Trump incentiva apoiantes a votar duas vezes. Biden recebe apoio de 81 Nobel

Chris Ratcliffe / EPA

O Presidente dos Estados Unidos encorajou os residentes da Carolina do Norte a testarem a segurança do sistema eleitoral do seu estado, tentando votar duas vezes nas Presidenciais de novembro, uma pelo correio e outra pessoalmente.

“Que enviem o voto por correspondência e que votem, e se o seu sistema for tão bom como dizem, então obviamente não poderão votar”, disse Donald Trump aos jornalistas durante uma visita a Wilmington, na Carolina do Norte.

O Presidente norte-americano repetiu essa ideia a alguns dos apoiantes que o esperavam quando aterrou nesta cidade, dizendo-lhes: “Enviem o vosso voto por correio mais cedo e depois vão votar. Não podem deixá-los tirar-vos o voto, estas pessoas estão a fazer política suja”, afirmou.

Tal como recorda a agência Lusa, a sugestão do republicano constituiria um crime ao abrigo da lei da Carolina do Norte, bem como fraude eleitoral, que é precisamente o tipo de problema que o Presidente diz querer evitar por todos os meios nas eleições agendadas para o dia 3 de novembro.

Trump tem insistido, sem provas, que o voto por correspondência, que muitos estados estão a expandir devido à pandemia de covid-19, para evitar grandes multidões no dia das eleições, pode dar origem a fraude.

O Presidente só aceita o voto por correspondência quando os cidadãos estão fora do estado onde estão registados, sendo que o próprio disse ter utilizado este método para votar no território onde tinha a sua principal residência, a Florida.

Segundo o jornal New York Times, Trump falou recentemente em privado com os seus conselheiros sobre a ideia de instar as pessoas a votar duas vezes, precisamente porque a sua comitiva está preocupada que a campanha do Presidente contra o voto pelo correio possa dissuadir os seus próprios apoiantes de irem votar.

Um porta-voz da comissão eleitoral do estado da Carolina do Norte, Patrick Gannon, disse ao jornal nova-iorquino que o sistema eleitoral do estado impediria uma pessoa de votar duas vezes, porque os funcionários teriam acesso a registos que mostram se o eleitor já exerceu ou não o seu direito de voto pelo correio. “Votar duas vezes intencionalmente é um crime”, recordou Gannon.

A Carolina do Norte é um dos estados norte-americanos onde as últimas sondagens mostram uma corrida mais apertada entre Trump e o seu rival democrata, Joe Biden, que lidera os inquéritos por apenas 1,6 pontos percentuais nesse território, dentro da margem de erro.

Esta quarta-feira, o chefe de Estado atacou, através da sua conta no Twitter, a presidente da Câmara dos Deputados, Nancy Pelosi, após a divulgação de um vídeo em que se pode ver a democrata num cabeleireiro sem máscara.

“A louca Nancy Pelosi está a ser dizimada por ter um salão de beleza aberto, quando todos os outros estão fechados, e por não usar máscara – apesar de constantemente dar lições a todos os outros”, escreveu o republicano na sua conta no Twitter.

De acordo com o site Sapo 24, Pelosi disse ter sido enganada pelo cabeleireiro, que lhe garantiu ter autorização para atender um cliente de cada vez. “Assumo a responsabilidade de confiar na palavra do salão de beleza da vizinhança em que estive várias vezes durante anos. Assumo a responsabilidade de ter caído numa armadilha”, declarou aos jornalistas.

Entretanto, um grupo de 81 prémios Nobel, distinguidos nas áreas da Física, da Química e da Medicina, anunciou o seu apoio a Joe Biden nas Presidenciais, argumentando com o respeito deste pela ciência e pela contribuição dos imigrantes para esta.

“Em nenhum momento da história da nossa nação houve uma tão grande necessidade de os nossos líderes apreciarem o valor da ciência na formulação de políticas públicas”, escreveram numa carta aberta.

Os cientistas salientaram que, no seu “largo historial de serviço público”, Biden tem demonstrado constantemente a sua vontade de “escutar os peritos” e a sua compreensão do “valor da colaboração internacional na investigação” científica.

