Vice brasileiro diz que opositor dentro do governo divulga dados negativos sobre fogos na Amazónia

Palácio do Planalto / Flickr

O vice-Presidente do Brasil, Hamilton Mourão

O vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão, afirmou na terça-feira que há alguém do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe, órgão governamental) que faz “oposição” ao executivo do Presidente, Jair Bolsonaro, e divulga apenas dados negativos sobre as queimadas na Amazónia.

“Eu recebo relatórios todas as semanas. Até 31 de agosto, nós tínhamos cinco mil focos de incêndio a menos do que entre janeiro a 31 de agosto do ano passado. Agora, o Inpe não divulga isso. Porquê?”, questionou o general Mourão em declarações aos jornalistas, após ter sido questionado sobre os incêndios que lavram na Amazónia brasileira.

“Não é o Inpe que não está a divulgar. (…) É alguém lá de dentro que faz oposição ao Governo. Eu estou a deixar muito claro isso aqui. Mas, quando o dado é negativo, essa pessoa vai lá e divulga. Quando é positivo, não divulga”, acrescentou o vice-presidente, frisando que não sabe de quem se trata, citado pela agência Lusa.

Além da vice-presidência do Brasil, Mourão lidera o Conselho Nacional da Amazónia Legal, entidade que coordena diversas ações direcionadas à preservação daquela que é a maior floresta tropical do mundo.

O Inpe, órgão governamental brasileiro que compila dados de satélites, e cujos números estão disponíveis para consulta pública, informou que não irá comentar publicamente as declarações do general Mourão.

A Amazónia brasileira registou, entre 01 de janeiro e 09 de setembro, 56.425 focos de incêndio, o maior número para o período desde 2010, segundo o Inpe.

Trata-se de um crescimento de cerca de 6% em relação ao mesmo período de 2019, quando se contabilizaram 53.023 incêndios, e quando as imagens das chamas nesta floresta circularam pelo mundo e geraram indignação. A Amazónia brasileira não ardia tanto desde 2010, quando o Inpe registou 72.946 fogos na região.

Mato Grosso Firefighters / EPA

O atual executivo brasileiro, liderado por Bolsonaro, tem feito campanha negando que a Amazónia esteja a arder. Exemplo disso é um vídeo divulgado na semana passada pelo Governo, que diz que o “Brasil é o país que mais preserva as suas florestas nativas no mundo”.

“Essas queimadas na Amazónia são culturais e de pequena proporção”, indicava o vídeo, um argumento que tem sido recusado por ambientalistas e vários observadores.

Porém, as atenções viram-se também para o Pantanal brasileiro, considerada a zona mais húmida do planeta e que atravessa agora uma situação preocupante, ao enfrentar os piores incêndios das últimas décadas na região.

Nesse ecossistema, já foram registados 10.153 incêndios entre janeiro e agosto, o que representa um aumento de 221% em relação ao mesmo período do ano passado.

Especialistas indicam que o aumento das chamas na zona húmida do Pantanal se deve ao aumento da desflorestação ilegal, que vem crescendo gradativamente a cada ano, causando uma série de mudanças climáticas, como a alteração do ciclo natural das chuvas.

Este ano não choveu o suficiente durante a temporada, o que baixou os níveis de humidade do Pantanal para os menores índices dos últimos anos.

A Amazónia é a maior floresta tropical do mundo e possui a maior biodiversidade registada numa área do planeta, com cerca de 5,5 milhões de quilómetros quadrados, e inclui territórios do Brasil, Peru, Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa (pertencente à França).

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os sinais de vida em Marte podem ter sido "apagados" por ácidos

Fluidos ácidos podem ter destruído há muito as evidências de vida biológica passada dentro da argila marciana - possivelmente explicando, assim, por que é tão difícil encontrar evidências de vida antiga no Planeta Vermelho. Em pouco …

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …