Aborto e casamento homossexual legalizados na Irlanda do Norte

O aborto foi liberalizado e o casamento entre pessoas do mesmo sexo legalizado, esta terça-feira, na Irlanda do Norte, na sequência de uma decisão do Parlamento de Westminster, em Londres.

É em Londres que os assuntos atuais da nação que integra o Reino Unido são geridos devido à paralisia do Executivo local. Estas alterações, votadas em julho na capital britânica, entram automaticamente em vigor porque, entretanto, não foi formado qualquer Governo local para se lhes opor.

O Parlamento britânico aprovou no dia 9 de julho, numa série de votações, a liberalização do aborto e o casamento homossexual na Irlanda do Norte.

A proposta da deputada trabalhista Stella Creasy para alargar o acesso ao aborto, permitido no Reino Unido, à Irlanda do Norte foi aprovada por 383 votos e teve 73 contra, sobretudo deputados do partido Conservador e do partido Democrata Unionista (DUP).

Apesar de o aborto ter sido liberalizado na República da Irlanda no ano passado, na Irlanda do Norte prevalecia uma lei do século XIX que considera crime as pessoas procurarem fazer ou darem assistência num aborto, o qual só é autorizado em certos casos.

Pouco antes, os deputados britânicos já tinham aprovado, com 383 votos a favor e 73 contra, a legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo, que já é possível no resto do Reino Unido bem como na vizinha Irlanda.

A Irlanda do Norte tem autonomia legislativa, mas está sem Governo desde as eleições de 2017 devido à falta de entendimento entre o DUP e Sinn Féin para formar uma coligação, obrigatória nos termos do processo de paz para o território.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Governo dá mais dias de férias a funcionários que se mudem para o interior

O Governo aprova esta quinta-feira em Conselho de Ministros um regime de incentivos para os funcionários da Administração Pública que decidam ir trabalhar para o interior, com ajudas de custo ou compensações financeiras e mais …

Autarquias têm mais um ano para preparar descentralização

O Governo decidiu dar mais tempo às autarquias para estas se prepararem para a descentralização. O prazo passa para o primeiro trimestre de 2022. Segundo avançou o Jornal de Notícias, citado pelo ECO, após críticas aos …

Sá Fernandes ponderou sair do Livre (e apoia eventual candidatura de Ana Gomes a Belém)

Na sua primeira grande entrevista após o caso Joacine, Ricardo Sá Fernandes, dirigente do Livre, revelou ao Observador que ponderou sair do partido e admitiu apoiar uma possível candidatura da ex-eurodeputada socialista Ana Gomes às …

Medina diz desconhecer caso do alegado falso engenheiro

O presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, disse esta quarta-feira que não ter informação sobre o alegado falso engenheiro da empresa Tanagra, com quem a autarquia celebrou vários contratos para obras públicas. A TVI noticiou …

Parlamento debate fim das comissões bancárias no MB Way e nas prestações da casa

O Parlamento debate esta quinta-feira projetos do BE, do PCP, do PS, do PAN e do PSD sobre limitação e proibição de comissões bancárias, tendo os bloquistas, que agendaram esta discussão, expectativa de que os …

Castração química. Bloco de Esquerda é contra veto a projeto de lei do Chega (e explica porquê)

A Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias considerou que o projeto de lei do Chega "não preenche os requisitos do ponto de vista constitucional". O Bloco de Esquerda votou contra e explicou …

Estado pode deixar de ganhar dinheiro com empréstimo ao Novo Banco

Atualmente, o Fundo de Resolução paga juros de 2% e 1,38% pelos empréstimos contraídos junto do Estado para financiar as medidas de resolução do BES e do Banif, respetivamente. Porém, esse valor pode descer para …

Equipa de campanha de Trump processa The New York Times por difamação

A equipa de campanha de Donald Trump processou o The New York Times. Em causa está um artigo publicado em março do ano passado. A equipa de campanha de Donald Trump alega que o jornal publicou, …

Enfermeiros que deixem de ser chefes regressam ao início da carreira

Há enfermeiros que regressaram ao início de carreira depois de terem abandonado as suas funções de chefia, revela o jornal Público. Tal como escreve o matutino, que avança a notícia esta quinta-feira, para que estes …

"Ronaldo foi abandonado pela equipa". Imprensa italiana arrasa Juve e elogia CR7

O Lyon tirou partido do fator casa e surpreendeu a octocampeã italiana, Juventus, em França, e ganhou esta quarta-feira uma vantagem importante - embora ténue - na eliminatória com os bianconeri para a Liga dos …