O grupo realçou também o “respeito pela contribuição que os imigrantes dão para a vida intelectual” nos EUA, um dos assuntos que também tem valido fortes críticas a Trump por parte da comunidade científica e tecnológica, devido às suas políticas contra a imigração, mesmo que esta seja legal.

Segundo os serviços da campanha eleitoral de Joe Biden, este grupo de cientistas distinguidos com o prémio Nobel é o maior que alguma vez apoiou um candidato Presidencial no país.

De acordo com a cadeia televisiva CNN, a iniciativa da carta foi do congressista democrata Bill Foster, o único físico que existe no Congresso dos EUA.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

12 COMENTÁRIOS

  1. Demonstra inteligência!
    É como ele diz: se de facto o sistema funcionar, como os outros garantem, não haverá qualquer problema e nãos será possível votar duas vezes.

  2. .. de facto é muita inteligência, principalmente se ambos os votos em questão forem anulados por tentativa de fraude e os infractores devidamente multados.

    • Tentativa de fraude???? Então se a ideia é confirmar se o sistema funciona ou não, estamos perante fraude???
      E se até se anuncia previamente que se vai fazer isso, é fraude???
      E já agora, como é que há tentativa de fraude a fazer uma coisa que os responsáveis pelo sistema de voto dizem que é impossível de se fazer??? Na tentativa de fraude existe sempre a esperança de enganar o outro, mas neste caso já se disse que isso é impossível.
      Do que estamos a falar é de um teste ao sistema, no qual alguns têm legítimas dúvidas.
      Essa gente devia era ser paga pelo trabalho que irão ter em testar um sistema que é tão importante para a democracia.
      Fraude é se o sistema de voto falhar. Aí é que há fraude, e numa dimensão bem grande. O Trump teve a ideia de avaliar a segurança do sistema de um modo brilhante. Esperemos para ver o resultado.

      • Completamente de acordo RC! Brilhante! É de ideias assim, progressistas, que necessitamos! Seguindo o mesmo modelo de testes, vamos todos confirmar se o sistema de investigação policial e judicial funciona, matando os nossos vizinhos para ver se somos apanhados! Se os avisarmos primeiro, deixa de ser um crime e passa a ser um teste de eficácia ao sistema judicial, certo? … Pensando bem … Aquele meu vizinho que estaciona sempre no lugar dos outros… E os engarrafamentos? Vou colocar uma placa no meu carro a dizer: “ou deixas passar ou dou-te um tiro”. Não me deixam passar? Vai balázio! Chega a polícia? “No problemo”, avisei primeiro, tudo não passou de um teste à vossa eficácia!

        Meu caro RC a própria Lei americana criminaliza o voto duplicado de forma intencional. O que estamos aqui a ver é um presidente de uma das mais importantes nações do mundo pedir, em público, que os seus cidadãos cometam crimes.

        Haver quem considere isto normal é que é verdadeiramente preocupante!

      • … ó shôr agente eu não estou a cometer um crime, só estou a ver se o senhor está atento!
        Já te agarravas a uma cerca electrificada de gado… só para ver se funciona.

  3. As jogadas sujas de Trump levam-no a dizer todas as barbaridades possíveis.
    Por outro lado o facto de 81 Prémios Nobel terem dado apoio a Joe Biden, em termos práticos da campanha eleitoral tem pouco impacto na massa amorfa de aproximadamente 180 milhões que são os maiores apoiantes de Trump. Se perguntarem a esses tipos o que é um Nobel, não sabem. A grande base de apoio de Trump é essa massa amorfa que se desligou do sistema convencional e com quem os elementos do sistema (congressistas, senadores e candidatos à presidência) perderam qualquer forma de ligação.
    Trump fala para essa gente e diz-lhes o que eles querem ouvir.

    • Eu sou apoiante de Trump (muito longe de ser perfeito, mas mil vezes melhor que a hipocrisia e a dissimulação do Biden) e sei perfeitamente o que é um Nobel.
      Só não sei quantos laureados com o prémio Nobel existem atualmente vivos. Sabe dizer-me? Gostava de fazer umas contas com esse valor…

  4. Nessa mesma lógica, se eu assaltar uma casa depois de enviar uma carta a avisar os donos que o vou fazer quando estiverem ausentes para “testar o sistema de segurança” então não podem fazer queixa do assalto porque “foram notificados” e portanto deixa de ser crime…

  5. Ahahahahahahahahahahahaha
    Qualquer dia… pela mesma lógica….. Ahahahahahahha
    Estou a ver que temos muitos Diáconos dos Remédios jejejejejeje
    De que tens medo, Diácono dos Remédios!?

  6. O mais preocupante é ouvir o presidente da nação mais poderosa, dizer publicamente que vai cometer um crime e nada lhe acontecer! Como é possível, meu Deus?

RESPONDER

Tweet de Elon Musk afunda Bitcoins (e dá força à criptomoeda que nasceu como meme)

A Tesla vai deixar de aceitar Bitcoins como forma de pagamento. A revelação foi feita por Elon Musk numa publicação no Twitter e levou à queda do valor da criptomoeda no mercado. A par disso, …

Investigadores criam nova solução para óculos de realidade virtual e aumentada

Uma equipa de investigadores criou uma nova tecnologia para fornecer óculos de realidade virtual que não parecem "olhos de inseto". Num novo artigo publicado na Science Advances, os especialistas descrevem a impressão de ótica de forma …

Genética da população portuguesa pode explicar deficiência de vitamina D

Investigadores portugueses concluíram que a população portuguesa tem uma prevalência superior à média europeia de algumas alterações genéticas que levam a uma predisposição para o défice de vitamina D. Este estudo, coordenado pelo Centro Cardiovascular da …

Polónia quer comprar casa de campo francesa (para recuperar o legado de Marie Curie)

A Polónia quer comprar e renovar a casa de campo francesa de Marie Curie e transformá-la num museu, naquele que é um esforço para reivindicá-la como génio científico e pioneira polaca. Embora tenha nascido na Polónia, …

Min Nyo é jornalista, cobriu os protestos em Myanmar e foi condenado a 3 anos de prisão

Min Nyo, um jornalista birmanês de 51 anos, foi condenado a três anos de prisão pela sua cobertura dos protestos na sequência do golpe de Estado em Myanmar. Min Nyo, que trabalhava para a DVB (Voz …

McDonald's e Casa Branca unem-se para sensibilizar população a ser vacinada

Numa parceria com a Casa Branca, a cadeia de fast food norte-americana também está a dar o seu contributo para sensibilizar a população para a vacinação contra a covid-19. A ideia é promover informações relevantes sobre …

Voo "para lado nenhum" esgota em tempo recorde. Bastaram 2,5 minutos

A companhia aérea australiana Qantas vendeu os bilhetes para o próximo "voo para lugar nenhum" em tempo recorde: 2,5 minutos. A Qantas está a promover um novo "voo para lugar nenhum" que dará aos famintos por …

Todos queriam "O Senhor dos Anéis". Mas cinemas chineses foram obrigados a exibir filmes de propaganda

Pequim ordenou que os cinemas chineses divulgassem propaganda em homenagem ao Partido Comunista. Os cinéfilos do país, que clamam pelos filmes de Hollywood, revoltaram-se. A 1 de abril, no dia em que entrou em vigor um …

Presidente da República condecorou Jorge Coelho a título póstumo

Marcelo Rebelo de Sousa condecorou, a título póstumo, o antigo ministro e dirigente socialista Jorge Coelho com a grã-cruz da Ordem do Infante D. Henrique. O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, condecorou esta quinta-feira, …

Comer caladas, autocarro sem parque, pavilhão sujo: assim foi uma final europeia

Episódios quase inacreditáveis rodearam a final feminina da Taça EHF. O diretor da equipa vencedora conta tudo o que aconteceu (e há muito para contar). O Rincón Fertilidad Málaga conquistou a Taça EHF feminina desta época. …