Apicultor perde 14 colmeias atacadas por vespa asiática

danelu / Flickr

Uma vespa asiática (Vespa velutina) ataca uma abelha

Uma vespa asiática (Vespa velutina) ataca uma abelha

Um apicultor de Darque, em Viana de Castelo, perdeu em cerca de duas semanas 14 colmeias atacadas por “enxames” de vespa asiática, num prejuízo de cerca de 1.500 euros, denunciou à Lusa o próprio.

“Elas são aos milhares. O barulho que fazem até mete medo. Das 20 colmeias que tinha no meu apiário só me restam seis, 14 foram à vida. São cerca de 1.500 euros de prejuízos, sem contar com o mel. Costumo produzir 300 quilogramas por ano, o que dá cerca de três mil euros que deixei de ganhar”, sustentou Álvaro Rocha.

Com um apiário há mais de cinco anos em Darque, na margem esquerda do rio Lima, Álvaro Rocha garantiu que este tipo de ataque às colmeias é inédito na região onde, adiantou, “a propagação da praga está totalmente descontrolada depois de um ano em que nada se fez para queimar os ninhos encontrados”.

“Elas nunca atacaram as colmeias nem as casas como agora. Estão a invadir tudo. Tenho conhecimento de produtores de fruta que têm tudo destruído porque as vespas estão perdidas”.

De acordo com dados da Associação Apícola Entre Minho e Lima (APIMIL), cada ninho pode albergar até 2.000 vespas e 150 fundadoras de novas colónias, que no ano seguinte poderão vir a criar pelo menos seis novos ninhos.

Segundo os apicultores, esta espécie, “mais agressiva“, faz com que as abelhas não saiam para procurar alimento por estarem sob ataque, enfraquecendo as colmeias, que acabam por morrer colocando em causa a produção de mel.

“Estou totalmente desolado e a pensar em desistir porque este ano nem vou tirar mel. Tenho quase 300 colmeias vazias para aumentar a produção mas sendo assim vou acabar com tudo. Não vale a pena lutar. Isto dá muito trabalho, são muitas horas e noites perdidas e o Governo não quer ajudar”, afirmou o apicultor de Darque.

Vespa velutina

A vespa asiática ou velutina como também é conhecida, é maior e mais agressiva do que a espécie autóctone nacional e foi introduzida na Europa através do porto de Bordéus, em França, em 2004, tendo alastrado até agora por todo o país.

Os primeiros indícios da sua presença em Portugal surgiram em 2011, mas a situação só se agravou a partir do final do ano seguinte e depois de se instalar também no norte de Espanha.

Na semana passada, os bombeiros municipais de Viana do Castelo destruíram dois ninhos de vespa asiática na freguesia urbana de Meadela.

Contactado pela Lusa, um dos dois apicultores que alertaram as autoridades queixou-se na ocasião de estar a ser “violentamente” atacado pelas vespas asiáticas que lhe matam “cerca de 500 abelhas por dia“.

“Nas armadilhas que coloquei em volta do meu apiário, em dois dias, apanhei 225 vespas asiáticas“, sustentou.

O secretário de Estado da Alimentação e Investigação Agro-Alimentar, Nuno Brito, disse a semana passada à Lusa que o Governo está a preparar uma revisão do plano de combate à vespa asiática implementado em 2013.

A atual estratégia tem sido alvo de críticas das autoridades locais face à indefinição sobre quem tem competência para travar esta praga.

Já em julho passado a Câmara de Viana do Castelo exigiu ao Governo “uma clarificação urgente de quem deve coordenar e quais os meios a afetar” no combate à praga da vespa asiática.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Rio vence segunda volta. Líder reeleito quer "estabilidade, lealdade e unidade"

O presidente social-democrata, Rui Rio, afirmou hoje que espera poder “trabalhar com estabilidade e lealdade”, recusou que o PSD esteja “partido” e vincou estar “a iniciar o momento para marcar a unidade” no partido. O líder …

Gatos não se importam de comer pessoas mortas (e há um estudo que mostra como o fazem)

Uma nova investigação analisou como é que dois gatos selvagens se alimentaram de cadáveres humanos. Os animais mostraram preferência por corpos específicos ao longo de vários dias. No Forensic Investigation Research Station, no estado norte-americano do …

"Árvores dinossauro". Bombeiros australianos conseguiram salvar floresta pré-histórica

Os bombeiros australianos conseguiram salvar dos incêndios uma floresta com árvores pré-históricas localizada no sudeste do país, anunciou o Governo. Em causa estão árvores da espécie Wollemia nobilis, vulgarmente conhecidas como Pinheiro de Wollemi, que se …

Príncipe Harry e Meghan renunciam aos títulos da realeza

O Palácio de Buckingham anunciou, este sábado, um acordo em que o príncipe Harry e a sua mulher renunciaram aos respetivos títulos, abandonando os deveres enquanto membros seniores da família real do Reino Unido e …

Polaris Slingshot chega ao mercado com um sistema de transmissão inovador

A nova versão do Polaris Slingshot vem equipado com um sistema de transmissão que mescla a condução do manual com o conforto do automático. Para quem não conhece o Polaris Slingshot, apresentado pela primeira vez em …

Turistas estão a invadir Hallstatt, a aldeia austríaca que terá inspirado "Frozen"

Considerado Património Mundial pela UNESCO desde 1997, Hallstatt, na Áustria, possui apenas 778 moradores e tem uma sequência de casas em estilo alpino. Em 2010, antes do lançamento do primeiro filme da Disney, "Frozen", a cidade …

Teerão vai enviar caixa negra do avião abatido para a Ucrânia

O Irão vai enviar para a Ucrânia as gravações da caixa negra do avião ucraniano que abateu acidentalmente, na semana passada, para que sejam sujeitas a análises adicionais. Hassan Rezaeifer, chefe de investigações de acidentes do …

António Folha já não é treinador do Portimonense

O treinador apresentou a demissão do comando técnico do Portimonense, este sábado, depois de perder na deslocação ao lanterna-vermelha Desportivo das Aves, por 3-0. "Antes de me fazerem qualquer pergunta sobre o jogo, queria transmitir que …

Há pombos cowboys em Las Vegas (e voluntários estão a tentar salvá-los)

Por alguma razão, alguém decidiu colar chapéus vermelhos minúsculos de cowboy em pombos de Las Vegas, nos Estados Unidos. Agora, a equipa do Lofty Hopes Pigeon Rescue está a tentar salvá-los. Há uma missão para resgatar …

Youtube encaminha milhões de utilizadores para desinformação climática

Os algoritmos do YouTube estão a encaminhar milhões de utilizadores de vídeos de empresas para a desinformação sobre as alterações climáticas, através de serviços de publicidade online, de acordo com uma investigação da comunidade virtual …