Descoberto primeiro animal que não precisa de oxigénio para viver

(dr) Stephen Douglas Atkinson

Henneguya salminicola

Respirar oxigénio é uma característica fundamental dos animais multicelulares, mas os cientistas acabam de descobrir, pelo menos, um que não precisa de o fazer para sobreviver.

É muito provável que tenha aprendido que todos os organismos multicelulares precisam de oxigénio para viver. No entanto, um animal recém descoberto mostra que esta afirmação não está completamente correta. O artigo científico foi publicado no dia 24 de fevereiro na Proceedings of the National Academy of Sciences.

Segundo Dorothee Huchon, da Universidade de Tel Aviv, em Israel, o animal em causa “perdeu a capacidade de respirar oxigénio“. Para os cientistas, ainda é um mistério como é que este animal – um parasita geralmente encontrado no salmão – obtém a energia necessária para viver sem recorrer ao oxigénio.

Pensa-se que todas as plantas e animais usam oxigénio para criar uma espécie de combustível chamado trifosfato de adenosina (ATP), que alimenta os processos celulares. A geração de ATP a partir do oxigénio ocorre em estruturas conhecidas como mitocôndrias.

Cada mitocôndria tem o seu próprio genoma minúsculo que é separado do genoma principal no núcleo celular. Mas quando Huchon e a sua equipa sequenciaram o ADN de Henneguya salminicola, pensaram de imediato que haviam cometido um erro por não terem encontrado qualquer ADN mitocondrial.

Estudos posteriores confirmaram a descoberta: quando a equipa corou H. salminicola com um corante azul fluorescente que se liga ao ADN, não era visível qualquer material genético nas células fora do núcleo. Isto significa que, apesar de as células de H. salminicola terem estruturas que se parecem com mitocôndrias, elas não conseguem produzir as enzimas necessárias para usar o oxigénio para produzir ATP.

“Estas não são verdadeiras mitocôndrias”, explica Huchon, citada pelo New Scientist.

Isso significa que H. salminicola é um animal multicelular capaz de sobreviver inteiramente sem oxigénio. “Há muitos animais capazes de sobreviver durante longos períodos sem oxigénio, mas nenhum que consiga sobreviver durante um ciclo inteiro de vida“, resume Nick Lane, da University College London, no Reino Unido.

Pelo menos, nada confirmado. Em 2010, Roberto Danovaro, da Universidade Politécnica de Marche, na Itália, relatou que um grupo de pequenos animais, chamados loricíferos, que vivem em sedimentos no fundo do mar, não tinham mitocôndrias visíveis quando observados ao microscópio.

No entanto, outros biólogos dizem que são necessários estudos genómicos para confirmar que os loricíferos perderam mesmo a capacidade de respirar oxigénio.

Os cientistas desconhecem o motivo pelo qual H. salminicola perdeu essa mesma capacidade. À medida que estes parasitas se movem ao longo do seu ciclo de vida, eles passam a viver dentro de um hospedeiro, local onde também teriam que se contentar com praticamente nenhum oxigénio.

O hospedeiro de H. salminicola nunca foi identificado, mas, segundo os investigadores, é provável que também viva em sedimentos com níveis muito baixos de oxigénio.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Para os cientistas, ainda é um mistério como é que este animal – um parasita geralmente encontrado no salmão – obtém a energia necessária para viver sem recorrer ao oxigénio.” (…)

    “O hospedeiro de H. salminicola nunca foi identificado”

    Afinal, nunca foi identificado ou é o salmão?

RESPONDER

Dois candidatos a estivadores para o Porto de Lisboa intimidados por encapuzados

 Dois candidatos a emprego numa empresa do setor da estiva foram abordados por cerca de 8 pessoas encapuzadas que se identificavam como antigos estivadores da AETPL. Na terça-feira passada, dois candidatos a emprego numa empresa do …

Russo mata a tiro cinco vizinhos por causa de barulho durante quarentena

A polícia deteve no sábado à noite um russo de 32 anos, por alegadamente atirar e matar cinco vizinhos que estavam a fazer barulho durante a quarentena. Segundo reportou no domingo o Moscow Times, o incidente …

Costa é o líder europeu que melhor nota recebe pela gestão da pandemia

O primeiro-ministro português surge no topo da confiança dos cidadãos no que se refere à resposta dada pelos Governos de Portugal, Espanha, França, Itália, Reino Unido e Alemanha à crise de Covid-19. António Costa recebe …

Bill Gates alerta: "Podem surgir epidemias piores do que esta"

Bill Gates lança um novo alerta ao dizer que, no futuro, pode surgir uma epidemia pior do que a do novo coronavírus. No entanto, acredita que, nessa altura, o mundo estará mais preparado. Numa conferência do …

Banca foi além do que definiu o Governo. Marcelo diz-se motivado e tranquilo

Depois de ter estado reunido por teleconferência com representantes da banca, Marcelo Rebelo de Sousa falou aos portugueses, a partir do Palácio de Belém, para dizer que saiu com um "estado de espírito motivado por …

França prepara-se para enfrentar a pior recessão desde o pós-guerra

A pandemia da covid-19 vai provocar, este ano, em França, a maior recessão económica desde o final da Segunda Guerra Mundial em 1945, declarou o ministro da Economia francês, Bruno Le Maire. O ministro francês Bruno …

Costa designa cinco secretários de Estado para a coordenação regional do combate à pandemia

O primeiro-ministro designou cinco dos seus secretários de Estado para a coordenação da execução aos níveis local e regional das medidas de combate à pandemia da covid-19 no âmbito da declaração de estado de emergência. António …

Salvini quer igrejas abertas na Páscoa. Bispos recusam

Matteo Salvini quer que as igrejas estejam abertas ao público esta Páscoa, mas os bispos recusam e apelam à responsabilidade. O líder da extrema-direita em Itália, Matteo Salvini, defendeu este domingo que as igrejas devem estar …

Quarentena leva cada vez mais portugueses aos casinos online

Numa altura em que a maior parte da população está em quarentena, é cada vez maior o número de pessoas que aproveita a reclusão para explorar o mundo das  apostas online - e um bom …

PSD propõe alargamento do lay-off, reforço das linhas de crédito e redução do IMI

O PSD anunciou, esta segunda-feira, as propostas económicas para fazer face ao impacto do novo coronavírus. O plano "tem um custo adicional de 300 milhões de euros ao que o Governo se propõe investir". Rui Rio …