Transferências para o FC Porto envolvidas em teia de lavagem de dinheiro de droga

DR FCPorto / Facebook

As transferências de Jackson Martínez, Diego Reyes e Quiñones para o FC Porto foram intermediadas por uma empresa mexicana que terá ligações ao tráfico de droga. A SAD portista terá pago milhões em comissões, ajudando inadvertidamente a lavar dinheiro do narcotráfico.

Está em causa o Grupo Comercializador Cónclave, cujo presidente, Rodolfo David Dávila Córdoba, foi condenado por ser o responsável pelas finanças da família Carrillo Fuentes que controla o cartel de droga de Juárez, um dos mais fortes do México.

O site mexicano Aristegui Noticias revela informações constantes dos Relatórios e Contas do FC Porto, relativos aos anos de 2012 e 2013, para notar que o Grupo Comercializador Cónclave foi o “intermediário” nas contratações do mexicano Diego Reyes (contratado ao Club América e actualmente emprestado à Real Sociedad de Espanha) e dos colombianos Jackson Martínez (contratado ao Club Jaguares de Chiapas e agora a jogar no Guangzhou Evergrande, da China) e Héctor Quiñones (contratado ao Asociación Deportivo Cali).

Nesta investigação, feita em colaboração com a plataforma Connectas e com o Centro Internacional para Jornalistas, dá-se a entender que a SAD portista terá participado num suposto esquema de lavagem de dinheiro de droga sem ter consciência disso.

No Relatórios e Contas portista nota-se que, na transferência de Jackson Martínez, que custou 9,6 milhões de euros, foram gastos 750 mil euros em “despesas adicionais” (que serão as tais comissões pagas a intermediários).

No caso de Diego Reyes as comissões terão chegado a 2 milhões de euros, numa transferência de 9 milhões, enquanto Quiñones custou 100 mil euros de “despesas adicionais” num negócio de 2 milhões.

No caso de Jackson Martínez, o Aristegui Noticias releva que o negócio foi intermediado pelo empresário mexicano Guillermo Lara que também terá ligações ao cartel de Juárez.

Lara comprou o avançado colombiano por 100 mil dólares, pelo que teve um lucro astronómico com a sua transferência para o FC Porto por 9.6 milhões de euros.

As autoridades mexicanas suspeitam que este empresário estará no centro de uma rede de lavagem de dinheiro de droga através da transferência de jogadores colombianos para a Europa.

Uma investigação conjunta da cadeia colombiana RCN e da norte-americana Mundo Fox apurou que chefes do tráfico de droga, paramilitares e guerrilheiros colombianos terão investido milhões no futebol mexicano, entre 2003 e 2006.

SV, ZAP

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. O FCP não tinha conhecimento? Esta é p/ rir só pode. Todos no direção/SAD FCP estão metidos em negócios Ilícitos até á ponta dos cabelos. Acham mesmo que somos todos otários? NÃOOOOO

  2. Os adeptos de futebol, são como os adeptos de partidos políticos.
    Uma cambada de pacóvios que se vai guerreando entre eles, enquanto
    os espertalhões (incluindo os jogadores e políticos, para alem da máfia, claro),
    vão gozando a sua custa…
    ACORDEM PARA O MUNDO!

  3. Vamos dar toda a publicidade possível à notícia, devido ao clube em causa.
    Vamos relembrar a famigerada, mas já esquecida “porta 18”. Alguém se encarrega de dar ênfase a umas (notícias) e fazer esquecer outras. É só uma questão de cor…

RESPONDER

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …

A Torre de Londres foi palco de várias experiências estranhas com animais

Antigamente, os humanos tinham algumas teorias muito estranhas sobre vários animais e, infelizmente, nem um pouco do bom senso que os impediria de as testar. Segundo o site IFLScience, Plínio, o Velho, era um desses exemplos. …

Grupo hacker português reivindica ataque a 61 sites do Brasil este ano

O grupo do hacker português que assumiu publicamente o recente ataque cibernético ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil admitiu ter invadido 61 sites brasileiros este ano, segundo o jornal O Estado de São Paulo. O …

PCP e PEV vão abster-se na votação final do Orçamento do Estado

O PCP e o PEV anunciaram, esta quarta-feira, que vão abster-se na votação final global do Orçamento do Estado para 2021 (OE2021), que está agendada para esta quinta-feira na Assembleia da República. O Partido Comunista vai …

Economia e tecnologia. Quem irá vencer a guerra comercial? EUA não facilitam, mas China já prepara plano para 2025

A atual guerra comercial entre a China e os Estados Unidos começou depois do atual presidente norte-americano, Donald Trump, anunciar a 22 de março de 2018 uma lista de tarifas superiores a 60 mil milhões …

Estudantes estrangeiros podem renovar autorização de residência online

Os estudantes estrangeiros que frequentam o ensino superior em Portugal podem renovar automaticamente 'online', desde esta semana, os títulos de autorização de residência, anunciou o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF). A nova funcionalidade está disponível …

Nas pinturas de Van Gogh predomina a cor amarela (e isso tem uma explicação científica)

As obras do pintor Van Gogh encaixam-se na corrente artística do pós-impressionismo. Estas caraterizam-se por terem cores fortes com capacidade de atrair um público bastante diversificado. Mas por que razão predominavam quase sempre as mesmas …

ONU sem dinheiro para alimentar deslocados de Cabo Delgado. Portugal presta ajuda militar a "país irmão"

O Programa Alimentar Mundial diz que as verbas vão acabar para a semana depois de um ano inteiro de sub-financiamento. O conflito no Norte de Moçambique já fez pelo menos 500 mil deslocados. O Programa Alimentar …