“50 sombras” da Idade Média. Páginas censuradas de um livro francês encontradas nos EUA

(dr) Diocese de Worcester

As páginas de um romance medieval foram descobertas nos arquivos da Diocese de Worcester, no estado norte-americano de Massachusetts. 

Investigadores descobriram uma versão perdida de um romance medieval, que contém cenas eróticas. O poema francês – “O Romano da Rosa” – conta a história de um cortesão que corteja uma mulher.

Marianne Ailes, cientista da Universidade de Bristol, no Reino Unido, afirmou que o romance medieval foi um grande sucesso na altura. “Sabemos o quão popular era pelo número de manuscritos e fragmentos sobreviventes e pelo número de alusões ao texto noutros escritos medievais”, explicou, citada pelo Live Science.

O poema começou a ser escrito na década de 1230 por Guilherme de Lorris e foi concluído em 1280 por Jean de Meun. Ao todo, o romance possui 22.000 linhas.

Todas as versões do romance são um pouco diferentes, e a versão encontrada não é exceção. O manuscrito contém uma cena deixada de fora das impressões modernas do poema, em que o narrador usa uma extensa metáfora de um peregrino que se apresenta diante de um relicário religioso para insinuar um encontro sexual.

O narrador descreve a sua bengala, ou bastão, como “rígida e forte” e fala sobre “enfiá-la nessas valas”. Além disso, também se descreve ajoelhado diante da relíquia “cheia de agilidade e vigor, entre os dois belos pilares… consumidos pelo desejo de adorar”.

Os novos fragmentos encontrados no arquivo da diocese de Worcester não estavam em boas condições, já que estavam a ser usados como encadernação de outro livro. De acordo com a investigadora, esta era uma prática muito comum na época, uma vez que o pergaminho era muito caro.

“Assim que vi as páginas, reconheci instantaneamente o nome alegórico de bel accueil e percebi que tínhamos algo muito especial e único nas mãos”, disse.

O escritor medievalista vitoriano FS Ellis recusou-se a traduzir o trecho numa versão inicial que fez em 1900. No entanto, deixou essa parte como um apêndice em linguagem original, com a justificação de que as pessoas leriam e entenderiam o porquê de o deixar “na obscuridade do original”.

“O romance estava no centro de uma discussão entre intelectuais medievais sobre o status das mulheres. Há a possibilidade de estas páginas em específico teren sido retiradas das suas encadernações originais por alguém que se ofendeu com essas passagens”, concluiu Marianne Ailes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …

Pai que fugiu por 15 países com os dois filhos no ano passado encontrado pela PSP

O pai mudou 15 vezes de país com as crianças desde o verão passado sempre sem o consentimento da mãe e sem que a mãe tivesse qualquer notícia do paradeiro dos filhos, revela a PSP. A …

Daesh está a tentar criar um novo Estado islâmico nas Filipinas

Há dois anos que a bandeira negra do Daesh deixou de esvoaçar no topo de um edifício da cidade de Marawi, em Mindanau, no sul das Filipinas, e o Presidente, Rodrigo Duterte, declarou tê-lo derrotado. …

Operação Marquês. Ex-secretário de Estado de Passos Coelho chamado como testemunha

O juiz de instrução da Operação Marquês, Ivo Rosa, decidiu chamar o ex-secretário de Estado das Infraestruturas, Transportes e Comunicações Silva Monteiro como testemunha, avança a SIC Notícias. Segundo apurou a estação televisiva, o ex-governante …

Apple e Goldman Sachs acusados de terem criado cartão de crédito sexista

A Apple e o Goldman Sachs estão a ser acusados de terem lançado um cartão de crédito que discrimina os utilizadores em função do género. Um dos últimos a juntar ao rol de críticas ao Apple …

Grimaldo joga consecutivamente há 68 jornadas (só é ultrapassado por um guarda-redes)

Alejandro Grimaldo está há 68 jornadas a jogar consecutivamente a titular na lateral esquerda do Benfica - são dois anos sem descanso. Os números são avançados pelo desportivo A Bola, que dá conta que o lateral-esquerdo …

"Prática comercial enganosa". NOS obrigada a retirar campanha publicitária sobre 5G

A Associação da Auto Regulação Publicitária (ARP) deu razão a uma queixa da Meo e mandou a NOS retirar uma campanha de publicidade sobre um tarifário móvel 5G por considerar que constitui "uma prática comercial …