Violência doméstica, droga, bairros problemáticos. Agentes da PSP obrigados a usar coletes anti-bala

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) decidiu tornar obrigatório o uso de coletes balísticos em oito tipos de situações.

De acordo com o Jornal de Notícias, os agentes da PSP vão passar a ser obrigados a usar coletes anti-balas em oito tipos de ocorrências. Casos de violência doméstica, consumo de álcool ou droga e entrada em bairros problemáticos são algumas das situações abrangidas pela medida.

Os oito tipos de ocorrência são: situações que envolvam o uso de qualquer arma por parte dos suspeitos; violência doméstica; que envolvam cidadãos suspeitos de serem portadores de anomalia psíquica; que envolvam cidadãos sob o efeito do consumo excessivo de álcool ou drogas; de desordem e agressões; operações de manutenção e/ou reposição da ordem pública; operações de busca domiciliária ou de execução de mandados de detenção e captura de suspeitos potencialmente agressivos ou violentos; e em zonas problemáticas durante o período noturno.

“A imprevisibilidade do serviço policial e do surgimento de um ataque à nossa integridade física, mesmo em ocorrências de rotina e de expectável baixo risco, aconselham um uso mais frequente de coletes balísticos, especialmente em determinadas missões em que com maior probabilidade podem ocorrer acidentes e/ou agressões”, escreveu Magina da Silva, diretor nacional da PSP, em comunicado.

Os polícias estão também obrigados a utilizar cinto de segurança sempre que se desloquem em viaturas oficiais.

A nova medida surge após confrontos recentes entre polícias e moradores de bairros problemáticos. Porém, a Direção Nacional da PSP não associa a decisão aos episódios recentes de violência contra as forças de segurança.

Foram apenas episódios esporádicos. A PSP entra todos os dias, de forma pacífica, em todos os bairros do país. Há uma boa interação”, explicou fonte oficial ao JN.

Nas últimas semanas, houve alguns casos de violência contra a polícia. Num bairro no Parque das Nações, os agentes foram recebidos a tiro quando tentavam terminar uma festa. Em Cascais, dois polícias foram agredidos quando tentavam identificar dois jovens suspeitos de provocar desacatos numa loja.

O Sindicato Independentes dos Agentes de Polícia aplaude a decisão, mas mostra-se preocupado com a falta de material, uma vez que não há um colete para cada polícia. “Não será razoável, no momento em que atravessamos uma crise pandémica, a partilha de um equipamento que deve ser naturalmente pessoal”, refere o sindicato, em comunicado citado pelo JN.

A PSP reconheceu que o equipamento terá de ser usado por vários polícias, mas ressalva que este é utilizado por cima da farda e “não coloca em causa a saúde” dos agentes. Além disso, já está programada a encomenda de mais coletes “para se chegar ao estado ideal” de um colete por polícia.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Influente bispo alemão não vê "por que não" se pode abençoar casais homossexuais

"Se os homossexuais pedem alguma bênção, por que não?", disse, esta sexta-feira, um bispo alemão que foi recebido pelo papa Francisco no Vaticano, a propósito da delegação da Comissão Episcopal da União Europeia (Comece). Franz-Josef Overbeck, …

Mais 789 novos casos de covid-19 e uma morte em Portugal

Portugal registou, este sábado, mais uma morte e 789 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 789 novos …

Organização dos Jogos Olímpicos estima cerca de sete casos diários

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 estimam que haverá cerca de sete casos de covid-19 por dia entre as pessoas envolvidas no evento, disse a emissora pública japonesa NHK. A estimativa foi …

Mais dois militares vão a julgamento por agressões em curso dos Comandos

Estão em causa dois cursos anteriores ao que levou à morte, em 2016, dos recrutas Hugo Abreu e Dylan da Silva. Um dos casos segue já para julgamento, o outro vai para a fase de …

Remodelação à vista (com saídas e trocas de pastas por "um Governo de combate")

O Governo de António Costa tem pela frente um mês de Julho decisivo que ficará marcado pela chegada dos fundos da bazuca europeia. E há dirigentes socialistas que acreditam que o primeiro-ministro deve aproveitar a …

Líderes da UE alertam Londres para respeitar acordo do Brexit

Os líderes da União Europeia (UE) alertaram o Governo britânico, este sábado, que os dois lados devem implementar o acordo do Brexit, numa reunião com o primeiro-ministro britânico à margem da cimeira do G7. A presidente …

Variante Delta está a crescer em Portugal. Lisboa e Vale do Tejo é a região mais afetada

As autoridades de saúde confirmam que já foi detetada, em Portugal, a transmissão comunitária da variante Delta do novo coronavírus. Esse cenário estará a ser mais evidente na região de Lisboa e Vale do Tejo. "Até …

Vírgula permite aos deputados receberem abono de exclusividade mesmo mantendo cargos em empresas

Um parecer da Comissão de Transparência permite aos deputados acumularem funções em empresas enquanto recebem o subsídio de exclusividade na Assembleia da República. Tudo por culpa de uma vírgula que desperta interpretações diversas. A situação é …

Grupo Espírito Santo só tem verbas para pagar 2,6% das dívidas

Os credores reclamam 11,5 mil milhões de euros em dívida, mas o império Espírito Santo só tem cerca de 300 milhões de euros. De acordo com o semanário Expresso, aquilo que resta do império Espírito Santo …

CTT reclamam dívidas de 67 milhões ao Estado

Os CTT iniciaram um processo de arbitragem contra o Estado, reclamando um total de 67 milhões de euros em compensações pelo impacto da pandemia de covid-19 e pela extensão unilateral do contrato de concessão. "Os CTT …