“50 sombras” da Idade Média. Páginas censuradas de um livro francês encontradas nos EUA

(dr) Diocese de Worcester

As páginas de um romance medieval foram descobertas nos arquivos da Diocese de Worcester, no estado norte-americano de Massachusetts. 

Investigadores descobriram uma versão perdida de um romance medieval, que contém cenas eróticas. O poema francês – “O Romano da Rosa” – conta a história de um cortesão que corteja uma mulher.

Marianne Ailes, cientista da Universidade de Bristol, no Reino Unido, afirmou que o romance medieval foi um grande sucesso na altura. “Sabemos o quão popular era pelo número de manuscritos e fragmentos sobreviventes e pelo número de alusões ao texto noutros escritos medievais”, explicou, citada pelo Live Science.

O poema começou a ser escrito na década de 1230 por Guilherme de Lorris e foi concluído em 1280 por Jean de Meun. Ao todo, o romance possui 22.000 linhas.

Todas as versões do romance são um pouco diferentes, e a versão encontrada não é exceção. O manuscrito contém uma cena deixada de fora das impressões modernas do poema, em que o narrador usa uma extensa metáfora de um peregrino que se apresenta diante de um relicário religioso para insinuar um encontro sexual.

O narrador descreve a sua bengala, ou bastão, como “rígida e forte” e fala sobre “enfiá-la nessas valas”. Além disso, também se descreve ajoelhado diante da relíquia “cheia de agilidade e vigor, entre os dois belos pilares… consumidos pelo desejo de adorar”.

Os novos fragmentos encontrados no arquivo da diocese de Worcester não estavam em boas condições, já que estavam a ser usados como encadernação de outro livro. De acordo com a investigadora, esta era uma prática muito comum na época, uma vez que o pergaminho era muito caro.

“Assim que vi as páginas, reconheci instantaneamente o nome alegórico de bel accueil e percebi que tínhamos algo muito especial e único nas mãos”, disse.

O escritor medievalista vitoriano FS Ellis recusou-se a traduzir o trecho numa versão inicial que fez em 1900. No entanto, deixou essa parte como um apêndice em linguagem original, com a justificação de que as pessoas leriam e entenderiam o porquê de o deixar “na obscuridade do original”.

“O romance estava no centro de uma discussão entre intelectuais medievais sobre o status das mulheres. Há a possibilidade de estas páginas em específico teren sido retiradas das suas encadernações originais por alguém que se ofendeu com essas passagens”, concluiu Marianne Ailes.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Processo de envelhecimento é imparável, revela estudo

Um novo estudo, que envolveu cientistas de 14 países, confirmou que provavelmente não podemos diminuir a velocidade com que envelhecemos, devido a restrições biológicas. A pesquisa, publicada na quarta-feira na Nature Comunications, inclui especialistas da Universidade …

Inglaterra 0-0 Escócia | Nulo total no dérbi britânico

A Inglaterra empatou hoje 0-0 com a Escócia, em jogo da segunda jornada do Grupo D do Euro 2020 de futebol, e desperdiçou a oportunidade de garantir já um lugar nos oitavos de final do …

Infeção pelo coronavírus pode não garantir proteção prolongada, revela estudo

Um novo estudo britânico sugere que uma infeção pelo SARS-CoV-2 não garante que o hospedeiro desenvolva uma resposta imunitária prolongada contra o vírus, sendo a imunidade "altamente variável de pessoa para pessoa". Segundo a pesquisa do …

Ex-ministro da Bolívia planeou um segundo golpe usando mercenários dos EUA

O vazamento de gravações telefónicas e e-mails revelam que um ex-ministro da Defesa boliviano estava a preparar-se para usar tropas estrangeiras para impedir que o partido de esquerda MAS regressasse ao poder. Os documentos e registos …

Espécie rara de orquídea encontrada em telhado de banco de investimentos em Londres

Uma espécie rara de orquídea, que se acredita estar extinta no Reino Unido, foi descoberta no jardim do telhado de um banco de investimentos em Londres. Segundo o The Guardian, a Serapias parviflora, uma espécie rara …

Pintura de David Bowie comprada por três euros vai agora ser leiloada por milhares

A pintura do ícone do rock, David Bowie, deverá ser vendida por milhares de dólares num leilão de arte online. O retrato, intitulado "DHead XLVI", faz parte de um conjunto de aproximadamente 47 obras que David …

Vila Nova de Milfontes vai ter praia para cães

A praia pet friendly, que fica próxima de Furnas-Rio, vai funcionar já esta época balnear de forma experimental. Uma praia concessionada que também admite cães vai funcionar, nesta época balnear, de forma experimental, em Vila Nova …

Podia ser um quadro de Dalí, mas é só o degelo glacial na Islândia

Na Islândia, o degelo glacial criou uma paisagem deslumbrante que o fotógrafo espanhol Manuel Ismael Gómez de Almería não deixou passar em branco. Faz lembrar a arte surrealista de Salvador Dalí, mas é uma versão ampliada …

Digby, o cão dos bombeiros, ajudou a salvar uma mulher do suicídio

O cão Digby desempenhou um importante papel ao salvar uma mulher que estava a ponderar pôr fim à sua própria vida no Reino Unido. Digby é um cão terapeuta que ajuda as pessoas a lidar com …

Seca pode ser a "próxima pandemia e não há vacinas que a curem", alerta a ONU

A seca e a escassez de água podem afetar o planeta de forma sistémica se não forem tomadas medidas urgentes sobre a gestão da água e dos solos, alertou a Organização das Nações Unidas (ONU) …