África oficialmente declarada livre de poliomielite

RIBI Image Library / Flickr

Imunização contra a poliomielite

O ‘poliovírus selvagem’, correntemente designado de poliomielite, foi oficialmente declarado como erradicado do continente africano, após décadas de esforços para tentar controlar a doença que afeta sobretudo crianças com menos de cinco anos, gerando paralisia que em muitos casos é irreversível.

O anúncio foi feito pela Comissão Regional para a Certificação da Erradicação da Poliomielite, um organismo independente. Atualmente, apenas dois países evidenciam infetados com o “poliovírus selvagem”: Afeganistão (29 casos em 2020) e Paquistão (58 casos).

África foi declarada livre de poliomielite quatro anos depois da deteção dos últimos casos no nordeste da Nigéria, uma região devastada pelo conflito contra os jihadistas do grupo Boko Haram.

Numa cerimónia transmitida virtualmente, durante a reunião virtual da 70.ª sessão do comité regional da OMS para a África, os membros da Comissão Regional para a Certificação da Erradicação da Poliomielite apresentaram o certificado devidamente assinado. O documento atesta que a região está livre da transmissão do poliovírus.

“Graças aos esforços mobilizados pelos governos, profissionais de saúde e comunidades, mais de 1,8 milhões de crianças foram salvas desta doença”, declarou a Organização Mundial de Saúde em comunicado, sublinhando que o facto de África ter ficado livre de poliomielite é uma uma etapa crucial na erradicação da doença no mundo.

A diretora regional da OMS para África, Matshidiso Moeti, disse que este é “um exemplo do poder da solidariedade”. “É uma das maiores honras da minha vida presidir a esta cerimónia”, afirmou Moeti, ressalvando que “a batalha ainda não acabou”. Por seu lado, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que este é “um dia de celebração e esperança”.

“Reunimo-nos para nos regozijarmos por um sucesso histórico na saúde pública. Este feito histórico só foi possível devido ao poder da parceria”, disse Ghebreyesus, recordando o empenho de Nelson Mandela, que se envolveu no combate a esta doença, tal como o fez em relação a outras doenças.

“Um futuro sem poliomielite pode ter parecido uma vez impossível. Mas, nas palavras de Nelson Mandela, quando as pessoas estão determinadas, podem ultrapassar tudo“, acrescentou.

Mandela foi igualmente recordado pelo Presidente da Nigéria, o último país a assistir à erradicação da poliomielite em África, que se congratulou pelo feito, afirmando que este é de uma grande importância, “não só para os nigerianos, mas para todos os africanos”.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Elefantes encontrados mortos numa reserva florestal. Envenenamento pode ser a causa

As autoridades estão a tentar perceber de que forma é que os 18 elefantes selvagens asiáticos morreram no nordeste da Índia. Os elefantes, que incluíam cinco filhotes, foram encontrados mortos na reserva florestal protegida de Kondali, …

"Máxima segurança". Porto de Lisboa com protocolo de segurança para receber cruzeiros

A administração do Porto de Lisboa assinalou este domingo o regresso do movimento de passageiros de cruzeiros a partir desta segunda-feira, com o levantamento das restrições ao desembarque de passageiros em viagens não essenciais, sublinhando …

”Terrível engano”. Programa do Governo para incentivar regresso dos emigrantes exclui as ilhas

O Programa Regressar, criado em 2019 pelo Governo da República para incentivar o regresso dos emigrantes ao país, descrimina os Açores e a Madeira. O Governo prolongou os apoios (que podem chegar aos 7679 euros por …

Relatório alerta que parte da produção de painéis solares depende da exploração de uigures

A região de Xinjiang, na China, evoluiu nas últimas duas décadas e tornou-se num importante centro de produção para muitas das empresas que fornecem ao mundo as peças necessárias para a construção de painéis solares. No …

Morreu a atriz brasileira Eva Wilma. Tinha 87 anos

A atriz de brasileira Eva Wilma morreu este sábado aos 87 anos no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde estava internada desde abril devido a um cancro de ovário. A artista tinha sido internada a …

Marcelo quer descentralizar poder para regionalizar bazuca europeia

Marcelo Rebelo de Sousa quer desconcentrar poderes do Estado central para as comissões de coordenação e desenvolvimento regio­nal (CCDR), já a pensar na execução dos milhões que vão chegar de Bruxelas. A perspetiva do Chefe de …

Humanos mudam os ecossistemas com fogo há quase 100 mil anos

Um novo estudo mostra que os humanos têm mudado o ambiente em que vivem recorrendo ao fogo há pelo menos 92 mil anos. Ao chegar a novas terras, os humanos usaram o fogo para as mudar …

Catarina Martins considera “absurda” proposta de reforma das Forças Armadas

A coordenadora do BE, Catarina Martins, considerou a proposta de reforma das Forças Armadas feita pelo Governo “absurda” e de “absoluta submissão à NATO”. “A proposta do Governo é absurda, é uma proposta que centraliza decisões, …

Egito abre fronteira com Gaza. EUA deixam aviso a Israel (e UE reúne de emergência)

O Egito abriu este sábado a fronteira terrestre com Gaza e enviou 10 ambulâncias para o enclave palestiniano para transportar para os hospitais egípcios palestinianos que ficaram feridos nos bombardeamentos israelitas, indicaram responsáveis médicos. Segundo o …

Cientistas identificam novo tipo de resposta ao stress desencadeada pela condução

Toda a gente conhece a sensação física de quando estamos num carro a acelerar. Mas poucos sabem o que isso pode estar a fazer ao nosso corpo. De acordo com o site Science Alert, cientistas investigaram …