Houve 550 incêndios nos últimos 5 dias, registo sem paralelo esta década

Estela Silva / Lusa

A Autoridade Nacional de Proteção Civil registou quase 550 incêndios entre 01 de outubro e as 18:00 de hoje, um número que causa “apreensão”, pois, na última década, não há um registo semelhante no mesmo período.

“Desde o início deste mês assistimos a um incremento do número de incêndios rurais, somando um total de 543. Praticamente 550 ignições desde 01 de outubro até às 18:00 de hoje”, afirmou o comandante Pedro Nunes, da ANPC.

“Diria que este número nos causa alguma apreensão, porque quando olhamos para o período homólogo dos últimos dez anos, não temos registo de um número tão grande de ignições”, acrescentou.

Em declarações à agência Lusa na sede da ANPC, em Carnaxide, concelho de Oeiras, durante um ‘briefing’ sobre a situação dos incêndios rurais, este comandante operacional referiu que esta sexta-feira estava a ser um dia “relativamente calmo”, associando essa situação ao “comportamento responsável e de cidadania” dos portugueses.

Ainda assim, registaram-se dois incêndios que chegaram a causar “alguma apreensão”: um no distrito de Coimbra, em Pampilhosa da Serra, e outro no distrito de Setúbal, em Alcácer do Sal. Nos próximos dias prevê-se a continuação de condições meteorológicas propícias ao aparecimento de incêndios.

“Para os próximos dias as condições meteorológicas serão em tudo idênticas àquelas que temos vivido nestes primeiros dias de outubro, ou seja, vamos continuar com uma corrente de leste, que nos trará tempo quente e seco, favorável e propício ao desenvolvimento dos incêndios rurais”, alertou o comandante operacional da Proteção Civil.

A fase crítica foi prolongada até 15 de outubro, o que impede a realização de qualquer tipo de queimadas. “Embora estejamos no mês de outubro, a ausência de precipitação – não tem chovido e está a potenciar e a agravar o risco de incêndio – não permite que as tradicionais queimas e queimadas, diria que ancestrais, do mundo rural, possam ser feitas de forma segura”, salientou o responsável.

“Razão pela qual apelava às comunidades rurais que aguardem pela altura mais correta para fazerem estas queimas e queimadas, para as poderem fazer de forma segura”, acrescentou o comandante Pedro Nunes, que apelou ainda a que os cidadãos mantenham um comportamento responsável.

“Pedir a todos os portugueses que mantenham um comportamento adequando e seguro, como fizeram durante todo o verão, diria que quase de forma exemplar, fazendo jus à máxima: tolerância zero ao uso do fogo”, vincou Pedro Nunes, da Proteção Civil.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “Nos próximos dias prevê-se a continuação de condições meteorológicas propícias ao aparecimento de incêndios.”

    Esta gente tem noção daquilo que escreve? os incêndios aparecem de onde? caem do céu?

RESPONDER

Viagens ao Espaço podem prejudicar o corpo a nível celular. Fígado é o mais afetado

Viagens ao Espaço podem causar o mau funcionamento da mitocôndria de uma célula devido a mudanças na gravidade e radiação, sugere uma nova investigação conduzida pelo Georgetown Lombardi Comprehensive Cancer Center, nos EUA. Investigações com cobaias …

O envelhecimento celular em humanos foi parcialmente revertido (com o uso de oxigénio)

Investigadores da Universidade de Tel Aviv, em Israel, descobriram uma forma de reverter o processo de envelhecimento celular e podem ter feito um avanço na procura pela juventude eterna. O novo estudo publicado na revista Aging …

Porto 0-0 Man City | Pragmatismo portista garante “oitavos”

O FC Porto está nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Os “azuis-e-brancos” precisavam apenas de um empate, ou que o Olympiacos não vencesse em França, em casa do Marselha, e ambos os pressupostos aconteceram – …

O céu tingiu-se de roxo na Suécia (e a culpa era de uma plantação de tomates)

O céu ficou misteriosamente tingido de roxo em Trelleborg, a cidade mais a sul da Suécia, por causa da luz vinda de uma plantação de tomate enuma cidade próxima. Há algumas semanas, os moradores de Trelleborg …

Maurícias estão a abater um morcego ameaçado de extinção por interesses económicos

O morcego das Maurícias, em perigo de extinção, é mais uma vez o centro de um polémico abate nas mãos do Governo, para alarme das organizações de conservação da vida selvagem. Sob pressão de agricultores e …

Procurador-geral dos EUA: não há provas de fraude eleitoral generalizada

O procurador-geral dos Estados Unidos da América, William Barr, reconheceu hoje que não houve fraude em dimensão suficiente para invalidar a vitória do democrata Joe Biden nas eleições presidenciais norte-americanas. "Nesta altura, não vimos fraude a …

Parque de esculturas subaquático vai ser inaugurado em Miami

Miami vai servir de casa para um novo parque de esculturas subaquático como nunca viu. O ReefLine é projetado para servir como um recife artificial e vai estar disponível a receber visitantes em dezembro de …

Da "política do filho único" aos incentivos à natalidade: como a China tem mudado a sua estratégia populacional

A China está a planear incluir novas medidas para estimular a taxa de natalidade do país e lidar com o rápido envelhecimento da população. A estratégia passa pelo “plano de cinco anos” que deverá estar …

Vacinação será “grande prioridade” de presidência portuguesa da UE

O primeiro-ministro português, António Costa, referiu hoje que a vacinação contra a covid-19 deverá ser uma das “grandes prioridades” da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), após um encontro com o presidente do …

No Cambodja, os aldeões usam "espantalhos mágicos" para afastar a covid-19

Os aldeões do Cambodja têm evitado a pandemia de covid-19 sem máscaras nem distanciamento social, mas sim com "espantalhos mágicos" que espantam o vírus mortal. Os dois espantalhos de Ek Chan, um aldeão de 64 anos, …