais com aplicador. Agora, as mulheres estão furiosas

A Cidade do México já tinha proibido outros objetos compostos por plástico, como é o caso de copos e palhinhas, mas agora foi mais longe e resolveu banir os tampões menstruais que contém aplicadores. No …

Benfica 2-0 Rio Ave | Águia volta a voar

O Benfica regressou às vitórias na Liga NOS, três jogos depois. A formação “encarnada” recebeu e venceu o Rio Ave por 2-0, com os dois golos apontados por Haris Seferovic e Pizzi numa segunda parte …

Criança de dois anos cai do 12º andar (mas acaba por ser salva por estafeta)

No passado domingo, em Honói, na capital do Vietname, um estafeta salvou a vida de uma criança de dois anos que caiu do 12° andar de um prédio. Nguyen Ngoc Manh é agora conhecido como …

Em França, livrarias e lojas de discos são agora "comércio essencial"

O decreto de lei do Governo francês, publicado na última sexta-feira, incluiu as livrarias e lojas de discos na lista do chamado "comércio essencial", podendo permanecer abertas em caso de confinamento. Em declarações à agência France-Presse, …

Icebergue maior que Nova Iorque parte-se perto de estação de investigação na Antártida

Um icebergue gigante partiu-se esta sexta-feira na plataforma de gelo de Brunt, na Antártida, perto de um posto de investigação do British Antartic Survey (BAS). O bloco de gelo, com 1.270 quilómetros quadrados, será ainda maior …

A Greenpeace está a atirar pedras gigantes para o Mar do Norte. Eis a razão

Na semana passada, a Greenpeace atirou pedras gigantes ao mar ao redor do Reino Unido. Esta ação faz parte do objetivo da organização de acabar com os barcos de pesca de arrasto no fundo do …

Deco avança para tribunal contra Apple por manipulação de desempenho dos iPhones 6

A Deco Proteste anunciou esta segunda-feira que avançou com uma ação judicial contra a Apple, acusando-a de práticas enganosas por ter manipulado os iPhones 6, 6 Plus, 6S e 6S Plus para se tornarem obsoletos …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: pouco Festival no FC Porto-Sporting

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/fc-porto-0-0-sporting-o-musical Está bem: Futebol Clube do Porto contra Sporting Clube de Portugal. Segundo classificado recebe o líder. Jogo que pode praticamente definir o novo campeão nacional de futebol. O encontro é naquele estádio junto ao centro …

Índia e Paquistão comprometem-se a respeitar cessar-fogo em Caxemira

Na quinta-feira, o Paquistão e a Índia alcançaram um acordo para fazer cumprir o cessar-fogo na região de Caxemira, reivindicada pelos dois países. A fronteira entre ambos é palco frequente de ataques que deixam soldados …

Governo quer rever norma da dádiva de sangue que exclui homossexuais

O Governo determinou, esta segunda-feira, a constituição de um grupo de trabalho para rever a norma que exclui dadores "por comportamento sexual". De acordo com o SAPO24, o Ministério da Saúde determinou a constituição de um …