Anders Breivik vai recorrer para o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos

thespeakernews / Flickr

Anders Breivik, homicida de extrema-direita que matou 77 pessoas na Noruega

Anders Breivik, homicida de extrema-direita que matou 77 pessoas na Noruega

O autor dos ataques de Oslo de 2011 vai recorrer para o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, anunciou o advogado, depois de o Supremo Tribunal norueguês recusar um recurso sobre as condições em que está detido.

O neonazi de 38 anos, cujos ataques fizeram 77 mortos, tinha recorrido ao Supremo de uma decisão tomada em março de absolver o Estado norueguês da acusação de sujeitar o extremista a condições de detenção “desumanas”.

A decisão do Supremo é irreversível e não passível de recurso. Imediatamente depois do anúncio do Supremo, o advogado do extremista anunciou que vai recorrer para o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos.

“Vamos para Estrasburgo”, disse o advogado Oystein Storrvik, referindo-se ao Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, com sede naquela cidade francesa. “Estávamos preparados para que a nossa queixa não fosse para a frente nos tribunais noruegueses”, acrescentou.

Breivik queixou-se à justiça das condições de detenção, alegando que o regime de isolamento que lhe é aplicado é “desumano”.

Em março, um tribunal decidiu que “Breivik não é, nem foi, sujeito a tortura ou a tratamento desumano ou degradante” e que o regime de isolamento se justifica pelo perigo que representa para a sociedade e pela violência a que podia ser sujeito por outros prisioneiros.

Vestido de polícia, em julho de 2011, Breivik matou a tiro 69 pessoas, a maioria delas jovens, num acampamento do Partido Trabalhista na ilha de Utoya. Pouco antes, um carro que tinha armadilhado e que estacionou junto a um edifício governamental explodiu, matando oito pessoas.

Em agosto de 2012, Breivik foi condenado a 21 anos de prisão, que podem ser prolongados indefinidamente.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Confesso que este indivíduo põe à prova com alguma brutalidade a minha forte convicção de que não deve haver pena de morte.

RESPONDER

Seis enfermeiros infetados e cirurgias canceladas no hospital de Beja

O hospital de Beja detetou esta quinta-feira seis enfermeiros do bloco operatório infetados com Covid-19 e cancelou algumas cirurgias programadas por questões de segurança, disse à agência Lusa a presidente da Unidade Local de Saúde …

Reformas na função pública subiram para 43% (e um quinto são professores)

Mais de 6.500 trabalhadores das administrações públicas aposentaram-se na primeira metade deste ano, o que representa um crescimento de 43% face ao mesmo período de 2019. A maioria das saídas deriva de áreas como a …

“Arma de diagnóstico”. Teste que distingue covid-19 de outras infeções respiratórias chega a Portugal

A Unilabs vai disponibilizar um teste que permite “diferenciar o novo coronavírus de outros tipos de infeções respiratórias sazonais”, auxiliando os clínicos a realizarem diagnósticos mais precisos. “A ideia era tentarmos ter uma ferramenta de diagnóstico …

Jovem de 23 anos morre baleada em ação da PSP. Polícias vão alegar legítima defesa

Uma jovem de 23 anos morreu, na madrugada de quinta-feira, na sequência de ferimentos causados por uma arma de fogo, após uma intervenção policial em São João da Madeira. A mulher, de 23 anos, morreu na …

PS recua nas petições e propõe 7.500 assinaturas para ultrapassar veto de Marcelo

O PS vai avançar com uma proposta de alteração que coloca nos 7.500 o número de assinaturas necessário para que uma petição seja discutida na Assembleia da República.  O objetivo do PS é contornar o veto …

Rui Rangel endividava-se, teve execuções fiscais e contas penhoradas

Rui Rangel teve vários processos de execução fiscal por falta de pagamentos de impostos e até contas penhoradas. Era o seu alegado testa-de-ferro que o ajudava a regularizar os pagamentos. Era comum o ex-juiz Rui Rangel …

Todos os dias, 500 famílias pedem à EDP para pagarem a luz em prestações

Desde o início da pandemia até ao fim de agosto, 500 famílias pediram diariamente ajuda à EDP para pagarem a fatura da luz em prestações. De acordo com o Jornal de Notícias, que avança a notícia …

Nem a DGS nem a Segurança Social sabem o número real de infetados em lares

O Governo tem vindo a dizer que os lares de idosos são uma “prioridade total” em plena pandemia, mas não conhece o problema em detalhe. A DGS conta que sejam mais de 4.700 infetados, mas …

Quatro feridos com arma branca junto à antiga redação do Charlie Hebdo

Quatro pessoas foram esta sexta-feira feridas, duas das quais com gravidade, com armas brancas em Paris, junto ao edifício da antiga redação do jornal satírico Charlie Hebdo, anunciou a polícia da capital de França. Dois dos …

Das 2.500 camas prometidas para universitários, só 300 estão disponíveis

Apesar das garantias dadas pelo Governo, há menos de 300 novas camas em residências estudantis para o ano letivo que arranca agora. No início do ano passado, o Governo anunciou o Plano Nacional para o Alojamento …