Acidente de Chernobyl associado a aumento de cancros na Bélgica

Diana Markosian / wikimedia

Sinal de aviso de radioactividade em Pripyat, cidade próxima da Central Nuclear de Chernobil, na Ucrânia, que foi abandonada após o desastre em Abril de 1986.

Sinal de radioactividade em Pripyat, cidade próxima da Central Nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, abandonada após o desastre em Abril de 1986.

O acidente nuclear de Chernobyl, na Ucrânia, pode ter afectado milhares de europeus em países tão distantes como a Bélgica. É o que conclui um novo estudo que faz uma associação entre o acidente e o aumento do número de cancros da tiróide em crianças belgas.

A investigação, que tem em conta dados dos últimos 30 anos, concluiu que “a exposição à radiação afectou residentes de países muito para lá da Ucrânia e da Bielorrússia”, destaca o artigo publicado no jornal científico Acta Chirurgica Belgica.

“Durante 30 anos, houve uma incidência persistente e maior de cancro papilífero da tiróide entre as crianças belgas com idades abaixo dos 15 anos, na altura do acidente de Chernobyl”, constata-se na mesma publicação.

O desastre nuclear, que ocorreu em Abril de 1986, já foi associado ao aumento de cancro na tiróide em crianças residentes na Ucrânia e na Bielorrússia.

Trata-se de um tipo de cancro que é raro nas crianças mas que pode também ter sido incrementado na Bélgica e potencialmente noutros países igualmente distantes de Chernobyl, por causa dos altos níveis de radiação libertados aquando do acidente.

Tal como se explica no comunicado que noticia os resultados da pesquisa, os investigadores do Hospital Universitário de Mont-Godinne, em Yvoir, na Bélgica, partiram da disparidade entre os dados registados até Abril de 1986, em que não foi verificado nenhum caso de cancro na tiróide em crianças, com aqueles que se notaram em 1995, altura em que foram reportados quatro casos em pacientes que tinham menos de nove anos de idade aquando do desastre nuclear.

Entre 2000 e 2002, mais cinco crianças, com menos de 12 anos aquando do acidente, foram tratadas a este tipo de cancro.

A equipa de investigação recolheu todos os novos casos de cancro da tiróide verificados em pacientes nascidos antes de Abril de 1986 e que foram operados no hospital entre aquele ano e Abril de 2015.

Os dados indicam 36 novos casos (19,5%) de cancros da tiróide entre 185 crianças belgas que tinham menos de 15 anos, na altura do acidente, e 175 casos (8.1%) em 2.164 pacientes que tinham mais de 15 anos, aquando do desastre.

Os investigadores também tiveram em conta informações do Instituto de Meteorologia da Bélgica, reportando que os níveis de radioactividade atmosférica, no início de Maio de 1986, ou seja, logo a seguir ao acidente, subiram para níveis 20 vezes mais altos do que o normal na Bélgica.

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …

Canal Panda e jogar sem medo. A receita de Lage para vencer os russos do Zenit

O Benfica joga esta terça-feira com o Zenit de São Petersburgo, na sexta e última jornada do grupo G da Liga dos Campeões. Os encarnados precisam de vencer por dois (ou mais) golos para garantir …