Mais de 400 testemunhas de Jeová acusadas ou condenadas na Rússia

Nick Thompson / Flickr

Testemunhas de Jeová

Mais de 400 testemunhas de Jeová foram acusadas ou condenadas na Rússia desde que o país proibiu o grupo religioso, depois de há três anos o ter classificado como uma organização “extremista”.

Desde que a proibição de culto por parte do grupo religioso entrou em vigor, em abril de 2017, imposta pelo Supremo Tribunal da Rússia, agentes da autoridade invadiram as casas de 1.166 famílias que seguem essa religião, indicaram os seus membros, citados na terça-feira pelo Moscow Times.

As autoridades abriram 175 processos criminais por “extremismo” até ao final de outubro deste ano, com 148 deles ainda em andamento, indicou o grupo. Mais da metade dos 400 fiéis ficaram detidos, entre dias e até três anos, enquanto aguardavam o julgamento.

Cerca de 310 perderam os empregos, as pensões e acesso às contas bancárias por causa do rótulo de “extremista”. Outros quatro morreram durante a investigação. Dez dos fiéis estão a cumprir penas de prisão que variam de dois a seis anos, outros dois esperam que comece a sentença de prisão de dois anos.

De acordo com o site das Testemunhas de Jeová, 64 dos seus membros estão em prisão preventiva ou em prisão domiciliar, enquanto 224 estão proibidos de realizar certas atividades ou de deixar a Rússia.

O comissário de direitos humanos do Presidente russo Vladimir Putin sugeriu que a lei de extremismo está em “conflito” com o direito constitucional do país sobre práticas religiosas.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Tratar um grupo religioso minoritário como são as Testemunhas de Jeová, como se fossem um grupo extremista que promove ataques suicidas ou que conspiram contra o Estado é profundamente injusto. Independentemente de terem práticas objectáveis como é o caso da questão do sangue, da forma como tratam os ex-membros e como encobrem casos de abuso de crianças, o Estado não pode agir de modo parcial contra um grupo religioso desta forma, como se os membros fossem verdadeiros terroristas.

    Como ex-membro das TJ e ativista na exposição desta seita e grupo de alto controlo, considero profundamente errada esta forma de lidar com a situação. A melhor forma de expor estes grupos é através da informação e esclarecimento, tal como faço no meu livro biográfico “Apóstata! – Porque abandonei as Testemunhas de Jeová”.

    Qualquer pessoa que ler a biografia e a informação contida nele poderá chegar às suas próprias conclusões se deve ou não juntar-se a este grupo religioso ou a outros similares. Tenho inclusivamente um capítulo que explica em pormenor o que são “Seitas Destrutivas” e “Grupos de alto controlo” e como identificá-los.

    O sofrimento e perseguição que pessoas comuns estão a sofrer às mãos das autoridades russas é uma violação dos direitos humanos e do direito à liberdade de expressão e religião e a comunidade internacional deveria condenar isto de forma unânime.

RESPONDER

Quem pode suceder a Solskjaer no United? Conte está em cima da mesa, mas CR7 quer Zidane

A onda de maus resultados do United têm posto em causa o técnico Ole Gunner Solskjaer. Conte está interessado, mas Ronaldo quer voltar a ser orientado por Zinedine Zidane. Os recentes maus resultados do Manchester United …

Há 42 anos, andámos "À Boleia pela Galáxia" - e descobrimos a resposta para a vida, o universo e tudo mais

Assinalam-se este mês os 42 anos da série de livros de ficção científica de Douglas Adams. Mais de quatro décadas depois, a história excêntrica continua relevante e a atrair fãs. Muitos filósofos questionaram-se durante séculos sobre …

F.C. Porto 1-0 Milan | Dragão em fúria banaliza italianos

A fúria do Dragão. O relógio marcava o minuto 65. O nulo perdurava, as tentativas portistas em busca da glória eram imensas – no total, 20 remates contra apenas quatro do AC Milan –, assim …

Veículo autónomo da Waymo

Os carros autónomos da Waymo estão a ser atraídos para uma rua sem saída

Os veículos autónomos da Waymo, detida pela Alphabet que é também a mãe da Google, são constantemente encaminhados para uma rua sem saída em São Francisco, nos Estados Unidos. Para já, ninguém sabe porquê. Nas últimas …

Com as ruas inundadas, casal indiano usa panela de cozinha para se deslocar para o próprio casamento

Um casal indiano foi transportado para o seu casamento por um meio de transporte incomum: uma panela de cozinha. Com as ruas do estado de Kerala inundadas, após chuvas torrenciais, esta foi a única forma …

OE2022: PCP propõe eliminação do adicional de ISP e da “dupla tributação” dos combustíveis

O PCP anunciou hoje que irá propor em sede de Orçamento para 2022 a eliminação do “adicional” ao Imposto sobre Produtos Petrolíferos (ISP) e da dupla tributação dos combustíveis e insistir na fixação de preços …

Besiktas 1-4 Sporting | Tratado leonino deixa turcos KO

O Sporting foi à Turquia somar a primeira vitória no Grupo C da Liga dos Campeões, ao bater o Besiktas por 4-1. Um desfecho fundamental para a equipa de Alvalade continuar a acalentar esperanças de apuramento …

Lei de David. Reino Unido pondera acabar com anonimato online depois de esfaqueamento de deputado

A morte de David Amess está a suscitar um debate no Reino Unido sobre a segurança dos deputados e os insultos de que as figuras políticas são alvo nas redes sociais. Depois do deputado conservador David …

"Não há acordo". Bloco e Governo continuam às turras por causa do OE, mas há mais reuniões previstas

Os bloquistas não se mostraram satisfeitos com o resultado da reunião com o executivo e exigem mais cedências do Governo. Ambos os lados confirmam que ainda se vão encontrar mais vezes para debater o Orçamento. "Não …

Dois mortos e 450 feridos em manifestações para assinalar protestos de 2019 no Chile

Dois mortos e 450 detidos foi o resultado da violência registada em Santiago do Chile, na sequência de uma manifestação para celebrar o segundo aniversário dos protestos de 2019 contra a desigualdade social no país. A …