Afinal, o Archaeopteryx era capaz de voar

saroy / Flickr

Os fósseis de Archaeopteryx estão incrustrados em lages de calcário

Embora o Archaeopteryx fosse capaz de bater as asas e voar, não possuía todas as adaptações das aves modernas. Esta é a conclusão de uma investigação que revela que esta dino-ave deveria voar como um faisão.

O Archaeopteryx já havia sido considerado a primeira ave e agora é considerado uma dino-ave, isto é, está na transição entre os dinossauros e as aves. No entanto, não se sabia se o voo do Archaeopteryx era como o das aves de hoje em dia.

Para responder a esta e muitas outras perguntas, uma equipa de cientistas fez uma análise a três exemplares de Archaeopteryx no Laboratório Europeu de Radiações Sincrotrão (ESRF), uma máquina de raios X em Grenoble, França.



Nesta análise ficou esclarecido que estas dino-aves tinham um voo ativo que lhes possibilitava percorrer distâncias, embora pequenas, e que seria diferente do voo das aves modernas, que estamos habituados a ver atualmente. Esta descoberta foi publicada esta terça-feira na Nature Communications e é a primeira prova de que seria um voador ativo.

Este grupo de dinossauros próximo das aves terá vivido no período do Jurássico, há cerca de 200 milhões a 140 milhões de anos, e habitado ambientes como matagais, lagoas e ilhas, situado no que é hoje a Baviera, na Alemanha.

Eram animais do tamanho de pombas grandes e, até ao final do século XX, o Archaopteryx foi considerado a “primeira ave”, ficando classificado na transição entre dinossauros e aves.

Segundo o Público, foi através da técnica de microtomografia, que faz a reconstituição dos fósseis em 3D, que foi possível visualizar o seu interior sem os danificar, com radiação dita de “sincrotão”, gerada por feixes de raios X.

Para desvendar alguns pormenores do voo do Archaopteryx, os cientistas tiveram em conta o úmero (no esqueleto do braço) e a ulna (no esqueleto do antebraço). Foram analisados quanto à quantidade de osso e à resistência da massa relativamente às forças de tração, presentes no voo.

Por último, compararam com um grupo de crocodilos, pterossauros e dinossauros – em que se incluíram as aves, e chegaram à conclusão que os ossos do Archaopteryx partilhavam adaptações do voo com as aves modernas.

Dennis Voeten, do ESRF e principal autor do trabalho, escreveu em comunicado que os cientistas perceberam “imediatamente que as paredes ósseas do Archaopteryx eram mais finas que as dos dinossauros terrestres mas pareciam-se muito com os ossos típicos das aves”.

Além disso, acrescenta, “os dados da análise demonstram que os ossos do Archaopteryx estão mais próximos de aves como o faisão, que ocasionalmente usam um voo activo  para ultrapassar barreiras ou evitar predadores, mas não das formas de planar e de deslizar de muitas aves de rapina e marinhas que são optimizadas para o voo duradouro”.

Os ossos tinham ainda uma baixa resistência à tracção e não tinham certas adaptações ao voo, como a escápula que as aves modernas têm e lhes permite alcançar um voo potente e duradouro. “Sugerimos ainda que o Archaopteryx deveria mover as asas mais para a frente e para cima, seguido de um movimento de costas para baixo”, explica.

Desta forma, o estudo dá-nos pistas sobre a evolução do voo dos dinossauros.”Sabemos agora que o Archaopteryx tinha já um voo activo há cerca de 150 milhões de anos, o que implica que o voo activo dos dinossauros se tenha desenvolvido ainda mais cedo”, diz Stanislav Bureš, da Universidade de Palacký, na República Checa, e autor do estudo.

“Agora fica nítido que o Archaopteryx é um representante da primeira onda de estratégias de voo dos dinossauros já extintos”, conclui.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Pandemia já matou quase tantos norte-americanos como a gripe espanhola

A covid-19 já matou quase tantos norte-americanos, no último ano e meio, como a gripe espanhola, entre 1918 e 1919, de acordo com dados esta terça-feira divulgados pela Universidade Johns Hopkins. Embora o aumento das novas …

Crónica ZAP - Linha de Fundo por Teófilo Fernando

Linha de Fundo: A sexta, a bonança e um festival de juventude

O pleno das águias, o regresso do campeão às vitórias e um dragão jovem com chama alta. As frases e os números da semana. Visto da Linha de Fundo. A prática de Darwin SL Benfica 3 …

Autoeuropa retoma hoje produção após paragem face à crise dos semicondutores

Falta de semicondutores tem sido uma constante, apesar da melhora da situação pandémica, face ao atraso dos países asiáticos no que concerne à vacinação, o que obriga à paragem das fábricas responsáveis pelo fabrico das …

Os smartphones avariam mal acaba a garantia? Portugal e a UE estão a lutar contra a obsolescência programada

As empresas criam os telemóveis para avariarem pouco depois de acabar a garantia - mas a União Europeia e várias associações estão a lutar contra o desperdício e a tentar proteger os direitos do consumidor. É …

Lava do vulcão de La Palma está a escorrer em direção ao mar aumentando o risco de gases tóxicos

O vulcão Cumbre Vieja na ilha de La Palma, nas Canárias, que entrou em erupção no domingo, tem uma nova boca eruptiva, o que obrigou a evacuar mais habitações, informaram as autoridades. De acordo como Plano …

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …