Físicos explicam o que aconteceria (ou não) se a Terra fosse plana

Bem-vindos a 2018. A Terra voltou a completar uma volta ao Sol. Mas não tão depressa. Se concorda com a ideia de uma Terra plana, então acreditará que tal não aconteceu, porque o Sol gira num círculo à volta do céu.

Os humanos sabem há muito tempo que o planeta é redondo, mas a crença numa Terra plana recusa-se a morrer. Há até uma organização dedicada a este tema. Vamos examinar, então, como os princípios bem conhecidos da física e da ciência funcionariam (ou não) numa Terra plana.

A Gravidade Falha

Em primeiro lugar, um planeta com a forma de uma panqueca não teria gravidade. “Não está claro como é que a gravidade funcionaria neste mundo”, afirma James Davis, geofísico do Observatório Lamont-Doherty da Universidade de Columbia.

Isto é muito importante, já que a gravidade explica uma ampla gama de observações terrestres e cósmicas. A mesma força mensurável que faz com que uma maçã caia de uma árvore também faz com que a Lua orbite a Terra e que todos os planetas orbitem o Sol.

As pessoas que acreditam numa Terra plana assumem que a gravidade puxaria para baixo, mas não há evidências que sugerem que isso funcionasse assim. O que sabemos sobre a gravidade sugere que puxaria para o centro do disco.

Isto significa que só puxaria para baixo num ponto – no centro do disco. À medida que nos afastamos do centro, a gravidade puxaria cada vez mais horizontalmente. Isto teria alguns impactos estranhos, como: “chupava” toda a água para o centro do mundo e faria com que as árvores e as plantas crescessem diagonalmente, pois desenvolvem-se na direção oposta à atração da gravidade.

Problemas Solares

Depois temos o Sol. No modelo cientificamente suportado do Sistema Solar, a Terra gira em torno do Sol porque este último astro é muito mais massivo e tem mais gravidade. No entanto, a Terra não cai para o Sol porque viaja numa órbita. Por outras palavras, a gravidade do Sol não está a agir sozinha.

O planeta também viaja numa direção perpendicular ao puxo gravitacional da estrela; se fosse possível desligar essa gravidade, a Terra seria disparada em linha reta e sairia do Sistema Solar. Ao invés, o momento linear e a gravidade do Sol combinam-se, resultando numa órbita quási-circular em redor do Sol.

O modelo da Terra plana coloca o nosso planeta no centro do Universo, mas não sugere que o Sol orbita a Terra. Em vez disso, o Sol circula no topo do mundo como um carrossel, iluminando e aquecendo-nos como um candeeiro de mesa. Sem o momento linear e perpendicular que ajuda a gerar uma órbita, não está claro que força manteria o Sol e a Lua a pairar sobre a Terra, em vez de bater nela.

Da mesma forma, num mundo plano, os satélites provavelmente não seriam possíveis. Como é que orbitariam um plano? “Existem inúmeros satélites dos quais a sociedade depende que simplesmente não funcionariam,” explica Davis. Por esta razão, acrescenta, “não consigo perceber como é que o sistema GPS funcionaria numa Terra plana.”

Se o Sol e a Lua apenas se deslocassem num dos lados da Terra plana, presumivelmente podia haver uma precessão de dias e noites. Mas tal não explicaria as estações, os eclipses e muitos outros fenómenos.

O Sol também, presumivelmente, teria que ser mais pequeno que a Terra, de modo a não queimar ou colidir com o nosso planeta ou com a Lua. No entanto, nós sabemos que o Sol tem um diâmetro mais de 100 vezes superior ao da Terra.

Removendo o Céu e a Terra

Nas profundezas do interior terrestre, o núcleo sólido gera o campo magnético do planeta. Mas num planeta plano, isso teria que ser substituído por outra coisa. Talvez uma folha plana de metal líquido. Tal, no entanto, não giraria de forma a produzir um campo magnético. Sem um campo magnético, as partículas carregadas do Sol fritariam o planeta. Podem destruir a atmosfera, como aconteceu com Marte depois de perder o seu campo magnético, e o ar e os oceanos escapariam para o espaço.

O movimento das placas tectónicas e a sismicidade dependem de uma Terra redonda, porque somente numa esfera todas as placas encaixam de maneira sensata, realça Davis.

Os movimentos das placas num lado da Terra afetam os movimentos no outro. As áreas da Terra que fabricam crosta, como por exemplo a dorsal mesoatlântica, são contrabalançadas por locais que consomem crosta, como por exemplos as zonas de subducção.

Numa Terra plana, nada disto pode ser explicado adequadamente. Teria também que haver uma explicação para o que acontece às placas na orla do mundo. Pode-se imaginar que caem, mas isso provavelmente prejudicaria a proposta “parede” que impede as pessoas de caírem do mundo em forma de disco.

Talvez uma das estranhezas mais flagrantes é que o mapa proposto da Terra plana é totalmente diferente. Coloca o Ártico no centro enquanto a Antártica forma uma “parede de gelo” em redor da borda.

Nesse mundo, as viagens seriam muito diferentes. Voar da Austrália até certas partes da Antártica, por exemplo, levaria muito tempo – teríamos que viajar por cima do Ártico e de ambas as Américas para lá chegar. Além disso, certas façanhas do mundo real, como percorrer a Antártica (o que já foi feito muitas vezes), seriam impossíveis.

Esbatendo no Chão

Contrariamente à crença popular, é um equívoco pensar que muitas sociedades de pessoas sérias e educadas realmente alguma vez acreditaram na ideia da Terra plana.

“Com extraordinárias exceções, nenhuma pessoa educada na história da civilização ocidental, a partir do século III AC em diante, acreditava que a Terra era plana,” comentou o historiador Jeffrey Burton Russell em 1997. “Uma Terra redonda aparece, pelo menos, tão cedo quanto o século VI AC com Pitágoras, que foi seguido por Aristóteles, Euclides e Aristarco, entre outros, na observação de que a Terra era uma esfera.”

Como escreveu o cientista e autor Stephen Jay Gould, a ideia de que muitas pessoas – incluindo espanhóis e Cristóvão Colombo – acreditavam que a Terra era plana foi inventada em grande parte por escritores no século XIX como Washington Irvin, Jean Letronne e outros.

Letronne era um “académico de fortes preconceitos antirreligiosos… que inteligentemente se baseou em ambos para deturpar os líderes da Igreja e os seus sucessores medievais como acreditando numa Terra plana,” observou Russell.

De qualquer forma, embora seja divertido imaginar cenários contrafatuais, a ciência avança com o desenvolvimento de teorias científicas para explicar observações. No que toca a estas teorias, quanto mais simples, melhor, diz Davis.

A noção de uma Terra plana, no entanto, começa claramente com a ideia de que o planeta é plano e, em seguida, tenta torcer outras observações para seu benefício. Podemos encontrar explicações estranhas para fenómenos individuais sob este quadro, realça Davis, mas “desmoronam-se muito rapidamente.”

ZAP // CCVAlg

PARTILHAR

20 COMENTÁRIOS

  1. Este texto faz tudo o que nao deve ser feito…zomba duma situaçao que pode ser verdadeira e assume como verdadeira uma situaçao que nunca foi comprovada senao pelos dizeres da NASA e companhias…facilmente verao na internet provas dadas de que a terra plana é possivel (claro que certas situaçoes nao podem ser provadas porque quem detem essas capacidades sao as intituiçoes que nos afirmam que a terra é redonda) e verão como sao comprovadas as muitas falsidades que certas intituiçoes nos querem inpingir…googlem por Teera Plana e verao e aí ajuizarao com conhecimento de causa e nao como faz este senhor neste texto.

    • Tenho quase a certeza absoluta de que não há muito mais pessoas a acreditar que a Terra é plana porque foram até ao fim do Mundo para ter a certeza disso, e caíram.

    • É por isto que os brasileiros são tão bons inventar (e a vender!) deuses e religiões!…
      Pegam numa coisa sem qualquer sentido e acreditam tanto nessa mentira que passa a ser verdade e perdem a noção da realidade!…
      Agora desliga a Internet e vai até uma praia onde, com alguma perspicácia e bom senso, poderás ser capaz de descobrir SOZINHO que a terra provavelmente será mesmo arredondada!!
      .
      Mas, vamos imaginar que essas palermices normalmente inventadas por americanos são verdade: mesmo que a Terra seja plana, o que é que isso muda?!
      Altera alguma coisa?!
      Qual é o objectivo?
      As religiões não são suficientes para confundir e enganar as pessoas?!
      .
      O melhor foi ver um louco armado em cientista com um nível de bolha num avião, supostamente a provar que a terra é plana – foi mesmo hilariante!…

      • O endeusamento da atual ciência que afinal não passa de mais uma seita religiosa.
        A mim tanto se me dá a Terra seja redonda, quadrada, plana ou como dizem agora alguns cientistas que ela é concava.
        A si dá-lhe muita comichão e até agora você não conseguiu provar nada com suas teorias. De grandes teorias está o inferno cheio.
        Sabia que são encontrados cada vez mais artigos científicos falsificados e inúteis?
        Pois fique sabendo que de uma só vez foram encontrados quase 50.000 artigos científicos que no final estavam todos falseados.
        Já andei imensas vezes de avião e não vi nenhum Terra redonda. Se você viu troque de lentes.
        Qual o seu objetivo? Atirar areia para os olhos dos outros com suas teorias da sua seita religiosa?

        • “O endeusamento da atual ciência que afinal não passa de mais uma seita religiosa.”
          Bem… uma coisa é ser ignorante, outra é isto!!..
          A “ciência actual” é igual à ciência de sempre:
          “A ciência visa descobrir a verdade pela evidência e não impõe “verdades” sustentadas em crenças”.
          Percebido?
          Até podiam estar falsificados 99% do artigos científicos – isso nada diz sobre a ciência; diz apenas sobre quem publicou esse artigos!!
          Inúteis são as religiões – ou como é que acha que se demonstrou que esses artigos científicos estavam errados/falsificados?
          Pois, foi precisamente com CIÊNCIA!!!
          Eu falei em ir à praia e olhar para o horizonte, mas, quando andou de avião não viu a terra redonda?
          E, viu a terra plana?!!
          Enfim…
          O meu único objectivo é evitar que palermas como o sr não espalhem a sua imbecilidade!…
          A minha “seita” (ciência) ajuda a “limpar” a areia do olhos que os charlatães da homeopatia, acupunctura, astrologia, etc, etc, gostam de atirar para os olhos do mais “distraídos”!…

          • cantas bem mas nao alegras pa

            tens pinta de troca tintas ate metes ao barulho homeopatia, acupunctura, astrologia, etc, etc, e sexo e doenças, imbecilidade e ofencas

            deves ter tirado o curso de charlatao no mesmo sitio dos charlataes quando dizes podiam estar falsificados 99% do artigos científicos ja diz muito da tua pinta

            aproveita vai ao medico e muda de drogas

            nao espero que me entendas quando nao entendes os outros

            eu tambem andei de aviao como o ferreira e nao vi terra redonda so se tomasse drogas e que ficava a ver a terra redonda ehehehehehehe

            larga.as e cura.te pa a ciencia nunca foi exata hoje e uma coisa amanha ja e outra e ontem foi ainda outra tudo muda menos os otarios

        • Os Incas, Maias e até os Egípcios conseguiam ser bem mais evoluídos do que tu… E isso surpreende-me! Como é que é possível, nos dias de hoje haver tamanha burrice com o conhecimento disponível…
          Estes ancestrais com o pouco conhecimento de que dispunham conseguiam ser mais perspicazes do que tu, conseguiram mapear o céu, prever o movimento dos astros etc etc…
          Já agora diz-me lá, o que ganhariam os malandros dos cientistas em querer fazer-nos querer que a terra é redonda???
          É com cada anormal….

    • Exato Arauto.
      Ainda está para nascer para me dizer quem é essa senhora, a ciência, que qualquer coisa por ela faladrada vem logo arrogamentemente carimbada com um selo de legitimidade inquestionável e dogmático.
      Se há coisa mais constante no Universo é a mutação, tudo muda constantemente, muda a sociedade, muda a física, muda a química, muda a medicina, nada há incólume à mutação.
      A propósito de ciência, uns dizem redonda, outros plana e outros agora dizem que após estudos científicos ela é convexa.
      Outros virão e dirão científicamente que ela é triangular.
      O que eu mais adoro na religião-ciência, ela é hilariante e não tem passado disso mesmo.
      E depois ainda há aqueles que ficam babando ao dizerem que é devido a essa religião-ciência que existe a TV, a rádio, os Pêcês e telemóveis e outras merdices e esquecem-se que os humanos viveram muito bem por milhões de anos sem essa tralha.

  2. A terra é plana sim senhor, mas só aos bocadinhos e normalmente antes de uma construção e depois da passagem dos Bulldozers e retroescavadoras.

  3. Sabemos que é redonda? O tanas é que sabemos. Lá por termos todos recebido a crença da ciência da nasa e suas tretas desde quando sabemos que a Terra é redonda? Ou plana? O ser humano anda o tempo todo a ser gozado pelas crenças da actual ciência.

    • Antes da nasa etc, já tinha sido provado que a terra era redonda, quando um navegador fez a viagem de circunavegação…há 500anos atras.A sério que isto Ainda é um tema? Mas estamos a regredir?

      • Provou o quê? Nada de nada. Veja o que agora vários cientistas brasileiros entre outros, pesquisaram e analisaram durante 7 longos anos por vários locais do mundo e concluiram que a Terra não é nem redonda nem plana mas sim concava.

  4. “A Igreja diz que a Terra é achatada, mas sei que ela é redonda, porque vi a sombra dela na Lua, e acredito mais numa sombra do que na igreja.”
    ― Fernão de Magalhães

    • A verdade amigo FM é que a Bíblia nunca afirmou que a Terra é plana!
      Bem pelo contrário! Quando a igreja católica insistia (e continua a insistir) nas suas teorias e mentiras, a própria já dizia em Isaías 40:22 diz: “Há Um que mora acima do CÍRCULO da terra (…)”!
      E mais, enquanto grandes pensadores/filósofos insistiam que a Terra estava apoiada em tartarugas e elefantes, nisto e naquilo, a própria Bíblia já dava a resposta que hoje é provada: Jó 26:7 “Ele estende os céus do norte* sobre o vazio, SUSPENDE A TERRA SOBRE O NADA;”

  5. Só um mentecapto que se acha muito inteligente acredita que a terra é plana. Basta observar o sol para ter 100% de certeza do que o que se observa só é possivel numa terra globo. Um astro super brilhante que desaparece da vista completamente antes de deixar de iluminar é absurdo e impossivel que recriar num plano.
    Olhem um farol, é depois de deixar de iluminar é visivel por muitos kilometros de distância. A luz de um carro que ilumina cerca de 100 metros mas é visivel a mais de 15 kilometros de distancia.
    Não é preciso mais nada, o movimento do sol rebate completamente a possibilidade da terra plana.

    Já agora, a Russia vende viagens á estratosfera em MIG-29 por cerca de 17.000 euros. Será que todos os terraplanistas não conseguem angariar esse dinheiro?
    Os terraplanistas nunca inventaram, criaram ou provaram nada. São apenas frustrados incapazes de entender a terra e o universo devido ao seu entendimente e raciocinio limitado.

  6. A verdade amigo Eu! é que a Bíblia nunca afirmou que a Terra é plana!
    Bem pelo contrário! Quando a igreja católica insistia (e continua a insistir) nas suas teorias e mentiras, a própria já dizia em Isaías 40:22 diz: “Há Um que mora acima do CÍRCULO da terra (…)”!
    E mais, enquanto grandes pensadores/filósofos insistiam que a Terra estava apoiada em tartarugas e elefantes, nisto e naquilo, a própria Bíblia já dava a resposta que hoje é provada: Jó 26:7 “Ele estende os céus do norte sobre o vazio, SUSPENDE A TERRA SOBRE O NADA;”

  7. ALGUNS usam temas como este; Para destilar suas “ofensas peçonhentas”…e mostrar seu “CONHECIMENTO” e sua Opinião; Amigo faz isso NÃO, é Feio. Uma geração que se diz “Informada” agir assim humilhando os outros (É humilhando sim), É válido dialogar, mas como vejo a maioria dos comentarista, digo mais uma vez: É FEIO, GROSSEIRO, RUDE a maneira de ALGUNS. Adios.

RESPONDER

Recurso de Rui Rangel foi distribuído sem sorteio. Procedimento é ilegal

O recurso que opunha o juiz Rui Rangel ao Correio da Manhã foi distribuído diretamente a Orlando Nascimento, atual presidente da Relação de Lisboa, sem que tivesse sido feito o sorteio eletrónico obrigatório por lei, …

"Não pôr o dedo no nariz". Livro medieval ensinava as regras de etiqueta às crianças do século XV

Um livro de boas maneiras do século XV, digitalizado recentemente pela Biblioteca Britânica, está cheio de regras de etiqueta que não são muito diferentes das de hoje. O manuscrito chama-se "The Lytille Childrenes Lytil Boke", as …

Abanca pagou menos de 250 milhões pelo EuroBic

O Abanca ofereceu menos de 250 milhões de euros por 95% do EuroBic, segundo avança o Jornal Económico, o que significa que o banco espanhol avaliou o EuroBic ligeiramente abaixo do múltiplo a que transaciona …

Alegado escritor-fantasma confessa que recebeu pagamentos de Sócrates

Domingos Farinho, alegado escritor-fantasma do livro de José Sócrates "A Confiança no Mundo", confessou que recebeu pagamentos do ex-primeiro-ministro através da RMF Consulting. No requerimento de abertura de instrução que apresentou em janeiro de 2020, o …

Os cavalos perdem quatro dedos no útero

Os cavalos têm apenas um dedo em cada pata, sendo os cascos o equivalente à falange dos nossos dedos médios. No entanto, os seus ancestrais tinham mais dedos em cada pata, variando entre três e …

"Década perdida". Novo Banco com prejuízos de 1.058,8 milhões em 2019

O presidente executivo do Novo Banco disse esta sexta-feira que os últimos dez anos foram uma "década perdida" para a empresa que começou por ser BES e passou em 2014 a Novo Banco, mas …

Estados Unidos assinam acordo de paz com os talibãs no Afeganistão

O presidente norte-americano, Donald Trump, pediu esta sexta-feira aos afegãos para "aproveitar a oportunidade de paz", ao abrigo do acordo de paz que os Estados Unidos vão assinar no sábado com os rebeldes talibãs. A …

Portugal poderá ter um milhão de infetados (e ser decretada quarentena obrigatória)

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, admite que poderá haver um milhão de portugueses infetados pelo Covid-19, 21.000 na semana mais crítica, assegurando que as autoridades de saúde estão a preparar-se para esta possibilidade. “Estamos a …

Descobertos na Sibéria vestígios do Evento de Tunguska, um dos maiores impactos na Terra

Um grupo de investigadores russos que investigam o fenómeno de Tunguska de 1908, o maior impacto terrestre registado na história moderna, descobriu camadas em sedimentos locais que podem conter substâncias de origem extraterrestre. A 30 de …

Exoplaneta gigante pode ter as condições ideais para abrigar vida

Uma equipa de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, descobriu que o enorme exoplaneta K2-18b - tem duas vezes o tamanho da Terra - pode reunir as condições ideais para abrigar vida. Depois de …