Afinal, o Archaeopteryx era capaz de voar

saroy / Flickr

Os fósseis de Archaeopteryx estão incrustrados em lages de calcário

Embora o Archaeopteryx fosse capaz de bater as asas e voar, não possuía todas as adaptações das aves modernas. Esta é a conclusão de uma investigação que revela que esta dino-ave deveria voar como um faisão.

O Archaeopteryx já havia sido considerado a primeira ave e agora é considerado uma dino-ave, isto é, está na transição entre os dinossauros e as aves. No entanto, não se sabia se o voo do Archaeopteryx era como o das aves de hoje em dia.

Para responder a esta e muitas outras perguntas, uma equipa de cientistas fez uma análise a três exemplares de Archaeopteryx no Laboratório Europeu de Radiações Sincrotrão (ESRF), uma máquina de raios X em Grenoble, França.

Nesta análise ficou esclarecido que estas dino-aves tinham um voo ativo que lhes possibilitava percorrer distâncias, embora pequenas, e que seria diferente do voo das aves modernas, que estamos habituados a ver atualmente. Esta descoberta foi publicada esta terça-feira na Nature Communications e é a primeira prova de que seria um voador ativo.

Este grupo de dinossauros próximo das aves terá vivido no período do Jurássico, há cerca de 200 milhões a 140 milhões de anos, e habitado ambientes como matagais, lagoas e ilhas, situado no que é hoje a Baviera, na Alemanha.

Eram animais do tamanho de pombas grandes e, até ao final do século XX, o Archaopteryx foi considerado a “primeira ave”, ficando classificado na transição entre dinossauros e aves.

Segundo o Público, foi através da técnica de microtomografia, que faz a reconstituição dos fósseis em 3D, que foi possível visualizar o seu interior sem os danificar, com radiação dita de “sincrotão”, gerada por feixes de raios X.

Para desvendar alguns pormenores do voo do Archaopteryx, os cientistas tiveram em conta o úmero (no esqueleto do braço) e a ulna (no esqueleto do antebraço). Foram analisados quanto à quantidade de osso e à resistência da massa relativamente às forças de tração, presentes no voo.

Por último, compararam com um grupo de crocodilos, pterossauros e dinossauros – em que se incluíram as aves, e chegaram à conclusão que os ossos do Archaopteryx partilhavam adaptações do voo com as aves modernas.

Dennis Voeten, do ESRF e principal autor do trabalho, escreveu em comunicado que os cientistas perceberam “imediatamente que as paredes ósseas do Archaopteryx eram mais finas que as dos dinossauros terrestres mas pareciam-se muito com os ossos típicos das aves”.

Além disso, acrescenta, “os dados da análise demonstram que os ossos do Archaopteryx estão mais próximos de aves como o faisão, que ocasionalmente usam um voo activo  para ultrapassar barreiras ou evitar predadores, mas não das formas de planar e de deslizar de muitas aves de rapina e marinhas que são optimizadas para o voo duradouro”.

Os ossos tinham ainda uma baixa resistência à tracção e não tinham certas adaptações ao voo, como a escápula que as aves modernas têm e lhes permite alcançar um voo potente e duradouro. “Sugerimos ainda que o Archaopteryx deveria mover as asas mais para a frente e para cima, seguido de um movimento de costas para baixo”, explica.

Desta forma, o estudo dá-nos pistas sobre a evolução do voo dos dinossauros.”Sabemos agora que o Archaopteryx tinha já um voo activo há cerca de 150 milhões de anos, o que implica que o voo activo dos dinossauros se tenha desenvolvido ainda mais cedo”, diz Stanislav Bureš, da Universidade de Palacký, na República Checa, e autor do estudo.

“Agora fica nítido que o Archaopteryx é um representante da primeira onda de estratégias de voo dos dinossauros já extintos”, conclui.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Maionese está a salvar tartarugas após derrame de petróleo em Israel

Membros do Centro Nacional de Resgate de Tartarugas Marinhas de Israel estão a usar maionese para limpar as vias respiratórias de tartarugas que inalaram petróleo em alto-mar. Israel fechou este domingo as praias mediterrânicas dias após …

Itália investiga empresas de entrega de comida. Há estafetas tratados "como escravos"

Itália está a investigar as empresas de entrega de comida online, com um promotor a lamentar que os estafetas que fazem as entregas, muitos deles imigrantes, são praticamente tratados "como escravos". Procuradores de Milão avançaram que …

O IONIQ 5 é o novo carro elétrico da Hyundai (e é enorme entre eixos)

O ano 2021 vai ser promissor na apresentação e lançamento de carros elétricos no mercado mundial. Algumas marcas, como a Hyundai, têm produtos prontos para serem comercializados. Agora, a marca sul-coreana apresenta o IONIQ 5. Com …

Em Moscovo, qualquer um pode ser vacinado contra a covid-19 (e até ganha um gelado)

Em Moscovo, capital da Rússia, a vacina Sputnik V está disponível gratuitamente a qualquer pessoa que queira ser vacinada desde 18 de janeiro. Os interessados não precisam de agendar a toma e até ganham um …

As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos. Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: …

Liam Thorpe era prioritário na vacinação contra a covid-19 por ter 6,2 cm. Foi um erro

Liam Thorp, um homem de 32 anos sem comorbilidades, foi incorporado na lista de cidadãos prioritários para a vacinação contra a covid-19 no Reino Unido. Tudo por causa de um erro no sistema, que o registou …

Decisão de Lyon de retirar carne das ementas escolares gera protestos em França

A decisão temporária do presidente da Câmara de Lyon, membro do partido Europa Ecologia - Os Verdes, está a ser recebida com protestos em França. De acordo com o jornal The Guardian, Grégory Doucet decidiu retirar …

Roma 3-1 SC Braga | Minhotos despedem-se na Cidade Eterna

Portugal está sem equipas na Liga Europa 2020/21. O Sporting de Braga deslocou-se a Roma e perdeu por 3-1, terminando a eliminatória dos 16 avos-de-final com um agregado de 5-1, após a derrota por 2-0 …

Desenhe o seu próprio icebergue. Um site diz-lhe se flutua ou se vira

Joshua Tauberer criou um simulador de icebergues com o objetivo de demonstrar que a glacióloga Megan Thompson-Munson estava certa. "Um icebergue alongado não flutuaria de cabeça, mas de lado", disse a especialista na semana passada. A …

Divulgados vídeos que sugerem como poderão ser os primeiros óculos de Realidade Aumentada da Samsung

A Samsung tem falado de óculos de Realidade Aumentada (RA) há anos, tendo recentemente lançado um conjunto básico de óculos de projeção de imagem no palco CES 2020. Porém, nunca tinha sido visto a empresa …