Temperaturas glaciais na Europa já provocaram mais de 60 mortes

A vaga de frio na Europa continua a ser mortífera, com mais sete vítimas hoje verificadas nos Balcãs, seis na Polónia e outras tantas na Roménia desde quinta-feira, o que eleva o total para mais de 60.

De acordo com o jornal The Guardian, já há 61 vítimas confirmadas, com cerca de um terço dos casos ocorridos na Polónia.

Na Polónia, o país mais afetado, seis pessoas morreram apenas esta terça-feira, com o termómetro a baixar até aos -20ºC em algumas regiões, anunciou o centro governamental de Segurança Nacional (RCB, na sigla em polaco).

Na Roménia, “seis mortes devido a hipotermias” foram contabilizadas ao nível nacional em seis dias, anunciou o Ministério da Saúde, no seu primeiro balanço oficial.

O conjunto do território foi colocado em alerta “temperaturas glaciais” na terça-feira. O termómetro desceu até aos -32ºC no centro do país, com o frio a provocar o encerramento de escolas em Bucareste e no departamento de Constanta, no sudeste.

Nos Balcãs, foram pelo menos sete as mortes relatadas nas últimas 24 horas – Sérvia (3), Macedónia (3) e Albânia (1) – pela imprensa local.

No sul da Sérvia, onde as temperaturas desceram abaixo dos -20ºC, morreram de frio um homem de 88 anos e o filho de 64 na localidade de Duga Poljana.

No leste do país, a televisão sérvia, RTS, relatou a história de um homem que caiu num buraco profundo, do qual não foi capaz de sair durante dois dias, sobrevivendo a temperaturas inferiores a -20ºC. Socorrido, por fim, por um vizinho, este homem, cuja idade não foi revelada, foi internado.

A navegação no Danúbio foi suspensa hoje até nova ordem, por causa dos pedaços de gelo que se formaram no rio e os portos no Mar Negro foram encerrados por causa dos fortes ventos.

Na Grécia, um navio da Marinha de guerra deveria sair de Atenas hoje esta noite para a ilha de Lesbos, para acolher centenas de refugiados e migrantes que aí vivem em tendas, depois das quedas de neve nos últimos dias.

A embarcação pode “receber 500 pessoas” que estão a viver em condições miseráveis, afirmou o porta-voz da marinha de guerra, vice-almirante Spyridon Pollatos, à agência noticiosa AFP.

Esta vaga de frio vindo da Escandinávia afeta a Europa desde o fim da semana passada, provocando vítimas em outros países do Leste, como República Checa ou Bulgária, designadamente entre sem abrigos e migrantes, mas também na Macedónia, Bielorrússia ou Itália.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Revelada finalmente a identidade do homem que trabalhou 18 meses em 15 anos

Foi revelada a identidade do auxiliar médico que, entre baixas e férias, só trabalhou 18 meses em 15 anos. Chama-se Juan Carlos, tem 60 anos e fez culturismo. Na semana passada, a imprensa espanhola contou a …

Duterte quer ser morto a tiro caso se torne um ditador

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, pediu para os militares o matarem a tiro caso tencione violar a Constituição e resolva permanecer no cargo mais do que o seu mandato lhe permite. "Caso permaneça no poder …

"The Shape of Water" lidera corrida aos Óscares com 13 nomeações

O filme "The Shape of Water" lidera as nomeações da 90.ª edição dos Óscares, que serão entregues a 4 de março, em Los Angeles, incluindo as categorias de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz, …

Queda de helicóptero da TV Globo faz duas vítimas mortais

Um helicóptero da Rede Globo caiu, esta terça-feira, na Praia do Pina, no Recife, provocando duas vítimas mortais. Um helicóptero da TV Globo caiu esta terça-feira na praia do Pina, em Boa Viagem, na zona sul …

Tribunal de Beja pediu exame psiquiátrico a um morto

A Directora de Psiquiatria do Hospital de Beja nem queria acreditar quando recebeu do tribunal da cidade uma solicitação para realizar uma perícia médico-legal psiquiátrica a um morto. "Obviamente, não é possível", foi a resposta. Ana …

Erupção violenta no vulcão Mayon pode estar iminente. 40 mil pessoas procuram abrigo

O monte Mayon, o vulcão mais ativo das Filipinas, continuou esta terça-feira a emitir lava e cinzas, obrigando cerca de 40 mil habitantes a procurar abrigo em centros de evacuação. A lava foi projetada até 700 …

Polícia quer enviar cães pisteiros à Casa dos Horrores para procurar cadáveres

A polícia norte-americana quer enviar cães pisteiros nas novas buscas à casa do casal Turpin, acusado de ter mantido em cativeiro durante vários anos os seus 13 filhos, em Perris, na Califórnia, para procurar eventuais …

Portugueses fogem da Venezuela e refazem a vida em Madrid

Madrid é uma cidade de refúgio de muitos luso-venezuelanos, principalmente jovens da segunda e terceira geração de emigrantes portugueses, que falam melhor castelhano e que tiveram de sair da Venezuela. "Viemos para Madrid devido à situação …

Corrida para evitar a nova lei já esgotou os eucaliptos nos viveiros

A semente de eucalipto mais recomendada pelas celuloses, por crescer mais depressa, está esgotada nos viveiros devido à corrida dos proprietários que tentam fazer novas plantações antes da entrada em vigor da nova lei que …

"Tinham que meter Manuel Vicente no processo"

Orlando Figueira, o ex-procurador do Ministério Público (MP) acusado de ter recebido subornos de Manuel Vicente, o ex-vice-presidente de Angola, negou todas as acusações de que é alvo. Em tribunal, Figueira ilibou Manuel Vicente e …