A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

Para chegar a esta conclusão, os cientistas utilizaram dados atmosféricos de 19 exoplanetas par obter medições detalhadas de suas propriedades químicas e térmicas.

A investigação abarcou uma grande diversidade de exoplanetas, que foram desde os chamados mini-Neptunos (quase 10 massas terrestres) aos super-Júpiteres (mais de 600 mais terrestres). Também as temperaturas eram muito diversificadas, indo dos quase 20 graus Celsius até a mais de 2.000 graus Celsius.

Os cientistas concluíram que, apesar de o vapor de água ser um elemento comum na atmosfera de muitos do exoplanetas em estudados, as suas quantidades eram surpreendentemente menores do que o esperado, explicam os cientistas em comunicado.

No que respeita a outros elementos, as quantidades encontradas nos exoplanetas estão em linha com as expectativas e estimativas da comunidade científica.

“Estamos a observar os primeiros sinais de padrões químicos em mundos extraterrestres e vemos o quão diversos estes podem ser em termos de composições químicas”, disse Nikku Madhusudhan, o cientista que liderou o projeto.

Água em 14 dos 19 mundos estudados

A equipa de cientistas relatou ter encontrado vapor de água em 14 dos 19 planetas estudados. Seis planetas tinham abundância de potássio e outros seis de potássio.

Os resultados sugerem que há um esgotamento de oxigénio em relação aos outros elementos, podendo este fenómeno fornecer pistas sobre como é que estes exoplanetas se formaram sem acumular quantidades substanciais de gelo.

“É incrível ver uma abundância de água tão baixa na atmosfera de uma grande variedade de planetas que orbitam uma variedade de estrelas”, disse Luis Welbanks, autor principal do estudo, citado na mesma nota de imprensa.

“Medir a abundância destes produtos químicos em atmosferas exoplanetárias é algo extraordinário, uma vez que ainda não conseguimos fazer o mesmo com os planetas gigantes do nosso Sistema Solar, como é o caso de Júpiter”, rematou.

De acordo com a nova investigação, cujos resultados foram esta semana publicados na revista científica The Astrophysical Journal Letters, este foi o estudo mais extenso já levado a cabo sobre composições químicas e atmosféricas de planetas para lá do Sistema Solar.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

O mar interno da misteriosa Encélado "grita" habitabilidade

Uma equipa de especialistas desenvolveu um novo modelo geoquímico que revela que o dióxido de carbono do interior de Encélado, lua de Saturno que abriga um oceano, pode ser controlado através de reações químicas no …

Os Simpsons podem ter previsto o surto do novo coronavírus da China

A série de televisão animada "Os Simpsons" é conhecida por ter feito profecias que, com o passar do tempo, se tornaram mesmo realidade. Agora, os fãs do programa parecem ter encontrado um episódio que prediz …

Identificada nova espécie de dinossauro que viveu há mais de 150 milhões de anos

Paleontólogos identificaram, nos Estados Unidos, uma nova espécie de dinossauro do género dos alossauros, que viveu há mais de 150 milhões de anos. A espécie, que tem o nome de Allosaurus jimmadseni, foi identificada a partir …

Escorpião com 436 milhões de anos foi dos primeiros animais a pisar a Terra

Cientistas descobriram um escorpião com 436 milhões de anos que terá sido um dos primeiros animais da Terra a migrar dos habitats aquáticos para os terrestres. Foram encontrados dois fósseis da espécie num antigo mar tropical …

Bruno de Carvalho disposto a liderar SAD do Sporting com Varandas

O ex-presidente do Sporting admitiu, esta sexta-feira, estar disposto a liderar a SAD do clube, mesmo com Frederico Varandas como presidente. No seu comentário semanal na Rádio Estádio, Bruno de Carvalho disse estar disposto a regressar …

A Inteligência Artificial teria resolvido o mistério da fuga de Alcatraz

Um programa de Inteligência Artificial (IA) poderia ter resolvido o mistério da fuga dos irmãos irmãos John e Clarence Anglin e Frank Morris da prisão de Alcatraz, que foi considerada uma das mais seguras dos …

Mais de 30 militares dos EUA ficaram com lesões cerebrais após ataque iraniano

Mais de 30 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque iraniano na base militar de Ain al-Assad, no Iraque. 34 militares norte-americanos ficaram com lesões cerebrais traumáticas na sequência do ataque levado …

Homem que torturou suspeitos de planear o 11 de setembro diz que o voltaria a fazer

James Mitchell torturou os cinco suspeitos de terem planeado o ataque de 11 de setembro de 2001. Em tribunal, disse que não tem remorsos e que o voltaria a fazer. James Mitchell foi o psicólogo responsável …

Belenenses e Belenenses SAD chegam a acordo para suspender ações judiciais

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta sexta-feira, que foi alcançada uma suspensão das ações judiciais entre o Belenenses e a Belenenses SAD. Em comunicado publicado na sua página oficial, a FPF informou que o …

Amazon quer que os clientes paguem com as mãos

A gigante tecnológica Amazon quer que os  clientes comprem e efetuem o pagamento com um aceno da mão em vez de passar um cartão numa máquina. De acordo com o Wall Street Journal, que cita fontes …