Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores – ainda que demorem mais tempo a lá chegarem.

O estudo de uma década foi conduzido pelo biólogo de peixes do Instituto Australiano de Ciência Marinha (AIMS) Mark Meekan, que trabalhou com uma equipa de cientistas no Recife de Ningaloo, da Austrália Ocidental, durante 11 temporadas de 2009 a 2019.

As suas descobertas revelaram que, enquanto os tubarões-baleia machos cresciam mais rapidamente, a sua taxa de crescimento eventualmente estabilizava-se, dando um comprimento adulto médio entre cerca 8 a 9 metros. Em comparação, as fêmeas cresceram mais devagar, mas continuaram a crescer durante mais tempo, dando-lhes um comprimento adulto médio de cerca de 14 metros.

O estudo registou também indivíduos com 18 metros de comprimento.

“Isto é absolutamente enorme, mais ou menos do tamanho de um autocarro dobrável numa rua da cidade”, disse Meekan, em comunicado divulgado pelo EurekAlert. “Mas, embora sejam grandes, estão a crescer muito, muito lentamente. São apenas cerca de 20 ou 30 centímetros por ano.”



A equipa monitorizou o crescimento de 54 tubarões-baleia ano a ano, possível graças às manchas exclusivas dos tubarões-baleia, que são impressões digitais que podem ser usadas para identificar indivíduos. Os investigadores gravaram mais de 1.000 comprimentos de tubarões-baleia usando câmaras de vídeo estéreo montadas numa estrutura subaquática operada pelo cientista marinho do AIMS, Brett Taylor.

“São basicamente duas câmaras instaladas num quadro que se empurra quando está debaixo de água”, explicou Taylor. “Funciona da mesma forma que os nossos olhos, por isso pode-se calibrar as duas gravações de vídeo e obter uma medição muito precisa do tubarão.”

De acordo com Meekan, o estudo é o primeiro a provar que os tubarões-baleia machos e fêmeas crescem de forma diferente.

“Só foi encontrada um tubarão-baleia fêmea grávida e tinha 300 crias dentro dela“, disse. “Esse é um número notável, a maioria dos tubarões teria apenas algo entre duas e uma dúzia. Portanto, essas fêmeas gigantes provavelmente estão a ficar grandes por causa da necessidade de carregar muitos crias.”

Por outro lado, a descoberta é um motivo de preocupação para os conservacionistas, uma vez que esses peixes ameaçados correm um risco maior de sofrer danos antes de serem capazes de se reproduzir, uma vez que demoram cerca de 30 anos para atingir a maturidade.

Este estudo foi publicado este mês na revista científica Frontiers in Marine Science.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PCP insiste que Governo vá “mais longe” e baixe o preço da energia

O PCP insistiu esta terça-feira que o Governo não se deve ficar pelo “não aumento” dos preços da energia, mas sim ir “mais longe”, intervindo para baixar estes valores, apontando que o executivo tem instrumentos …

Amnistia Internacional acusa farmacêuticas de recusar aumento da oferta de vacinas

Quando faltam 100 dias para o fim de 2021, a organização não governamental apela às farmacêuticas que forneçam dois mil milhões de vacinas a 82 países com rendimento baixos e médio-baixos, no sentido de se …

Lituânia avisa cidadãos para não comprarem telemóveis chineses devido à censura dos dispositivos

A tensão continua a aumentar entre a Lituânia e a China. O país europeu está agora a recomendar aos cidadãos que não comprem telemóveis chineses porque os dispositivos censuram alguns termos. O Ministério da Defesa da …

Talibã nomeiam enviado afegão para a ONU - e pedem para falar com líderes mundiais

Os talibã pediram para falar com os líderes na Assembleia Geral das Nações Unidas, a acontecer esta semana em Nova Iorque, e nomearam o seu porta-voz, Suhail Shaheen, a viver em Doha, como embaixador na …

"Erros" no currículo. Raquel Varela perdeu "apoio" para bolsa de 4 mil euros e leva caso a tribunal

A investigadora Raquel Varela está envolvida numa polémica depois de ter perdido o apoio do Instituto de História Contemporânea, no âmbito de um concurso a fundos públicos, devido a alegados "erros" no currículo. A notícia …

Nem com a maternidade o PS segura Coimbra. Sondagem dá vantagem ao PSD, numa corrida apertada

Na semana das autárquicas, uma sondagem aponta para que o PSD consiga roubar a Câmara de Coimbra ao PS, apesar da corrida estar apertada. A corrida autárquica em Coimbra tem sido uma das mais quentes da …

Após gestos obscenos, ministro da saúde brasileiro testa positivo à covid-19 em Nova Iorque

Governante brasileiro ficará em isolamento em Nova Iorque, enquanto a restante comitiva continua com as reuniões bilaterais. Perante a notícia divulgada pelo governo brasileiro, espera-se, agora, uma reação dos porta-vozes dos países cujos líderes se …

FBI confirma que corpo encontrado é de Gabby Petito. "Homicídio", diz médico legista

O FBI anunciou que o corpo encontrado no domingo, num parque natural de Wyoming, nos EUA, é de Gabrielle Petito, a jovem cujo desaparecimento cativou a atenção do mundo. Análise preliminar confirmou que os restos mortais …

Maioria dos candidatos para Porto e Lisboa admite criar zonas com menos carros nas cidades

Um inquérito da associação ambientalista Zero apurou as propostas dos candidatos às autarquias de Lisboa e Porto sobre a redução do uso de carros e os incentivos à mobilidade sustentável. No âmbito do dia Europeu sem …

Racismo: Alonso não se ajoelha. "É adulto e tomou a sua decisão"

Treinador do Chelsea comentou a decisão do espanhol, que deixou de se ajoelhar antes dos jogos do campeão europeu. Há alguns meses que, antes de cada jogo da Premier League, todos os jogadores e árbitros se …