Afinal, os tubarões-baleia macho não são os maiores peixes dos oceanos

Um novo estudo revela que, afinal, os tubarões-baleia machos não são os maiores peixes do oceano. As fêmeas crescem continuamente muito depois de os machos pararem, atingindo tamanhos maiores – ainda que demorem mais tempo a lá chegarem.

O estudo de uma década foi conduzido pelo biólogo de peixes do Instituto Australiano de Ciência Marinha (AIMS) Mark Meekan, que trabalhou com uma equipa de cientistas no Recife de Ningaloo, da Austrália Ocidental, durante 11 temporadas de 2009 a 2019.

As suas descobertas revelaram que, enquanto os tubarões-baleia machos cresciam mais rapidamente, a sua taxa de crescimento eventualmente estabilizava-se, dando um comprimento adulto médio entre cerca 8 a 9 metros. Em comparação, as fêmeas cresceram mais devagar, mas continuaram a crescer durante mais tempo, dando-lhes um comprimento adulto médio de cerca de 14 metros.

O estudo registou também indivíduos com 18 metros de comprimento.

“Isto é absolutamente enorme, mais ou menos do tamanho de um autocarro dobrável numa rua da cidade”, disse Meekan, em comunicado divulgado pelo EurekAlert. “Mas, embora sejam grandes, estão a crescer muito, muito lentamente. São apenas cerca de 20 ou 30 centímetros por ano.”

A equipa monitorizou o crescimento de 54 tubarões-baleia ano a ano, possível graças às manchas exclusivas dos tubarões-baleia, que são impressões digitais que podem ser usadas para identificar indivíduos. Os investigadores gravaram mais de 1.000 comprimentos de tubarões-baleia usando câmaras de vídeo estéreo montadas numa estrutura subaquática operada pelo cientista marinho do AIMS, Brett Taylor.

“São basicamente duas câmaras instaladas num quadro que se empurra quando está debaixo de água”, explicou Taylor. “Funciona da mesma forma que os nossos olhos, por isso pode-se calibrar as duas gravações de vídeo e obter uma medição muito precisa do tubarão.”

De acordo com Meekan, o estudo é o primeiro a provar que os tubarões-baleia machos e fêmeas crescem de forma diferente.

“Só foi encontrada um tubarão-baleia fêmea grávida e tinha 300 crias dentro dela“, disse. “Esse é um número notável, a maioria dos tubarões teria apenas algo entre duas e uma dúzia. Portanto, essas fêmeas gigantes provavelmente estão a ficar grandes por causa da necessidade de carregar muitos crias.”

Por outro lado, a descoberta é um motivo de preocupação para os conservacionistas, uma vez que esses peixes ameaçados correm um risco maior de sofrer danos antes de serem capazes de se reproduzir, uma vez que demoram cerca de 30 anos para atingir a maturidade.

Este estudo foi publicado este mês na revista científica Frontiers in Marine Science.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Austeridade ajudou a conter efeitos da pandemia. Crise será um "choque", mas vai "criar oportunidades"

A crise pandémica "será um choque para as economias", mas "os choques podem criar oportunidades". A análise é do economista Ricardo Reis, professor da London School of Economics, que também salienta como as políticas de …

Em abril, o vírus matava 6 vezes mais do que agora. Mas estes números podem mudar em breve

O número de infetados já bateu recordes durante o mês de outubro, mas o mesmo não de pode dizer em relação ao número de mortos. O dia com mais óbitos em Portugal ocorreu a 3 …

Orçamento não reflete "trabalho notável" dos profissionais de saúde, diz bastonário

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães, considera que a proposta de Orçamento do Estado para 2021 não corresponde às "expectativas dos profissionais de saúde e dos portugueses" nem investe no Serviço Nacional …

Trump tem uma conta bancária na China (e andou uma década a tentar investir no país)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, é detentor de uma conta num banco chinês, e há vários anos que tenta implementar negócios no país. Donald Trump passou uma década a tentar investir na China, onde …

Ricardo Pereira revela segredo para o FC Porto derrotar o City

A jogar em Inglaterra há três anos, Ricardo Pereira conhece bem o próximo adversário do FC Porto na Liga dos Campeões. O internacional português deu alguns conselhos à equipa portista. Ricardo Pereira está a cumprir a …

OE em duodécimos deixa 2.700 milhões de estímulo orçamental em suspenso

A hipótese de haver um Orçamento em duodécimos em 2021 está em cima da mesa. Se tal acontecer, há pelo menos 2.700 milhões de estímulo orçamental que não chegarão à economia. Se o Orçamento do Estado …

Grupo Luz Saúde foi o que mais faturou com a pandemia

O Grupo Luz Saúde faturou quase 40 milhões de euros com a venda de material à Direção-Geral da Saúde (DGS), a hospitais e até a autarquias. A GLSMed Trade, do grupo Luz Saúde, foi a empresa …

Pinto da Costa: "Varandas fará um grande serviço quando se dedicar à medicina"

Manchester City, Luís Filipe Vieira e Frederico Varandas foram alguns dos temas abordados por Pinto da Costa numa recente entrevista ao Porto Canal. Em entrevista ao Porto Canal, Pinto da Costa fez a antevisão ao encontro …

Espanha pondera recolher obrigatório em todo o país. Esperam-se semanas "muito difíceis"

Salvador Illa, ministro da saúde de Espanha, referiu que o governo está a estudar um recolhimento obrigatário no país, como forma de travar a propagação do novo coronavírus que nos últimos dias tem feito infetado …

Algarve pode consagrar Lewis Hamilton como piloto mais vitorioso de sempre

O Autódromo Internacional do Algarve está a caminho de ver a consagração do piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) como o piloto mais vitorioso de sempre da Fórmula 1, no domingo, no Grande Prémio de Portugal. Depois …