28 jogadores e dirigentes acusados no processo “Jogo Duplo”

O Ministério Público requereu o julgamento, em tribunal coletivo, de 28 arguidos no âmbito da operação “Jogo Duplo”, que investiga viciação de resultados no futebol, indicou a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

Em comunicado, a PGDL esclarece que entre os arguidos estão “jogadores de futebol, um empresário, um dirigente, um diretor desportivo, uma SAD, bem como outras pessoas com ligações ao negócio das apostas desportivas”.

Em causa estão crimes de “associação criminosa em competição desportiva”, “corrupção ativa e passiva em competição desportiva” e “apostas desportivas à cota de base territorial fraudulentas”.

Entre agosto de 2015 e até 14 de maio de 2016, pode ler-se no comunicado, os arguidos “constituíram um grupo dirigido à manipulação de resultados de jogos das I e II ligas nacionais de futebol (‘match-fixing’) para efeito de apostas desportivas internacionais”.

“Para tanto, aliciaram jogadores de futebol em Portugal para que estes interferissem nos resultados das competições desportivas em prejuízo das equipas que representavam, da integridade das competições, defraudando sócios e investidores dos clubes, espetadores e patrocinadores”, aponta a PGDL, especificando que os arguidos terão recebido quantias “não inferiores a cinco mil euros” e lucrado com apostas cujos resultados “sabiam de antemão”.

O Ministério Público requereu ainda a aplicação aos arguidos jogadores de futebol as penas acessórias de suspensão de participação nas I e II ligas, Campeonato de Portugal, taças da Liga e de Portugal, por períodos de seis meses a cinco anos.

Para os treinadores é requerida uma pena acessória de proibição do exercício do cargo “por período não inferior a cinco anos e dois anos”, pena semelhante à proposta para os dirigentes desportivos indiciados (proibição por período não inferior a três anos).

Para a SAD do Leixões, a única indiciada no processo, é proposta a “proibição de participação na I e II Ligas Nacionais de Futebol e de privação do direito a subsídios, subvenções ou incentivos outorgados pelo Estado, autarquias locais e demais pessoas coletivas públicas por um período não inferior a três anos”.

Leixões vai “até às últimas instâncias judiciais”

Num comunicado publicado no site oficial do clube, a SAD do Leixões que milita na II Liga portuguesa de futebol considera que, pelo facto do “nome do Leixões não ser referido no comunicado (..), tudo o que se possa dizer é meramente especulativo“.

Revelando que, “até este momento, esta SAD não foi notificada do que quer que seja”, deixa clara a intenção de lutar pela defesa do Leixões: “quando essa acusação chegar, se chegar, lutaremos, com todos os leixonenses, até às últimas instâncias judiciais para provar que o nome deste grande clube está, e estará sempre, associado ao fair play e ao jogo limpo”.

Reiterando a disponibilidade para “para colaborar na descoberta da verdade”, a SAD “aguarda serenamente pela evolução do referido processo” que há um ano, na derradeira jornada da II Liga, levou à detenção do então presidente da SAD e do clube, Carlos Oliveira, bem como do diretor desportivo Nuno Silva.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. E depois ainda dizem que só os clubes grandes é que roubam. Os pequenos também fazem por isso. O problema da corrupcao atinge o futebol portugues a todos os niveis e escaloes. O pior cego é aquele que nao quer ver.

RESPONDER

Defesa de Sócrates acusa procurador de mentir sobre gravação de interrogatório

A defesa de José Sócrates acusou esta terça-feira o procurador do MP envolvido na Operação Marquês de mentir quando disse que o ex-primeiro-ministro sabia que o interrogatório de março de 2017 estava a ser registado …

Mais de 100 genes determinam a cor do nosso cabelo

Uma equipa internacional de cientistas identificou mais de uma centena de genes que ajudam a explicar as diferenças entre cabelos loiros, negros, castanhos ou ruivos, em populações de origem europeia. A cor do cabelo é uma …

Família de Prince vai processar hospital que tratou músico dias antes de morrer

A família apresentou o processo por morte por negligência contra um médico e um farmacêutico do Trinity Medical Center, nos Estados Unidos, o hospital que assistiu Prince antes de morrer. Os herdeiros de Prince vão processar …

Acordo suspende julgamento de Rúben Semedo por crime de agressão

O julgamento do futebolista português do Villarreal, por uma alegada agressão no exterior de uma discoteca, foi suspenso, esta terça-feira, para as duas partes chegarem a acordo. Rúben Semedo, de 23 anos, é acusado de agredir …

250 padres vão aprender a exorcizar no Vaticano

Cerca de 250 padres, vindos de 50 países, chegaram a Roma para, entre outras coisas, aprender a identificar uma "possessão demoníaca", ouvir testemunhos de colegas e conhecer os rituais para a "expulsão de demónios". A prática …

Santa Maria impedido de formar internos de otorrino

A Ordem dos Médicos decidiu que o Hospital Santa Maria, em Lisboa, fica impedido de formar internos na especialidade de otorrinolaringologia, confirmou à Lusa o presidente do colégio de especialidade. Artur Condé disse que, "até nova …

Maçã fatiada na mala de mão valeu multa de 500 dólares a passageira

500 dólares, ficar sem o visto "global entry" e ter de ser revistada para o resto da vida foi o preço que Crystal Tadlock teve de pagar por levar uma maçã fatiada na mala de mão. Crystal …

Ex-Presidente Bush hospitalizado um dia após funeral da mulher

O ex-Presidente norte-americano, de 93 anos, foi hospitalizado no Texas no domingo, um dia após as exéquias da mulher, devido a "uma infeção que se disseminou no sangue". "O Presidente Bush foi admitido no hospital Houston …

IKEA avisa clientes por lapso no fabrico de placa de fogão

Uma falha no injetor de um dos bicos de uma placa de fogão vendida pelo IKEA levou o grupo sueco a pedir aos clientes que tenham comprado o produto antes de 1 de janeiro deste …

PS pressionado pelo governo brasileiro por causa de Lula. "É tudo falso"

O professor Boaventura de Sousa Santos garante que Ana Catarina Mendes, faltou a um evento solidário por pressão do governo brasileiro. "É falso", desmente a secretária-geral adjunta do PS. Boaventura Sousa Santos, diretor do Centro de …