245 pessoas saltaram de uma ponte ao mesmo tempo (e sobreviveram)

Um grupo de 245 brasileiros temerários quebrou um novo recorde mundial de rope jumping, também conhecido por pêndulo humano, saltando de uma ponte em Hortolândia, no interior de São Paulo. Um salto em grupo que não causou sequer um arranhão graças à magia da física.

Estes 245 brasileiros saltaram todos juntos, de uma só vez, da borda de uma ponte e deixaram-se balançar em direcção à água, suspensos por cordas, a uma altura de 30 metros. A façanha, que teve lugar no mês de Outubro, decorreu sem incidentes graças à magia da física e, em especial, ao mecanismo dos pêndulos.

A segunda lei do movimento de Newton determina que a força é igual à aceleração da massa. As cordas de escalada, e que também se usam no rope jumping, têm este princípio em conta, detendo elasticidade suficiente para reduzir o impacto dessa força.

Mas, contrariamente ao que sucede no bungee jumping, estes 245 saltadores não dependeram “apenas da elasticidade das cordas para absorver a energia cinética”, explica ao  Live Science o especialista em rope jumping Carlos Torija Muñoz.

O principal factor para o salto ser bem sucedido foi o “balanço similar a um pêndulo” que permitiu aos saltadores manterem as várias forças em jogo “manejáveis”, conforme nota a referida publicação.

Como um pêndulo em movimento

“Quando se balança um pêndulo, a distância dos movimentos do pêndulo (ou, neste caso, do saltador de corda) diminui com cada balanço, de acordo com as leis da física”, explica o especialista. Isto acontece porque, a cada balanço, “uma pequena quantidade de energia cinética” se perde “devido à fricção e à resistência do ar”, acrescenta.

“Além disso, os pêndulos tendem a balançar no mesmo plano”, o que garante que os saltadores ficarão também na mesma posição, evitando os riscos de choques e de lesões – “desde que saltem todos na mesma direcção: para a frente“.

Os saltadores que fiquem em ângulo em relação aos outros correm o risco de enrolar as cordas com os seus parceiros de salto, precisamente porque o seu salto tenderia a ficar orientado numa outra direcção, pelo que o seu caminho cruzaria o dos outros.

Segundo o Live Science, os saltadores de Hortolândia lançaram-se a uma altura de cerca de 30 metros com cordas com metade desse comprimento.

Geralmente, a velocidade do pêndulo na parte inferior do balanço, depende apenas da aceleração devida à gravidade e ao comprimento da corda. No caso de Hortolândia, há pouca energia adicional da pessoa (ou 245 pessoas) a cair, o que é uma boa estimativa para um pêndulo sem problemas.

Até parece fácil!

É importante dizer que tudo isto parece mais simples do que na verdade é. Montar um sistema seguro de rope jumping exige conhecimentos técnicos de especialistas e medidas e equipamentos criteriosos – portanto, não pense em tentar proeza semelhante de ânimo leve.

O entusiasta de desportos extremos Dan Osman, considerado o inventor do rope jumping, morreu em 1998, quando tentava fazer um salto de 335 metros de altura no Parque Nacional Yosemite, na Serra Nevada, nos EUA.

Apesar da qualidade do equipamento usado por Osman e da técnica usada para as cordas o segurarem, o desportista saltou de uma forma que levou uma corda a mover-se contra a outra, aponta o Live Science. Assim, “a fricção queimou a corda o suficiente para a enfraquecer e estalou quando ele atingiu o fim e a tensão estava no seu máximo”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

Responder a Eu! Cancelar resposta

Bélgica inclui Alentejo e Algarve na zona laranja com "maior vigilância"

Os viajantes que entrem na Bélgica oriundos do Alentejo e do Algarve serão sujeitos a “maior vigilância” devido à pandemia da covid-19, segundo o site do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) belga, que não especifica …

Infetado detido em Miranda do Douro por desrespeitar confinamento obrigatório

A GNR deteve em Miranda do Douro um homem, de 26 anos, por não respeitar o confinamento obrigatório que lhe foi decretado pela autoridade de saúde pública naquele concelho do distrito de Bragança. "O homem encontrava-se …

Sudão aprova criminalização da mutilação genital feminina

O Conselho Soberano, a mais alta autoridade do Sudão, aprovou a criminalização da mutilação genital feminina (MGF), uma prática muito antiga que continua generalizada no país, anunciou o Ministério da Justiça. O Conselho Soberano, composto por …

Andrzej Duda reeleito Presidente da Polónia

O chefe de Estado polaco venceu a segunda volta das eleições Presidenciais com 51,21% dos votos, derrotando o liberal Rafal Trzaskowski, anunciou, esta segunda-feira, a Comissão Eleitoral. Segundo a Comissão Eleitoral, Andrzej Duda conseguiu a reeleição …

Manifestantes criticam escolha de Macron para o Ministério do Interior. Ministro é acusado de violação

Ativistas dos direitos das mulheres protestaram, em França e no estrangeiro, contra a nomeação do novo ministro do Interior, acusado de violação, e do ministro da Justiça, que ridicularizou o movimento #MeToo. Ativistas dos direitos das …

Cinco meses depois, chefes de diplomacia da UE voltam a reunir-se em Bruxelas

A reunião contempla temas como o impacto da pandemia, a situação na Líbia, Hong Kong e na Venezuela, as relação da União Europeia com a Índia e África e o Processo de Paz do Médio …

Há 12 países que conseguiram escapar à pandemia

Tendo em conta os casos registados e comunicados oficialmente pelas autoridades, há 12 países no mundo que não registam qualquer caso de infeção. Segundo a universidade norte-americana Johns Hopkins, a covid-19 chegou a 188 países, mas, …

"Prisioneira em casa" há 4 meses. Algarvia já fez 14 testes e não se livra do coronavírus

A algarvia Tânia Poço está infectada com o novo coronavírus há quatro meses. Nesta altura, já não tem sintomas de covid-19, mas os testes que tem feito continuam a assinalar a presença do vírus naquele …

Mais duas mortes e 306 novos casos em Portugal

Portugal regista, esta segunda-feira, mais duas mortes e 306 novos casos de infeção por covid-19 em relação a domingo. Segundo o boletim diário da Direção-Geral de Saúde (DGS), dos 306 novos casos (aumento de 0,7%), 254 são …

15.299 casos num só dia. Florida bate recorde

Este domingo, o estado norte-americano registou 15.299 casos no espaço de 24 horas. Se a Florida fosse um país, seria o quarto com mais casos de covid-19 em todo o mundo. O estado da Florida, nos …