Álcool em excesso afeta de forma diferente cérebro de homens e mulheres

O consumo alcoólico excessivo e prolongado durante a adolescência e juventude afeta o desenvolvimento cerebral, causando alterações visíveis em electroencefalograma, e traduz-se, de forma diferente, nos cérebros de homens e mulheres, com mais alterações funcionais nos primeiros.

O congresso anual do colégio Europeu de Neuropsicofarmacologia, começou esta segunda-feira e continua até terça-feira, em Paris. Ali foram apresentadas duas conclusões de um estudo realizado por cientistas finlandeses. Além do consumo continuado de álcool causar alterações visíveis em electroencefalograma, essas alterações divergem em homens e mulheres.

Há mais alterações na atividade elétrica do cérebro nos homens do que nas mulheres, devido ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas”, começa por explicar Outi Kaarre, a investigadora do Hospital da universidade de Kuopio e uma das autoras do estudo.

Os resultados mostram que existem alteração elétricas e químicas no cérebro, com especial relevância para o neurotransmissor GABA e os seus recetores neuronais de dois tipos diferentes: A e B.

Nas mulheres, o consumo excessivo de álcool afeta apenas os recetores de tipo A, nas mulheres, enquanto que os homens, veem os dois tipos de recetores serem afetados. No entanto, segundo os investigadores, ainda não é possível determinar com clareza como é que esta nova conclusão pode ser interpretada o o que implica.

De acordo com Outi Kaarre, “o GABA é um neurotransmissor fundamental, que está envolvido na inibição de muitos dos sistemas e funções cerebrais e que tem um papel importante, por exemplo, nas perturbações de ansiedade e de depressão. Este neurotransmissor tem um efeito de diminuir, ou acalmar a atividade cerebral”.

No estudo foram analisadas 27 pessoas, das quais 11 eram homens e 16 mulheres, com idades compreendidas entre os 23 e os 28 anos e um historial de 10 ou mais anos de consumo excessivo de álcool.

Todos tinham alterações nos electroencefalograma, depois de aplicada estimulação magnética transcaniana, que estimula a atividade neuronal. Sujeitos da mesma idade e sem esse historial não apresentaram essas alterações.

Estudos feitos em animais mostraram entretanto que o recetor GABA-A está associado a padrões de menor consumo de álcool, enquanto o GABA-B está mais presente no processo cerebral ligado ao desejo de beber.

Por isso, a equipa finlandesa acredita que os resultados “podem ser a porta para um possível mecanismo que explique as diferenças entre homens e mulheres” em relação ao consumo de álcool.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Mas isso já não é novo, toda a gente sabe. O álcool transforma diferentemente homens e mulheres. Os homens com excesso de álcool tornam-se burros e as mulheres vacas.

RESPONDER

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …

Huawei afirma que a tecnologia 6G vai estar disponível daqui a 10 anos

O CEO da Huawei, Ren Zhengfei, assinalou, durante uma entrevista à CNBC, que a sua empresa está a trabalhar em redes móveis 6G, que estarão completamente desenvolvidas daqui a 10 anos.   "Trabalhámos em 5G e 6G …