120 mil portugueses infiéis em pânico com ataque informático ao AshleyMadison.com

AshleyMadison.com

O site de relacionamentos extra-conjugais AshleyMadison.com foi atacado por hackers que ameaçam divulgar os dados pessoais dos mais de 37 milhões de utilizadores da página. Entre esses utilizadores estão 120 mil portugueses infiéis.

Este grupo de piratas informáticos, auto-denominados The Impact Team, já divulgou online 40 megabytes de informação alusiva aos utilizadores do AshleyMadison.com e também do site Established Men, ambos pertencentes à empresa canadiana Avid Life Media Inc., adianta a CNBC. Entre esses dados estarão detalhes sobre cartões de crédito.

Os responsáveis da Avid Life Media Inc. anunciaram que já conseguiram retirar da Internet essa informação divulgada pelos hackers e garantem também que o site está seguro e que fecharam “os pontos de acesso não autorizados”. Acrescentam igualmente que estão a trabalhar com as autoridades que estão a investigar o caso para encontrar os culpados de um acto que consideram de “ciber-terrorismo”.

O AshleyMadison.com é considerado um dos maiores sites de encontros de adultério em todo o mundo, com mais de 37 milhões de utilizadores. Só em Portugal haverá 120 mil pessoas registadas, aponta o Correio da Manhã, salientando que Évora, Braga e Coimbra são as cidades mais representadas.

Os hackers têm na sua posse os nomes, endereços e informações sobre as preferências sexuais destes milhões de utilizadores, bem como as fotografias íntimas que publicaram e as mensagens que trocaram.

Os piratas informáticos deixaram no site um alerta, que entretanto foi apagado, onde ameaçavam divulgar os dados roubados, caso o AshleyMadison.com não seja eliminado.

“Vamos expor todos os registos de clientes, perfis com todas as fantasias sexuais, imagens de nudez e conversas e correspondentes transacções com cartões de crédito, nomes e endereços reais”, escreveram os hackers.

Este grupo de piratas justifica o ataque com o facto de o AshleyMadison.com ter posto em prática um serviço de eliminação de dados dos clientes, a um preço de 19 dólares (cerca de 17,50 euros), que definem como “uma completa mentira”, frisando que os dados de pagamento com o cartão de crédito “ficam guardados e não são apagados, como prometido”, e que “isso inclui nomes reais e moradas, algumas das informações que os utilizadores mais queriam ver apagadas”.

Este serviço terá garantido à empresa mais de 1,7 milhões de dólares em 2014.

A Avid Life Media Inc. garante que “a opção “Apagar-Pago” oferecida pelo AshleyMadison.com remove de facto toda a informação relacionada com o perfil de um membro e as suas actividades de comunicação”, incluindo as fotos publicadas e as mensagens enviadas a outros utilizadores.

E, como resposta ao ataque pirata, o site está agora a disponibilizar “a opção Apagar-Tudo grátis a qualquer membro”.

SV, ZAP

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Na presunção de que a maioria é do género ‘M’ significa que naquela maioria tende a persistir confusão no que toca à cabeça que devia pensar, à dos dedos ou à que por natureza nunca pensa.

RESPONDER

Depois da polémica, Hank Azaria deixa de dar voz a Apu dos "Simpsons"

O ator que dá voz à personagem indiana Apu Nahasapeemapetilon, da série "Os Simpsons", anunciou que vai deixar de o fazer, depois de vários anos de polémica. Segundo a BBC, Hank Azaria anunciou, este fim-de-semana, que …

"Parasite" vence prémio principal do Sindicato dos Atores dos EUA

O filme do realizador sul-coreano Bong Joon-ho venceu, no domingo, o prémio mais importante do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos (SAG), tornando-se o primeiro filme em língua estrangeira a receber tal distinção. A comédia negra …

Cientistas criam método inovador para tratamento de lesões agudas da pele

Investigadores do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC) de Coimbra desenvolveram um método “inovador e sensível à luz”, que poderá ser útil no tratamento de lesões agudas da pele. Um grupo de investigadores do CNC …

Elon Musk quer enviar 10 mil pessoas a Marte até 2050

O CEO da Space X, Elon Musk, quer construir cem naves por ano e levar pelo menos dez mil pessoas a Marte até 2050, embora os protótipos das naves espaciais Starship ainda estejam sujeitos a …

Como será um iPhone daqui a um milhão de anos? Artista mostra o impacto de lixo eletrónico

https://vimeo.com/386000590 A exposição The World After Us: Imaging techno-aestethic futures tem instalações onde se pode ver a natureza a tomar conta de telemóveis, computadores, tablets e outros dispositivos, mostrando que dificilmente se desintegrarão nos próximos anos. Os …

Marca japonesa acusada de apropriação cultural por perucas de modelos

A marca japonesa Comme Des Garçons foi acusada de apropriação cultural devido às perucas usadas pelos seus modelos caucasianos num desfile na Paris Fashion Week, em França. De acordo com a BBC, as perucas com tranças …

Índia suspende a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop

As autoridades estatais do estado indiano de Maharashtra decidiram suspender a construção da primeira linha do comboio ultra-rápido Hyperloop, que iria ligar as movimentadas cidades de Bombaim e Pune. O Governo local decidiu não avançar para …

Regina Duarte inicia "período de testes" na Secretaria da Cultura do Brasil

A atriz brasileira afirmou, esta segunda-feira, que iniciou um "período de testes" na Secretaria Especial da Cultura, pasta que foi convidada a liderar após a exoneração de um governante que parafraseou um discurso nazi. "Nós vamos …

Malásia devolve 150 contentores ilegais de lixo a países desenvolvidos

As autoridades da Malásia anunciaram, esta segunda-feira, que devolveram 150 contentores ilegais de lixo para os seus países de origem e afirmaram que não se querem tornar num "aterro sanitário" dos países desenvolvidos. Os países da …

Vietname contorna Huawei ao desenvolver tecnologia própria para o 5G

O maior grupo de telecomunicações do Vietname vai implementar este ano o 5G com recurso à sua própria tecnologia, contornando os chineses da Huawei, num sinal das implicações geopolíticas da rede de quinta geração. A empresa …