Transferências para o FC Porto envolvidas em teia de lavagem de dinheiro de droga

DR FCPorto / Facebook

As transferências de Jackson Martínez, Diego Reyes e Quiñones para o FC Porto foram intermediadas por uma empresa mexicana que terá ligações ao tráfico de droga. A SAD portista terá pago milhões em comissões, ajudando inadvertidamente a lavar dinheiro do narcotráfico.

Está em causa o Grupo Comercializador Cónclave, cujo presidente, Rodolfo David Dávila Córdoba, foi condenado por ser o responsável pelas finanças da família Carrillo Fuentes que controla o cartel de droga de Juárez, um dos mais fortes do México.

O site mexicano Aristegui Noticias revela informações constantes dos Relatórios e Contas do FC Porto, relativos aos anos de 2012 e 2013, para notar que o Grupo Comercializador Cónclave foi o “intermediário” nas contratações do mexicano Diego Reyes (contratado ao Club América e actualmente emprestado à Real Sociedad de Espanha) e dos colombianos Jackson Martínez (contratado ao Club Jaguares de Chiapas e agora a jogar no Guangzhou Evergrande, da China) e Héctor Quiñones (contratado ao Asociación Deportivo Cali).

Nesta investigação, feita em colaboração com a plataforma Connectas e com o Centro Internacional para Jornalistas, dá-se a entender que a SAD portista terá participado num suposto esquema de lavagem de dinheiro de droga sem ter consciência disso.

No Relatórios e Contas portista nota-se que, na transferência de Jackson Martínez, que custou 9,6 milhões de euros, foram gastos 750 mil euros em “despesas adicionais” (que serão as tais comissões pagas a intermediários).

No caso de Diego Reyes as comissões terão chegado a 2 milhões de euros, numa transferência de 9 milhões, enquanto Quiñones custou 100 mil euros de “despesas adicionais” num negócio de 2 milhões.

No caso de Jackson Martínez, o Aristegui Noticias releva que o negócio foi intermediado pelo empresário mexicano Guillermo Lara que também terá ligações ao cartel de Juárez.

Lara comprou o avançado colombiano por 100 mil dólares, pelo que teve um lucro astronómico com a sua transferência para o FC Porto por 9.6 milhões de euros.

As autoridades mexicanas suspeitam que este empresário estará no centro de uma rede de lavagem de dinheiro de droga através da transferência de jogadores colombianos para a Europa.

Uma investigação conjunta da cadeia colombiana RCN e da norte-americana Mundo Fox apurou que chefes do tráfico de droga, paramilitares e guerrilheiros colombianos terão investido milhões no futebol mexicano, entre 2003 e 2006.

SV, ZAP

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. O FCP não tinha conhecimento? Esta é p/ rir só pode. Todos no direção/SAD FCP estão metidos em negócios Ilícitos até á ponta dos cabelos. Acham mesmo que somos todos otários? NÃOOOOO

  2. Os adeptos de futebol, são como os adeptos de partidos políticos.
    Uma cambada de pacóvios que se vai guerreando entre eles, enquanto
    os espertalhões (incluindo os jogadores e políticos, para alem da máfia, claro),
    vão gozando a sua custa…
    ACORDEM PARA O MUNDO!

  3. Vamos dar toda a publicidade possível à notícia, devido ao clube em causa.
    Vamos relembrar a famigerada, mas já esquecida “porta 18”. Alguém se encarrega de dar ênfase a umas (notícias) e fazer esquecer outras. É só uma questão de cor…

RESPONDER

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …

Abel Ferreira tentou levar jogador do Benfica para o Palmeiras

O treinador português Abel Ferreira, no comando técnico dos brasileiros do Palmeiras, pediu a contratação de Franco Cervi, que alinha pelo Benfica, mas acabou por ver a sua proposta recusada pelo jogador argentino. A notícia …