ADN que era considerado “lixo” permite mudar o sexo com que nascemos

Uma equipa de cientistas retirou em ratinhos macho uma parte do ADN que não comanda o fabrico de qualquer proteína e verificou que os animais desenvolveram ovários em vez de testículos.

Uma equipa de cientistas retirou uma pequena região de ADN não codificante a ratinhos macho e verificou que os animais desenvolveram ovários em vez de testículos. O artigo científico foi publicado, esta sexta-feira, na revista Science.

Os cientistas envolvidos no estudo concluíram que se os mamíferos tiverem a proteína SOX9, codificada pelo gene Sox9, em dose suficiente desenvolverão testículos. “A quantidade de SOX9 produzida inicialmente é controlada pela proteína SRY que é codificada pelo gene Sry, que se localiza no cromossoma Y”, lê-se num comunicado sobre o trabalho.

“Esta é a razão pela qual os machos, que têm um cromossoma X e outro Y, normalmente desenvolvem testículos, enquanto as fêmeas, que têm dois cromossomas X, não.”

Em experiências com embriões de ratinhos macho, os cientistas removeram geneticamente uma parte do ADN não codificante chamada “amplificador 13” que se situa a meio milhão de bases de distância do gene Sox9, explica o Público. Verificou-se assim que esses animais desenvolveram ovários, órgãos genitais femininos internos.

Nitzan Gonen, do Instituto Francis Crick, referiu que, “tipicamente, muitas das regiões dos amplificadores trabalham juntas para estimular a expressão dos genes, sem que nenhum amplificador tenha um efeito enorme”. Só neste estudo, a equipa conseguiu identificar um único amplificador que tem muito poder na hora do desenvolvimento sexual.

“O nosso estudo também evidencia o importante papel do ADN não codificante que alguns ainda referem como ADN ‘lixo’. Se um único amplificador consegue ter este impacto na determinação do sexo, outras regiões não codificantes poderão ter efeitos consideráveis semelhantes”, diz o investigador.

Cerca de 98% do ADN humano é composto por ADN não codificante, ADN esse que não codifica qualquer proteína. Por esse motivo, este tipo de ADN era considerado como ‘lixo’. No entanto, atualmente sabe-se que tem um papel preponderante no controlo de atividade dos genes.

Este estudo poderá ajudar a explicar por que motivo as pessoas com cromossomas XY, e que têm em falta um grande fragmento de ADN nesta região do genoma, desenvolvem órgãos sexuais femininos.

“Pensamos que o amplificador 13 é, provavelmente, relevante nos distúrbios do desenvolvimento sexual nos humanos e potencialmente poderá ser usado para ajudar a diagnosticar algumas dessas causas”, conclui Robin-Lovell Badge, do Instituto Francis Crick e um dos autores do artigo.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

NASA detetou (e mediu) o primeiro choque interplanetário

A Multiscale Magnetospheric Mission (MMS) da agência espacial norte-americana conseguir fazer as primeiras medições de um choque interplanetário. Em comunicado, a NASA explica que os choques interplanetários são um tipo de choque sem colisão, no …

Quem ganhou a Segunda Guerra Mundial? Aliados e Eixo dizem que foram eles próprios

Em média, tanto os cidadãos de países dos Aliados como cidadãos de países do Eixo dizem que foram eles mesmos os vencedores da Segunda Guerra Mundial. Se perguntarmos a qualquer um dos poucos veteranos remanescentes da …

Norte-americano passou 30 anos na prisão por erro. Vai ser indemnizado em 10 milhões

Um norte-americano que há 30 anos foi erradamente condenado a 57 anos de prisão por violação e roubo vai agora receber uma indemnização de quase 10 milhões de dólares, avança o jornal New York Post. …

O Pólo Norte está a ser atingido por relâmpagos (e isso não é normal)

Uma tempestade perto do Pólo Norte pode não parecer a maior preocupação, tendo em conta o rápido aquecimento do Ártico. Mas é mais um sinal de que o Ártico continua a ter um verão anormal. A …

FC Porto 4-0 V.Setúbal | Hat-trick e goleada contra a crise

O FC Porto amealhou os seus primeiros pontos no campeonato, ao golear o Vitória de Setúbal por 4-0. Após uma semana difícil em que a palavra “crise” foi diversas vezes utilizada para referir a situação dos …

Há uma nova linha temporal do passado cataclísmico da Terra

Bem-vindos ao Sistema Solar primitivo. Logo após a formação dos planetas há mais de 4,5 mil milhões de anos, a nossa vizinhança cósmica era um lugar caótico. Ondas de cometas, asteroides e até protoplanetas seguiram …

Belenenses 0-2 Benfica | Rafa Silva destrói resistência azul

O Benfica foi ao Jamor vencer o Belenenses por 2-0, num jogo muito complicado para as “águias”, em especial no primeiro tempo, mas que acabou resolvido na etapa complementar. Rafa Silva foi o “abre-latas” de …

Cofundador do Alibaba paga 3,5 mil milhões para ser o único dono dos Brooklyn Nets

O cofundador do Grupo Alibaba, Joseph Tsai, vai pagar mais 3,5 milhões de dólares para ser o único dono da equipa de basquetebol norte-americana Brooklyn Nets, avança esta sexta-feira a Bloomberg. O multimilionário já detinha 49% da equipa, …

Instagram, Facebook e Whatsapp prejudicam saúde mental das crianças

Um estudo de investigadores da University College London demonstra que a utilização de redes sociais como o Instagram, o Facebook e o Whatsapp estão a causar danos ao bem-estar das crianças e jovens. A investigação, cujos …

Clínica da Opus Dei diz que homossexualidade causa gastroenterite

A Clínica Universitária de Navarra, que pertence à prelatura da Opus Dei, defende que a homossexualidade e a promiscuidade são causadoras de gastroenterite. No guia de atuação de urgência sobre esta condição médica, a Clínica Universitária …