Agricultura em Marte pode tornar-se uma realidade graças a inovação

Cultivar plantações em Marte pode tornar-se uma realidade graças a um catalisador criado por uma equipa de investigadores, que remove o perclorato, um composto químico perigoso.

Popular o planeta vermelho é uma ambição de longa data dos humanos. No entanto, as condições inóspitas de Marte tornam fazem deste sonho um desafio complicado. Para uma colónia de humanos se estabelecer a longo prazo em Marte será necessário cultivar alimentos.

A superfície do planeta está repleta de perclorato, um composto químico altamente perigoso, que pode causar problemas graves na tiroide e nos pulmões. Retirá-lo de água potável e comida envolve técnicas complexas que podem exigir temperaturas e condições extremas.

Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu um catalisador que simplifica o processo de remoção do perclorato e destrói 99% do contaminante em temperatura e pressão ambiente. De acordo com um estudo publicado no Journal of the American Chemical Society, o catalisador pode ser usado para “purificação de água e exploração espacial”.

O catalisador recorre a micróbios anaeróbicos, organismos que vivem em ambientes pobres em oxigénio. Alguns deles podem sobreviver recolhendo átomos de oxigénio dentro do perclorato, consequentemente decompondo o poluente.

Segundo a Vice, os micróbios podem ser cultivados para fazer este trabalho em reatores industriais, mas pode levar semanas ou meses para garantir a estabilidade de funcionamento neste processo.

O catalisador pode ser usado para quebrar o perclorato em concentrações inferiores a um miligrama por litro até dez gramas por litro, o que significa que pode ser usado em muitos contextos, desde o tratamento de águas subterrâneas até à desintoxicação do solo marciano.

Os investigadores foram capazes de desintegrar rapidamente o perclorato em água a temperatura ambiente. Noutro estudo publicado na revista ACS Catalysis, os investigadores mostraram ainda que o metal precioso rénio pode melhorar a estabilidade e a autossustentabilidade do catalisador.

Os dois estudos fornecem protótipos de tecnologias que podem agilizar o processo de remoção de perclorato aqui na Terra e em futuras missões humanas a Marte.

“De momento, estamos a trabalhar nalgumas formulações de catalisadores mais avançadas”, realçou Jinyong Liu, coautor do estudo, em declarações à Vice. “Seguimos a mesma estratégia de design, mas fizemos mais modificações na estrutura para que ela possa sobreviver em condições ainda mais adversas”.

Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Agora só falta o gado, e o gado estão todos animados aonde vai um, vão todos, mais imagino que para levar esse gado todo pra cima lá marte a terrinha dos marcianos vai ser trabalhoso, o frete e a gasolina do foguete da NASA deve ser muito muito caro e de graça nem enjeção na testa, a não ser que eles coloquem no foguete que queima gasolina mágica no suposto(vácuo) uma carroceria nele, ai daria para levar a todos, numa viajada só…

RESPONDER

NASA regressa a Vénus para perceber se o planeta já foi habitável no passado

A NASA está a regressar a Vénus para aprender como é que o planeta se tornou um deserto quente e venenoso — e se o planeta já foi habitável no passado. A NASA está finalmente a …

"Sonho que se tornou pesadelo". Fernando Santos admite mudanças no onze

O selecionador Fernando Santos disse hoje que Portugal vai carimbar a passagem aos ‘oitavos’ de final do Euro2020 e admite fazer mudanças na equipa para o encontro da derradeira jornada do Grupo F, com a …

Cientistas descobriram dois novos tipos de células cerebrais em ratos

Cientistas descobriram dois novos tipos de células gliais, um tipo de células do sistema nervoso central que dá suporte ao cérebro, em ratos. De acordo com o site EurekAlert!, investigadores da Universidade de Basileia, na Suíça, …

As bactérias intestinais podem influenciar a gravidade de um AVC

Uma equipa de investigadores da Cleveland Clinic, nos Estados Unidos, descobriu uma nova associação cérebro-intestino que está a surpreender a comunidade científica. Os resultados do estudo mostram como um metabólito produzido por bactérias intestinais pode amplificar …

O icónico Tamagotchi está de volta, mas desta vez em forma de smartwatch

No ano em que se celebram os 25 anos do Tamagotchi, surge uma nova versão do icónico brinquedo. O Smart é um Tamagotchi na forma de um relógio inteligente, para se usar no pulso. O …

Rã com olhos vermelhos descoberta no Equador. Chama-se Led Zeppelin

Os seus olhos vermelhos cativaram os investigadores, que decidiram batizar de Led Zeppelin uma nova espécie de rã terrestre descoberta no Equador. A Pristimantis ledzeppelin foi descoberta pelos equatorianos David Brito e Carolina Reyes, cientistas do …

Itália 1 - 0 País de Gales | “Azzurri” vencem mas galeses apuram-se

Imparável! Com o apuramento para os “oitavos” já no bolso, a Itália entrou em campo com nada mais, nada menos do que oito mexidas em relação à equipa que tinha iniciado o último jogo, frente …

Casa de banho do século XII encontrada em bar de tapas em Sevilha

Recentemente, um grupo de trabalhadores encontrou uma casa de banho do século XII dentro de um bar de tapas espanhol. A descoberta está a ajudar a perceber como era a vida em Sevilha na época. No …

Suíça 3 - 1 Turquia | Seferovic e Shaqiri “abrem o livro”

A Suíça venceu de forma categórica a Turquia por 3-1, afastou os turcos da prova e terminou o Grupo A no terceiro lugar, com quatro pontos, esperando agora pelo final da fase de grupos para …

Presidente eleito do Irão promete governo "revolucionário e anticorrupção"

O Presidente eleito do Irão, o clérigo ultraconservador Ebrahim Raissi, prometeu hoje formar um governo "trabalhador, revolucionário e anticorrupção", aludindo ao estrito cumprimento dos princípios do sistema teocrático do país. Num comunicado, Raissi apresentou-se como “um …