Argélia pede à OPEP para travar queda dos preços do petróleo

Tribes of the World

Barack Obama cumprimenta ministros sauditas em Riade, 2009.

Barack Obama cumprimenta ministros sauditas em Riade, 2009.

O ministro da Energia da Argélia, Youcef Yousfi, apelou hoje à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) para diminuir a produção de forma a travar a queda dos preços e proteger os rendimentos dos seus membros.

“A OPEP deve intervir para corrigir os desequilíbrios, através do corte na produção para aumentar os preços e para defender os rendimentos dos seus países membros”, disse Youcef Yousfi, o ministro da Energia argelino, país em que o petróleo e o gás representam 95% das exportações.

Na semana passada, os ministros do Petróleo da Arábia Saudita e do Kuwait indicaram que os seus países não vão reduzir a produção de petróleo, mesmo que o preço do barril de petróleo desça até os 20 dólares.

Em declarações à agência APS, Youcef Yousfi explicou que a Argélia não pode partilhar a posição dos principais produtores de petróleo, que receiam que a redução da produção pela OPEP possa beneficiar os produtores não membros da organização.

Os preços do petróleo caíram para metade desde meados de junho, de 115 para 55 dólares por barril, devido ao efeito combinado do aumento da oferta, valorização do dólar e a quebra da produção, resultante da desaceleração da economia global.

Na Argélia, o petróleo é a principal fonte de receitas do Estado, representando cerca de 60% do orçamento.

O colapso do preço do petróleo já levou o Governo argelino a adotar um primeiro pacote de medidas de austeridade, congelando o recrutamento de funcionários.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …

Ryanair deixa de voar entre Porto e Lisboa em outubro (mas fica com base mais reduzida em Faro)

A transportadora aérea irlandesa Ryanair vai deixar de voar entre Porto e Lisboa a partir de 25 de outubro devido a “razões comerciais”. A confirmação foi dada pela empresa ao Jornal de Notícias. Em abril, a …

Frente-a-frente entre Costa e Rio teve menos 633 mil espectadores do que o debate entre Costa e Passos em 2015

O frente-a-frente entre António Costa e Rui Rio, os líderes dos dois maiores partidos, teve menos audiência do que o confronto de há quatro anos, entre António Costa e Pedro Passos Coelho. Cerca de de …

EDP condenada a multa de 48 milhões por abuso de posição dominante na produção de energia

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a EDP por abuso de posição dominante. A coima de 48 milhões de euros foi aplicada à EDP Produção por manipular a oferta de serviços de sistema que regula …

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no Ensino Superior não era tão alta

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no ensino superior não era tão alta. Relativamente aos alunos de cursos científico-humanísticos, a média dos colocados tem vindo a aumentar desde 2015, tendo atingido …

Futebolistas internacionais russos Kokorin e Mamayev saíram da prisão

Pavel Mamayev e Alexander Kokorin foram detidos depois de atacarem dois homens, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel, e um outro num café. Deixam a prisão por "bom comportamento". Os futebolistas internacionais russos …

Praga de baratas fecha refeitório do hospital Amadora-Sintra

Uma praga de baratas está a afetar o Hospital Amadora-Sintra, provocando sérios transtornos às centenas de trabalhadores desta unidade de saúde. O caso foi denunciado ao Correio da Manhã por funcionários e confirmado pelo hospital. A …

Singapura é a inesperada vencedora da crise em Hong Kong

A instabilidade política está a levar uma crescente instabilidade económica em Hong Kong. Quem beneficia com isto é a Singapura, que surge como alternativa no mercado asiático. Em Hong Kong, o duelo entre os manifestantes contra …

Irão pediu vistos aos EUA para ir à Assembleia Geral da ONU "há meses", mas nenhum foi entregue

O Presidente do Irão ainda não recebeu visto de entrada nos EUA, podendo estar em risco a participação de Hassan Rohani na Assembleia Geral das Nações Unidas, noticiou esta quarta-feira a agência de notícias estatal …

Livre: Aparecer nas sondagens é sair da "invisibilidade"

"Estarmos nas sondagens significa que nós estamos com altas hipóteses de eleger [deputados]", referiu na quarta-feira Joacine Katar Moreira, em declarações à agência Lusa, no Jardim Augusto Monjardino, em frente à Maternidade Alfredo da Costa …