Vacinação contra gripe: 10% dos profissionais de saúde “estrearam-se”

Organização Mundial da Saúde propõe taxa de 75%, para as pessoas com mais de 64 anos. Portugal chegou aos 88,3%.

88,3% das pessoas com 65 anos ou mais, que moram em Portugal, já estão vacinadas contra a gripe, anunciou o Serviço Nacional de Saúde.

Os dados finais do Vacinómetro para 2021/22 indicam que, assim Portugal já superou de longe a meta proposta pela Organização Mundial da Saúde, que propõe um mínimo de 75% de população vacinada, nessa faixa etária.

Entre a população incluída nas recomendações da Direcção-Geral da Saúde, terão sido imunizadas 83,4% das pessoas portadores de doença crónica e 64,4% dos profissionais de saúde em contacto directo com doentes.

Estes números mostram que, na faixa etária procedente, entre os 60 e os 64 anos, 53,3% dos portugueses optaram por tomar a vacina.

Esta taxa era de apenas 38,7% na semana anterior ao Natal de 2021. Mas, a partir do dia 15 de Dezembro, a vacina passou a ser gratuita – também – para as pessoas entre os 60 e os 64 anos.

Em relação às mulheres grávidas, houve uma taxa de 60,2% de vacinação contra a gripe.

8,5% das pessoas com mais de 64 anos foram vacinadas pela primeira vez. As “estreias” sobem para 25,7% na faixa etária 60-64 anos.

Entre os profissionais de saúde que foram vacinados contra a gripe, 10,5% dos profissionais de saúde tomaram essa opção pela primeira vez.

Em relação à COVID-19, Portugal já tem 85% da população elegível com dose de reforço, anunciou o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, na semana passada.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.